NOM, Nova Ordem Mundial, a farsa dos movimentos de esquerda e direita financiados por Soros e demais gestores dos controladores globalistas, os detentores de ¾ da riqueza do planeta https://docs.google.com/document/d/1GxgF1z9uE07s1i3mt-vh-frcuTgvL5ZPrTOgXeGW2Aw/pub      http://bit.ly/nova-ordem           

  Grande parte da realidade é totalmente desconhecida do público devido à espiral do silêncio da HEM, a hipnose em massa, ambientando a escravização dissimulada. Ao invés de correntes-grilhões, somos aprisionados por falsas crenças e inversão de valores em uma percepção fantasiosa. Acreditamos em um holograma distinto da realidade.

Foro SaoPaulo ponta iceberg Nova Ordem Mundial.jpg

Se preferir assistir um vídeo: https://youtu.be/JRcuQrMgLfY

  Esse holograma ou matrix é promovido pelos controladores globalistas através da rede de desinformação constituída pela mídia e falsos-líderes pilotados para, dissimuladamente, realizar as estratégias idiotizantes.

  Somos induzidos a hábitos e comportamentos realimentadores do processo de desinformação e de idiotização.

    A desinformação escravizante é característica da 5GW, a Guerra de  5º Geração, baseada na  espiral do silêncio.

  Para ter uma ideia do quanto as informações são controladas, tenha presente a trilionária fortuna dos Rothschild. A riqueza dessa família é estimada em ¾ de todas as riquezas do planeta. Não há erro não: eles detêm 75% da riqueza mundial. Contudo, os controladores globalistas jamais aparecem nas listas dos mais ricos: https://youtu.be/zqrzAm9WAkM 

  Envolvido no holograma, o povo não percebe a espiral do silêncio e as demais técnicas de propaganda desenvolvidas a partir de estudos de Freud e usadas para manipular.

 Dissimuladamente, os controladores globalistas alavancam para as posições de destaque político e social os falso-humanistas a seu serviço enquanto as lideranças autênticas são sufocadas e impedidas de crescer pelo bullying, assédio e sistemático assassinato de reputação.

   Nos anos noventa, os fabianos desviaram os votos do Dr. Enéas Ferreira Carneiro para FHC mediante mesma estratégia, bem sucedida, impedindo o médico nacionalista e conservador de se tornar presidente em 1994 e 1998!

   Enquanto o povo começa a acordar do torpor dessa hipnose e a clamar por mudanças políticas, os globalistas avançam nas estratégias de controle envolvendo o futebol ⚽️ esporte com o papel da arena/circo romano no controle da população. Até os resultados são manipulados como prova https://youtu.be/qoj79ntrGA8 a partir dos 10m16s e, especialmente, aos 12m onde vê-se, no estádio, durante a partida, um torcedor acompanha a Rede Globo pelo celular e, através de outro aparelho, registrou: antes do pênalti ser batido, a mídia soltou a “notícia” do Jogador Fred, do Fluminense, haver desperdiçado a cobrança sem marcar o gol!

  O Facebook acoberta a verdade. Desde 2016, limita: apenas 1% de teus amigos ou seguidores receberá notificação das tuas postagens. Para não percebermos esse acobertamento, criaram uma série de mecanismos de distração, como oferecer, a todo instante, memórias para publicarmos.

   Em julho de 2017, iniciou uma política de censura ostensiva. Confira a denúncia, ao vivo, no Programa Bibo Nunes Show: https://vimeo.com/226111708 

  O Facebook deleta, sem aviso prévio, as postagens contrárias aos interesses dos controladores globalistas. Usa a desculpa de serem ofensivas ou terem “discurso de ódio” (hate speech) que pode ser “...qualquer coisa que ataque” o que eles consideram “características protegidas” como raça, etnicidade, origem nacional, afiliação religiosa, orientação sexual, sexo, gênero, identidade de gênero, debilidades ou doenças. Ou seja: qualquer coisa!

 O facebook contratou mais 3.000 pessoas somando-se aos 4.500, num total de 7,5 mil censores, para fiscalizar e deletar as postagens que violem critérios do “Free Speech Debate” e o “Dangerous Speech Project”, financiados pelas MacArthur Fundation, que investiu dezenas de milhões de dólares no Brasil só para promover o aborto, e Open Society Foundation, de George Soros. Ambas, estão por trás de todas as mazelas.  Os metacapitalistas financiam a esquerda e o falso humanismo para promover a idiotização e facilitar a manipulação da população! https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=10155580890838395&id=660493394 

  SOROS defende os interesses dos Reis Sauditas, financiando tudo o que pode destruir a "IDENTIDADE CULTURAL DO OCIDENTE", nutrindo o "ÓDIO À ISRAEL", além de promover o terror e a guerra da Síria, para o ISLAMISMO se propagar de "DENTRO PARA FORA", especialmente nos países invadidos pelos ditos "refugiados".
As organizações financiadas por Soros demonizam Israel e promovem investida das organizações sustentadas por Soros a pedofilia, o incesto, e combatem a família, a propriedade e a pátria. Apoiam os esforços para destruir a privacidade e identidade das pessoas.
Vazamento demais de 2.500 documentos de grupos internacionais de George Soros, planos de trabalho, estratégias e relatórios eleitorais, de migração e asilo na Europa:

  http://revistaopera.com.br/index.php/2016/08/14/fundacoes-de-george-soros-sao-hackeadas-e-milhares-de-emails-sao-vazados/ 

 Católicos, idiotas úteis, por George Soros:
http://revistaopera.com.br/index.php/2016/08/14/fundacoes-de-george-soros-sao-hackeadas-e-milhares-de-emails-sao-vazados/ 
   Artigo do próprio Soros sobre "refugiados":
http://www.georgesoros.com/essays/this-is-europes-last-chance-to-fix-its-refugee-policy/

  Soros atuando para o FMI apoiar o governo Lula em 2003: http://www.georgesoros.com/essays/dont-blame-brazil/ 

 Conheça as pesquisas de Marta Serrat, jornalista do Rio de Janeiro, sobre o globalismo estar pegando pesado e "subliminarmente".

 Quando Marta Serrat começou essa pesquisa, ela a repassou ao Dr. Roberto Jefferson. Algumas pessoas não entenderam porque ela escolheu um envolvido no Mensalão, o qual foi preso e voltou à vida pública depois do que fez? Ele não é santo, contudo, entende de Constituição, de Direito Criminal, de política e da sujeira toda praticada. Marta Serrat, não sendo advogada,  queria o parecer de alguém com o perfil dele: conhecido, chamaria a atenção; conhecendo os meandros, poderia analisar minha pesquisa. Depois de uma semana analisando a pesquisa com os advogados e jornalistas do PTB e mais a equipe do escritório de advocacia dele, Roberto Jefferson disse: "dona Marta, a senhora está absolutamente correta".

  Muita coisa ligada ao Caso Banestado, Itau, Unibanco, Golden Sack, Globalistas, institutos de tecnologia, Open Society Foundation/George Soros, igrejas, artistas, campanha de Marina Silva e a criação de novos partidos.

  Assista ao filme, em cartaz em julho de 2017 nas capitais, "O Círculo", com Tom Hanks.

 Os metacapitalistas financiam a esquerda e o falso humanismo para promover a idiotização e facilitar a manipulação!
Quanto maior o governo, menor o cidadão: protecionismo sufoca e enfraquece!
https://vimeo.com/224931773 

 Queremos direitos humanos para humanos direitos, valorizando a meritocracia.

 

A Dinastia Rothschild

Confira o condensado de 'Descent Into Slavery', de Des Griffin, Cap. 5, em  https://docs.google.com/document/d/1QcfKervU_KYnjPk9OkH5uLsA1bJ7CIyf-wNX5_paRdA/pub

Clube Bilderberg: o Governo Mundial na sombra 

Livro A Verdadeira História do Clube Bilderberg, a formação do estado totalitário, síntese por Carlos I.S. Azambuja, confira aqui:
https://docs.google.com/document/d/19ZFuMdp4peoVz1NVxQwbNHm11e9VdCqB3hD2nXVqa0c/pub

- Infowars: PRESS COVERAGE OF BILDERBERG HIGHEST EVER

- News Talk: The secretive history of Bilderberg

- Infowars: DEEP STATE MULLS “CONTINUITY OF GOVERNMENT” PLAN TO OVERTHROW TRUMP

- The Guardian: Bilderberg: the world’s most secretive conference is as out of touch as ever

 Clube Izborsk: o presente e futuro da Rússia:

https://docs.google.com/document/d/1_6oKk-Q1eNykCFeycv5FzTOwaKnyF9GwdZ4W-_Ko8Po/pub 

  SOROS financia tudo que pode destruir a "Identidade CULTURAL do OCIDENTE", nutrindo o "ÓDIO À ISRAEL". Promove o terror e a guerra da Síria, para propagar o ISLAMISMO de "DENTRO PARA FORA" nos países invadidos pelos ditos "refugiados".

    A Rede de Desinformação:

  Temendo uma mobilização popular similar a ocorrida no Egito, os controladores globalistas criaram uma rede de desinformantes, desmobilizadores e desarticuladores. Saiba mais aqui: http://bit.ly/Infiltrad 

   Além disso, a Nova Ordem Mundial não deixa os decentes dormir em paz: todos os dias criam fatos para exaltar os ânimos e desnortear os clamores.

   Por exemplo, em julho de 2017, o que um patriota deve pedir?

Veto à Lei de Migração?

Apoio à Lava-Jato?

Marco Civil da Internet?

Abuso de Autoridade?

Intervenção?

Monarquia?

Previdência Social?

Leis Trabalhistas?

  A única vez quando o povo foi para as ruas “P’RÁ VALER” foi no primeiro momento. Contudo, os “black-nazis” da esquerda atuaram e intimidaram as famílias a continuarem na rua. E promoveram uma sucessão de ações desorganizadas e às pressas para cansar o povo.

  A esquerda sabe: se perder as próximas eleições, ainda não haverá massa crítica de muçulmanos aqui para promover a guerra civil.

   Se perderem as eleições, a Lava-Jato vai prender todos corruptos porque terá tempo e continuidade.

   A Internet ficará livre de censuras.

   O abuso de autoridade punirá “aqueles”.

   Não haverá mais necessidade de Intervenção.

  Parlamentarismo, Monarquia, Presidencialismo, etc. terão tempo e meios de proporcionar esclarecimento e discussão aberta a todos e o país retomará rumo à paz social e desenvolvimento.

   Como enfatiza o Professor Reverbel, o Brasil deve adotar sistema parlamentarista! Assim pensaram todos grandes juristas quando do engodo da Carta de 1988 cujo texto aprovado foi alterado pelo Relator Jobim ao o encaminhar para a publicação oficial. Saiba mais aqui:

https://www.facebook.com/GalenoLacerda/posts/1452484771454842 ou http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/08/politica/580551-para-reverbel-brasil-deve-adotar-sistema-parlamentarista.html 

 Então, TUDO o que estão fazendo visa a chegar às eleições com as urnas fraudáveis da Smartmatic, sem o voto impresso, ou sem possibilidade de confronto entre este e o apurado eletronicamente.

  Enio Fontenelle percebeu isso a partir da publicação de 11/05/2017 sobre a opinião do TSE quanto às urnas a serem usadas em 2018 alegando ser “muito caro” aplicar o voto impresso, alegando ser “melhor” adiar para as eleições subsequentes.

 Os controladores globalistas querem manter a urna da Smartmatic, e eu não vou dizer o porquê aqui para não ser preso ou processado.

  Esqueça (por um momento) qualquer outra pauta e convoque um movimento gigante nas ruas com uma pauta única: NÃO ÀS URNAS DA SMARTMATIC.

  Até a urna argentina é melhor e há tempo de comprá-las. A confiança dos eleitores é muito mais importante do que qualquer despesa que o governo esteja fazendo. O maior medo dos políticos é ver o povo voltar às ruas. A hora é agora, porque daqui a pouco, a desculpa não vai mais ser o CUSTO, e sim será “NÃO DÁ MAIS TEMPO”.

 A Monsanto:

 A Monsanto é a maior empresa agrária do mundo e lidera a engenharia genética faturando bilhões e sendo a responsável por grande parte das enfermidades e dos sofrimentos da humanidade: https://youtu.be/sWxTrKlCMnk 

 Em 2012, o grupo ampliou o seu faturamento em 14% em comparação ao ano anterior, chegando a 13,5 bilhões de dólares. O lucro subiu 25%, atingindo dois bilhões de dólares. A empresa emprega 21.500 trabalhadores com filiais em mais de 50 países.

  Foi fundada em 1901, pelo norte-americano John Queeny em St. Louis, no estado de Missouri. O nome foi uma homenagem à família de sua esposa. Primeiro, produziu o adoçante sacarina. Em pouco tempo, o fabricante de bebidas Coca-Cola passa a fazer parte de seus clientes.

 Logo depois da I Guerra Mundial, a Monsanto entrou no ramo dos produtos químicos.

  Em 1927, ingressou na bolsa de valores e ampliou a sua atuação no setor químico, incluindo adubos e fibras sintéticas. Investiu até na indústria petrolífera.

 Depois da guerra do Vietnã, a Monsanto passou a focar mais intensamente no setor agrário, desenvolvendo herbicidas e, em seguida, na produção de sementes.

 Nos anos oitenta, a biotecnologia foi declarada o seu alvo estratégico modificando-se, consequentemente, para uma empresa agrícola, sendo os outros segmentos deixados de lado para outras empresas sob o controle do grupo.

 A Monsanto destina muito dinheiro para angariar influência política. Em 2013, oficialmente gastou 6,9 milhões dólares em lobby no Capitólio e em agências do governo, de acordo com Centro para Políticas Responsáveis, colocando a empresa na 61ª de 4126 posições. Em 1998, destinou 4 milhões de dólares e, em 2008, 9 milhões de dólares.

 A Monsanto também faz doações a políticos. Por o ciclo das eleições legislativas de novembro de 2014, concedeu 424.600 dólares oficialmente aos comitês de candidatos (72% do Partido Republicano), de acordo com o Centro para Políticas Responsáveis. Desde 2002, as suas doações cresceram até atingir, 2012, 654.300 dólares.

 Um dos mais beneficiados pelas doações da Monsanto é Roy Blunt, senador republicano por Missouri, um Estado muito agrícola e no qual está Saint Louis. No ciclo de 2014, a Monsanto foi a sétima maior contribuinte da campanha de reeleição com um valor de 79.250 dólares. Os números foram aumentando: 10.000 dólares em 2008, 44.250 dólares em 2010 e 74.250 dólares em 2012. Em alguns círculos, Blunt, foi apelidado como o homem da Monsanto em Washington. Ele próprio reconheceu haver elaborado, junto à Monsanto, uma cláusula controversa introduzida, na última hora em, uma lei de 2013 obrigando o Departamento de Agricultura a ignorar decisões judiciais hipotéticas que pudessem bloquear aprovações a novas sementes transgênicas. A cláusula, que não foi renovada depois de seis meses, foi batizada de Lei de Proteção da Monsanto.

 As tentativas de comprar a credibilidade da rede da indústria de biotecnologia, por lavagem de suas mensagens através de cientistas acadêmicos supostamente independentes, está desmoronando e começando a revelar a influência de uma enorme quantidade de dinheiro da indústria sobre a independência da ciência agrícola acadêmica. Parte deste processo foi revelado recentemente no The New York Times. Muitos desses esforços para influenciar a política ou a opinião pública começam com e-mails de funcionários da indústria, incluindo tópicos, pontos e temas sugeridos, que são lavados através da credibilidade de cientistas acadêmicos. Trata-se de uma questão de cientistas acadêmicos promovendo posições e argumentos para a indústria, e não apenas uma partilha de posições que cada partido já detinha e estava agindo.

http://www.anovaordemmundial.com/2017/05/dinheiro-sujo-ciencia-suja-como-a-industria-de-transgenicos-realmente-opera.html#ixzz4hDaYbMb3

 PAN International Pesticide Action Network

  Chemtrails venenosos são pulverizados na população:

- Natural News: NASA admits to spraying Americans with poisonous chemtrails

- News Target: New evidence suggests the government is using NASA to air drop Lithium on the masses

- NCBI: Feasibility of aerosol vaccination in humans.

- Infowars: NASA TO PROVE CHEMTRAILS EXIST WITH COLORFUL NIGHT SHOW

- WMDT: Sounding rocket launch scrubbed due to boats in hazard area, NASA says

- CNN: NASA will try again to create colorful clouds in the night sky

- Smithsonian: Airplane Contrails May Be Creating Accidental Geoengineering

 Prova os controladores globalistas estarem tomando conta do país a Lei 13.416/2017 publicada sexta, 24/02/2017, véspera do carnaval, aproveitando  o povo estar distraído:

 O dinheiro brasileiro (papel-moeda e de moeda metálica) passará a ser produzido no exterior: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13416.htm 

 A acultura da superficialidade, a idiotização e medo programados para facilitar a escravização humana!

  A acultura da superficialidade afeta os 3 pilares da sociedade:

 A sociedade contemporânea depende do equilíbrio da interseção de três Sistemas sustentando a paz social, sem a qual, não há progresso. Contudo, tudo vem sendo escondido de nós: https://vimeo.com/131249709 

  São pilares dos quais depende a manutenção da sociedade:

 1. O sistema de direito. Compreenda-o melhor na perspectiva antropológica e humanista transdisciplinar TgpT aqui: https://t.co/3cxdCLbFR7  

 2. O sistema desportivo. Entenda o papel e a importância do esporte e do direito na sociedade aqui: http://bit.ly/4plano 

 3. O sistema de crenças e valores. Como as crenças falsas são disseminadas mediante HEM, a hipnose em massa, subvertendo os valores: https://t.co/1cg9ZLeFbT  e mais  http://bit.ly/1mundomelhor 

 Como os controladores globalistas promovem a acultura da superficialidade? Demonstram-no os vídeos em https://vimeo.com/album/3144893 

  O egocentrismo promovido pela acultura da superficialidade globalista está na raiz dos problemas da sociedade, da violência até o desmanche da educação e serviços de saúde. Saiba mais aqui:  http://bit.ly/aculturadasuperficialidade

 General do Exército, ex-presidente da ADESG, denunciou o controle dos Rothschilds na Amazônia brasileira com patrocínio do PSDB e PMDB:
 O General Durval Nery é conselheiro do Centro Brasileiro de Estudos Estratégicos do Exército brasileiro (CEBRES) e comandou, vários anos, Batalhão de Forças Especiais na Amazônia. Profundo conhecedor do território da Amazônia e entorno, relatou a grave situação violando  soberania brasileira neste vídeo: https://youtu.be/kMV-PhdNtjk 
Na Amazônia, há cerca de
100.000 ONGs estrangeiras sob a falsa alegação de suposto território de 5 milhões de metros quadrados sendo devastado de forma criminosa e irresponsável pelo governo brasileiro”. Mentira! O General desmente a versão das ONGs informando as áreas sendo queimadas, cujas fotos e vídeos são usados para “comprovar”, não estão dentro da Amazônia legal e sim em áreas periféricas onde brasileiros gado. Esses criadores não alimentam os rebanhos com a ração transgênica da Monsanto e sim, com a grama natural. As queimadas são tradicionais nestas áreas, servindo para renovar as pastagens. Não há nenhuma queimada dentro da Amazônia. (sobre os males causados por essa multinacional, confira http://www.anovaordemmundial.com/2015/02/monsanto-o-veneno-transgenico.html )

 O objetivo destas ONGs é desestabilizar o governo brasileiro e provocar uma reação de órgãos internacionais permitindo o domínio internacional sobre a Amazônia. Por trás dessa estratégia, estão os grupos ligados à família dos Rothschilds almejando apossar-se da Amazônia para explorar os seus recursos naturais.
A ONG inglesa WWF é financiada por Jacob de Rothschilds, por George Soros e pela Fundação Ford e está por trás da tentativa de patrocinar uma intervenção internacional na Amazônia e entregá-la em aos
controladores globalistas. A filial WWF brasileira recebeu, do PSDB do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, a autorização para atuar em território brasileiro a partir de 1996. Nesta mesma ocasião, Fernando Henrique Cardoso assinou a OIT 169 sobre o desmembramento da Amazônia em 217 micro Nações Indígenas.  
O golpe da OIT 169 é a semente da separação Amazônia do restante do Brasil e facilita a ação de grupos internacionais na exploração de recursos naturais da Amazônia. A ingenuidade dos índios é facilmente explorada de forma gananciosa por espertalhões como os Rothschilds e
controladores globalistas. Quanto FHC e o PSDB teriam levado, por baixo dos panos, para entregar a Amazônia para os seus parceiros socialistas fabianos e permitir a farsa mentirosa da ONG WWF?
Essa ONG WWF financia o MST, grupos guerrilheiros e incita a invasão e o desmembramento da Amazônia. Membros desta ONG orientam os índios brasileiros a reivindicarem as suas terras e criar nações através da FUNAI. Essa ONG financia outras ONGs promovendo a lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e de armas dentro das reservas indígenas demarcadas por Fernando Henrique Cardoso em 1996. FHC é presidente de uma
Comissão Global pela Liberação de Drogas. Esta entidade é patrocinada por George Soros. Soros segundo a CIA, trafica armas e drogas na fronteira do Brasil com a Bolívia e mantém uma fazenda de 500 mil hectares em território boliviano com plantação de maconha, haxixe e folha de coca. Para facilitar a ação de capangas de Soros, FHC desmobilizou postos militares na fronteira do Brasil com a Bolívia e promulgou uma Lei de porte para usuários e consumidores de drogas. Esta Lei, de autoria do PSDB, permite usuários transportar drogas para o seu consumo sem intervenção policial. A Lei também impede a prisão de usuários usando drogas em áreas públicas. As manobras de FHC para facilitar o tráfico e a ação de seus parceiros traficantes fez crescer a quantidade de drogados e de vítimas do tráfico no Brasil. A partir de 1996, traficantes passaram a adquirir armas de guerras, fuzis e metralhadoras para defender seus territórios e suas “bocas de fumo”. Soros vendia drogas e armas nas favelas do Brasil e enriquecia às custas do sofrimento de milhares de famílias. O consumo e o tráfico de drogas no Brasil crescerem de forma assustadora entre 1996 e 1998. Antes, aprendia-se, no máximo, 30 ou 40 quilos de drogas. A partir de 1996, passaram a ser toneladas e toneladas de drogas e entorpecentes. Quanto será que FHC e os tucanos receberam e recebem do tráfico?
Segundo o General, há 276 mil ONGs no Brasil, 100 mil delas estão na Amazônia. Somente no governo do PSDB, cerca de 180 mil ONGs foram criadas no Brasil. Grande parte delas serve para lavar  o dinheiro da corrupção. Duas ONGS ligadas ao PSDB foram alvos de uma CPI abafada pelos tucanos. Ambas estavam envolvidas com doleiros uruguaios e lavavam dinheiro desviado dos cofres públicos. Outras duas ONGs ligadas a FHC desviavam verbas federais. Uma delas, dirigida por Ruth Cardoso, segundo a CPI, desviou R$ 220 milhões dos cofres públicos.
Na entrevista, o General registra: as ONGs foram denunciadas em 1996 pelo General Maynard Marques de Santa Rosa, ex-secretário de assuntos estratégicos do ministério da Defesa. Outro General, Augusto Heleno Pereira, também fez denúncias e duras críticas às ONGs, ao Governo Federal e às políticas adotadas pelo Estado.

 O Brasil está sendo invadido de forma criminosa por grupos estrangeiros e com o patrocínio do PSDB, PMDB e do governo federal. Há uma guerra programada, de origem externa, visando dominar e se apossar da Amazônia.
Na Amazônia, existem metais e pedras preciosas, ouro, manganês, diamantes, nióbio, Urânio e petróleo. Segundo o General, nos anos 80, a New Steel mineradora americana garimpou 40 milhões de toneladas de manganês no Amapá. A empresa pertence ao filho do ex-presidente americano Roosevelt e faturou bilhões de dólares no Brasil até o ano de 1992. Para o Brasil, ficaram os buracos das escavações e prejuízos trabalhistas, ambientais, econômicos e sociais. Mais de 98% do nióbio do mundo está na Amazônia. O nióbio é usado como condutor em celulares, computadores e até em turbinas de aviões. A extração ilegal e o contrabando causam prejuízos bilionários ao Brasil.

 Fomos envolvidos em uma guerra assimétrica, 5GW, cujo intuito é desestabilizar o Brasil. Essa guerra é patrocinada por organizações não governamentais e ONGs que se infiltram no governo com seus milhões de dólares. O objetivo principal é fazer com que o Brasil perca seus direitos sobre seus recursos minerais e principalmente sobre a Amazônia. O General relata, ainda, que, em 1999, 35 garimpeiros brasileiros teriam sido assassinados por homens ligados ao Illuminati Jacob Rothschilds.  A empresa de Rothschilds recebeu carta branca e isenções fiscais do PSDB e de FHC para explorar minas de diamantes em território Amazônico. Se beneficiando da Lei Kandir, promulgada por FHC e sua turma de bandidos do PSDB, a Rothschilds fatura cerca de R$ 6 bilhões de dólares anuais explorando e contrabandeando diamantes do Brasil. Segundo o General, os Rothschilds extraem toneladas de diamantes dentro das reservas indígenas e contrabandeiam o produto para fora do Brasil.
A empresa Rothschilds manda no local e não permite a entrada de nenhum brasileiro na área de reserva. A mina é considerada a segunda maior do mundo. Ainda segundo o General, na reserva Raposa do Sol em Roraima há outra mina de diamantes sendo explorada pela Rothschilds, esta sim, considerada a maior do mundo. Os Rothschilds garimpam toneladas de diamantes desta reserva e faturam bilhões de dólares à custa do povo brasileiro. O governo de FHC demarcou a área e a declarou como reserva indígena em 1996. Vários produtores e colonos que habitavam as terras demarcadas por FHC foram expulsos destas áreas. Desta forma, FHC possibilitou o controle da Rothschilds dentro das reservas demarcadas.
Inclusive há uma bandeira estrangeira hasteada dentro da reserva. É como se estas áreas pertencessem aos Rothschilds e não ao Brasil. Um General brasileiro mandou tirar a bandeira e um dos empregados de Rothschilds disse que era para não tirar, pois quem paga mais tem o direito de colocar a bandeira que quisesse. Uma vergonha! Quem paga mais e para quem? Quanto será que FHC, o PSDB e demais comunistas estão levando por baixo dos panos para permitir esta invasão e o saque de nossos recursos minerais?
O General relata que grupos ligados à Rothschilds e as ONGs, estavam dentro da Selva brasileira preparando uma emboscada. Militares brasileiros de um Comando de Batalhão de Selva de Santa Isabel faziam uma inspeção na área de um igarapé quando avistaram um homem louro armado de fuzil. Com o homem louro estavam mais 3 elementos  escondidos dentro da selva, todos armados e preparados para a emboscada..Os intrusos pensaram em abrir fogo contra os militares brasileiros, mas como estavam em menor número, desistiram.
O fato se deu dentro de uma área yanomami. O grupo de 4 invasores embrearam selva à adentro para escapar do batalhão brasileiro e desapareceram dentro da selva. Os militares brasileiros não podiam entrar na área, demarcada como reserva ambiental. A proibição está na Lei de demarcação criada por FHC e sua turma de bandidos do PSDB. Apenas com a autorização de um Juiz Federal, o Exército brasileiro poderia agir dentro da reserva. Ou seja, dentro do próprio Brasil. Os invasores podem hastear bandeiras estrangeiras, contrabandear drogas, armas e diamantes, lavar dinheiro, matar garimpeiros e armar emboscadas dentro das reservas brasileiras, já o exército brasileiro não, este precisa pedir autorização.
O Comandante do Batalhão que dirigia a operação na selva foi à Juíza de Santa Isabel, pedir uma autorização para ingressar dentro da reserva. Quando o batalhão voltou ao local subindo o Igarapé, o coronel que comandava a missão encontrou uma pousada protegida por 15 homens, todos ex-militares americanos. Um deles foi identificado por um oficial como sendo um dos emboscadores.  O coronel ao se dirigir ao identificado foi confrontado de forma grosseira e todos  agiam como se fossem donos da área.
O local é rico em nióbio, ouro e diamantes e a pousada serve na verdade de fachada para o contrabando de nossos recursos minerais. Haviam botes motorizados e um hidro avião no local para transportar o contrabando. O próprio General Durval Nery foi impedido de trafegar de Manaus para Boa Vista, sendo impedido por grupos armados nas Estadas. Mesmo se identificando como General do Exército brasileiro, o General não pode seguir seu caminho pela reserva. Somente com autorização da Justiça, disse. A demarcação das terras indígenas foi regulada pelo Decreto nº 1 775/96  de Fernando Henrique Cardoso. Uma das etapas previstas no procedimento de demarcação foi à desocupação da terra por não índios. Centenas de famílias de lavradores brancos foram expulsos do local e jogados na estrada com a roupa do corpo. Muitos nem receberam indenizações do Estado.
A
Monsanto citada acima é a mesma que inventou o Napalm, a bomba incendiária usada no Vietnã pelos americanos. A Monsanto também inventou o  esfoliante  amarelo que contaminou milhões de inocentes na guerra do Vietnã. Todos morreram de câncer. A Monsanto tem participação acionária de David Rockefeller e dos Rothschilds. A empresa também foi responsável pela doença do “mal da vaca louca”. A Monsanto fabrica ração animal para gado e usa restos de vários animais mortos e infectados. Cães, gatos, porcos, aves e outros animais, todos em estado de putrefação são moídos e triturados e são industrializados como ração para gado nos EUA e na Europa. No Brasil os produtores brasileiros não usam este tipo de ração industrializada e sim grama natural.
Os Rothschilds são donos de quase 50% de todas as indústrias, bancos e empresas no mundo. No Brasil são donos das operadoras de telefonia e exploram nossos recursos naturais como ferro, alumínio, manganês, calcário, pedras, nióbio, ouro e diamantes. Eles são donos da CSN e de mais 120 empresas estatais que foram privatizadas pelo governo do PSDB.  Os Rothschilds são donos também da Samarco, a mesma mineradora que causou os estragos ambientais em Marina e em boa parte do Brasil.
A Samarco explora a Lei Kandir, ou seja, não paga impostos municipais ou estaduais e sim um imposto federal. A empresa pagou uma multa ao governo federal pela tragédia ambiental, mas não gastou um centavo sequer em indenizações às vítimas da tragédia e muito menos indenizou os municípios atingidos pela lama. A família mais poderosa do planeta recentemente passou a controlar dois aeroportos brasileiros e está de olho no aquífero brasileiro e nas hidroelétricas. Se agirem como já agem dentro das reservas brasileiras, logo, logo, teremos que pedir permissão e pagarmos caro aos Rothschilds para podermos viajar, beber nossa água e usar nossa energia elétrica. A Lei criada pelo PSDB se constitui um crime de lesa pátria e beneficia apenas exploradores internacionais. É a sociedade brasileira quem paga por todos os  prejuízos tributários causados ao Brasil pela Lei.
O PSDB é um partido representante da Nova Ordem Mundial e disseminador da desgraça socialista que se abateu sobre o Brasil. Os globalistas que financiam o PSDB são os mesmos que se apossaram de nossa Amazônia e que querem se apossar do Brasil.
O partido de FHC adota a mesma prática nazista de discriminação e não aceitam negros, evangélicos, pobres ou homossexuais como membros.  No entanto, os tucanos são responsáveis no Brasil pelo homossexualismo, casamento gay, ideologia de gênero, marxismo cultural, racismo, feminismo, ateísmo, liberação de drogas, pedofilia, legalização da prostituição, desmilitarização, desarmamento, controle do sistema eleitoral, Marco Civil na Internet, Imigração, aborto, estupro e estatuto do menor. Essas transgressões sociais são financiadas pela Open Society, pela Fundação Rockefeller, pela Fundação Ford e pelos Rothschilds. Todas fazem parte da Agenda Global pelo controle  e escravização do planeta. É o PSDB e não o PT, o agente financiador do AVAAZ, da Veja, da Mídia Ninja, dos movimentos de rua, sites e blogs.
O PT é apenas uma quadrilha de bandidos e ladrões, e não passa disso. O partido de Lula foi manipulados pelo PSDB e pelo comunista Fernando Henrique Cardoso, assim como todos os demais partidos. A Agenda Global é disseminada no Brasil pelos tucanos e consequentemente, repartida com os demais partidos. Todos recebem sua fatia do bolo para VENDER e DESTRUIR o Brasil. Os socialistas fabianos são responsáveis por todas as desgraças mundiais. A Ordem dos Fabianos é controlada pelos Illuminati e pela maçonaria vermelha e são eles que financiam as guerras, as epidemias, as doenças, mortes, terrorismo, conspirações, assassinatos, satanismo e golpes de Estado no planeta. O PSDB é a identidade do mal, o partido satânico que corrompe e destrói o Brasil. Bando de porcos!
Vídeo com a entrevista do General:  
https://www.youtube.com/watch?v=kMV-PhdNtjk 
https://www.facebook.com/Politicamente-Irado-1397388943838943/

https://www.facebook.com/groups/851548761546071/?ref=bookmarks 

Governo Real e Crime Organizado, a Estrutura:

Síntese:

1 – Controlador

2 – Agentes Conscientes

3 – Agentes Inconscientes

Instrumentos de Dominação:

1 – Terrorismo

2 – Ideologias

3 – Diferenças Regionais: Econômicas, sociais, religiosas e raciais    

Objetivos:

   medida exata dos interesses transnacionais do Controlador.

  Isso começou há muito tempo. No século início do XX, a Inglaterra apropriou-se do TERRITÓRIO brasileiro de acesso ao Caribe:
   Afastado o Imperador Dom Pedro II, os controladores globalistas colocaram as mangas de fora e, em 1904, no governo de Rodrigues Alves, os ingleses consolidaram o roubo de uma importante região brasileira: o Pirara que dava, ao Brasil, o acesso ao mar do Caribe. Usando a questão indígena como desculpa promoveram ações militares contra a soberania territorial brasileira, roubando 19.630 km² de estratégico território.
Ao enviar para a então Guiana Inglesa, em 1835, o explorador alemão Robert Hermann Schomburgk, que foi patrocinado pela Royal Geographical Society, sob o pretexto de fazer explorações da riqueza zoobotânica da região, a Inglaterra fomentou uma disputa fronteiriça com o Brasil, em um território a leste de onde hoje está o atual Estado de Roraima, uma região de 33.200 km².
Mais tarde, sob o argumento britânico de o território do Pirara ser ocupado por tribos independentes que reclamavam a proteção inglesa, o Brasil reconheceu provisoriamente a neutralidade da área em litígio e dali retirou seus funcionários e o destacamento militar, com a condição de que as tribos continuassem independentes.
Contudo, em 1842, uma expedição militar liderada por Schomburgk colocou marcos fronteiriços, demarcando a fronteira sem a anuência do governo brasileiro. A questão se prolongou até 1904, quando o Brasil aceitou o laudo arbitral do rei Vitor Emanuel III, da Itália, que deu ganho de causa aos britânicos, perdendo o Brasil 19.630 km² de seu território (o rei italiano concedeu de volta ao Brasil os outros 13 570 km²) e, consequentemente, os afluentes da bacia do Essequibo. Com a conquista, a Inglaterra obteve acesso às águas do Rio Amazonas pelos rios Ireng e Tacutu.

  Até Donald Trump alertou a respeito do "complô da Ordem Mundial" e a capacidade da NOM manipular mentindo, assassinando reputações, etc. Estamos vivendo uma 5GW onde ganha quem controla a informação das massas.

 O modelo da democracia grega, exercida entre cidadãos com similar nível de informação e cultura, transplantada pelo a sociedade atual, resulta que a opinião superficial da maioria desinformada prevalece sobre a ponderação fundamentada dos que conseguem descobrir as mentiras e os engodos: https://youtu.be/xdfYiFpaxao 

  Por exemplo, já se sabe haver um fungo capaz de revolucionar a agricultura porque dispensa o uso de pesticidas. Contudo, Monsanto não quer que a população saiba disso e nem que seja colocado em prática! http://www.semprequestione.com/2015/06/especialista-em-fungos-detem-patente.html?m=0 

  A escravidão e a idiotização são programadas pelos controladores através de seus dois principais braço atuando no Brasil:  a NOM, nova ordem mundial liderada pelo PMDB e Foro de São Paulo liderado pelo PT:

http://padilla-luiz.blogspot.com.br/2014/10/como-avaaz-manipula-subliminarmente.html 

   Ambos braços dos controladores globalistas promovem a idiotização.

http://padilla-luiz.blogspot.com.br/2015/04/analfabetismo-funcional-crise-ensino.html 

 O significado da Estátua da Liberdade que o History Channel não mostrou e porque Illuminati existe:

Mark Dice   Infowars.com

History Channel está errado e os três investigadores mal arranharam a superfície do simbolismo da Estátua da Liberdade, e ainda menos sobre os Illuminati.

Alguns acham que a estátua foi dada aos Estados Unidos pelos franceses. Contudo, poucos sabem ela ter sido orquestrada pela maçonaria, a sociedade secreta, e não pelo governo da França.

A propaganda para o programa perguntava: "Será que a Estátua da Liberdade contem uma mensagem secreta? Existem símbolos secretos inserido nela? Seria ela um símbolo secreto gigante ? Será que ela realmente representa Lúcifer? A resposta a estas perguntas é sim."

Antes do episódio do programa "Decodificando por Brad Meltzer: Estátua da Liberdade", exibido pela primeira vez no History Channel dia 16 de dezembro de 2010, se você perguntasse à maioria dos americanos o que a Estátua da Liberdade representa, eles responderiam "América", "liberdade " ou "democracia".

É interessante como os Estados Unidos aceitaram um "presente" de uma sociedade secreta, e em seguida colocaram em um porto em Nova York, você não acha? Eu poderia doar um monumento e ter uma cidade importante colocá-lo em um lugar onde todos possam vê-lo? Espero que sim, porque eu tenho algumas idéias em mente.

Frederic Bartholdi, o criador da Estátua da Liberdade, foi um maçom (não surpreendentemente), e muito familiarizado com o ocultismo e também com o simbolismo e filosofias dos Illuminati. As três figuras principais envolvidos com a estátua, Frederic Bartholdi, que projetou a estátua em si, Gustave Eiffel, que projetou a estrutura de suporte interno, e Richard Hunt, que projetou o pedestal, eram todos maçons.

O plano original de Bartholdi era para que uma estátua gigante deste tipo fosse colocada em um porto no Egito. Após a sua proposta ser recusada pelo governo egípcio, ele mudou um pouco seu design e ofereceu a estátua aos Estados Unidos.

O nome original da estátua era "A Liberdade Iluminando o Mundo", e não "Estátua da Liberdade". Novamente, a palavra "Iluminando" se encaixa perfeitamente com o tema dos Illuminati. Iluminando, Iluminismo, iluminação, o sol, inteligência, brilho, brilhante, Lúcifer. Você está percebendo? As pessoas inteligentes estão. Os zumbis, provavelmente, acabaram de parar de ler.

Uma imagem quase igual da Estátua da Liberdade fica na França, também em uma ilha, no rio Sena, em Paris, e foi criada em 1889, apenas três anos após a dos Estados Unidos. Se ele é um símbolo da "América", então porque é que há uma estátua quase idêntica na França? Na verdade, existem centenas de enormes "Estátuas da Liberdade" por todo o mundo.

Colosso de Rodes

Colosso de Rodes

Você não viu isso no programa, mas eu disse aos investigadores que a Estátua da Liberdade é essencialmente uma versão moderna do Colosso de Rhodes, que foi uma representação do deus grego do sol Hélios (Hélio é o deus do sol). O Colossus foi criado no século 3 antes de Cristo e retratava o deus Hélio segurando uma tocha  e ficava localizado na ilha de Rodes, de frente para o mar. Ele tinha 107 metros de altura. Hélio também era representado como um olho que tudo vê, assim como os Illuminati.

"Esta gigantesca figura dourada, com a sua coroa de raios solares e sua tocha erguida, significava ocultamente o glorioso homem-sol dos Mistérios, o Salvador Universal." (Manly P. Hall - Os Ensinamentos Secretos de Todos os Tempos p. 189)

Há um poema impresso em uma placa que fica visível fora da Estátua da Liberdade em Nova Iorque, intitulado O Novo Colosso.

Poema Novo Colosso na Estátua da Liberdade

Houve também uma cerimônia maçônica, onde a placa abaixo foi posta perto da estátua. O texto da placa diz:

"Neste local em 5 de agosto de 1884, a pedra angular da Estátua da Liberdade Iluminando o Mundo foi colocada com uma cerimônia de William A. Brotte, William A. Brodie, Grande Mestre Macon do Estado de Nova Iorque. Membros da loja maçônica, representantes do Governo dos EUA e da Franca, oficiais do exército e da marinha, membros de Legações Estrangeiras e cidadãos ilustres estiveram presentes. Esta placa é dedicado aos maçons de Nova York, em comemoração do 100 º aniversário daquele acontecimento histórico."

Pedra Maçonica na Estátua da Liberdade

Pedra Maçônica na Estátua da Liberdade

A estátua simboliza também um composto de uma grande variedade de antigas deusas que representam o princípio feminino.

Deixe-me explicar Lúcifer

Eu disse que para os Illuminati e os ocultistas, Lúcifer ou Satanás (basicamente a mesma coisa) é benigno. Filosoficamente, religiosamente, ou o que quer que seja, não importa. Lúcifer é bom para eles.

Lúcifer é simbolicamente o salvador por causa do conhecimento proibido, o auto-conhecimento e o raciocínio intelectual que ele (figurativamente, metaforicamente ou literalmente) dá aos humanos, junto com a capacidade de pensar racionalmente e elevá-los a deuses entre todos os outros animais na Terra.

Embora os Illuminati vejam os conhecimentos e informações como bens extremamente valiosos (e com razão), eles querem os manter para si próprios, e deixar os outros "no escuro". Aqui estão alguns autores ocultistas clássicos que explicam a visão ocultista de Lúcifer, ou Satanás.

 

Madame Blavatsky

"Assim,' Satanás', uma vez que ele deixa de ser visto no espírito supersticioso, dogmático e filosófico das Igrejas, cresce para a imagem grandiosa do que fez um ser terrestre virar um homem divino, que lhe deu, ao longo do longo ciclo de Maha- kalpa a lei do Espírito da vida, e fê-lo livre do Pecado de Ignorância, portanto, da morte " - Helena Blavatsky - A Doutrina Secreta VI, p. 198

"Assim Lúcifer - o espírito da Iluminação Intelectual e da Liberdade do Pensamento - é metaforicamente, o farol guia, que ajuda o homem a encontrar seu caminho através das rochas e bancos de areia da Vida, já que Lúcifer é o Logos em sua plenitude."  Helena  Blavatsky , HP - A Doutrina Secreta, v. II, p. 162

"Lúcifer, o portador da Luz! Nome estranho e misterioso para dar ao Espírito das Trevas! Lúcifer, o Filho da Manhã! É ele quem traz a luz, e com seus esplendores intoleráveis, cega as almas fracas, sensuais ou egoístas? Não duvide disso! " - Albert Pike - Moral e Dogma p. 321

"Tanto o afundamento da Atlântida e da história bíblica da queda do homem significam a involução espiritual - pré-requisito para a evolução do consciente." Manly P. Hall - Os Ensinamentos Secretos de Todos os Tempos p. 83

O perverso canalha do Aleister Crowley tinha isto para dizer:

"Esta serpente, Satanás, não é o inimigo do homem, seja ele quem fez da nossa raça deuses, conhecendo o bem e o mal, ele ordenou 'Conheça a ti mesmo' e ensinou a iniciação. Ele é o 'Diabo' do livro de Troth, e Seu emblema é o Baphomet, o Andrógino que é o hieróglifo da perfeição arcana" - Magia: A Teoria e Prática, p. 193

Independentemente da religião, há uma história na Bíblia que ajuda a explicar a filosofia do satanismo. Em Mateus 4:8-9, ele explica como Satanás levou Jesus ao topo de uma montanha e disse-lhe que lhe daria o controle sobre todos os reinos do mundo se ele adorasse a Satanás. Jesus, é claro, não aceitou esta oferta, mas esta história transmite um significado mais profundo do que parece superficialmente.

Então, quando Satanás disse a Jesus: "Tudo isto te darei a você se você se curvar e me adorares", ele disse parcialmente a verdade. Ele não estava divulgando as conseqüências que poderão ocorrer a partir de tais ações.

Não há necessidade de argumentar que Deus ou Satanás não existem. Uma interpretação literal ou figurada dessa filosofia ou o que seja "adoração" não muda nada, porque os efeitos são os mesmos de qualquer maneira. A passagem bíblica acima transmite a filosofia secreto do satanismo, seja você  um cristão, muçulmano, judeu, hindu, ou até mesmo um ateu.

É interessante como maçons de alto nível negam ter qualquer coisa a ver com Lúcifer ou qualquer coisa Luciferiana, mas quando fica claro que eles incorporam Lúcifer em suas crenças, símbolos e filosofia, eles então dizem que nós entendemos mal.

Então, primeiro eles negam qualquer conhecimento sobre Lúcifer e em seguida, quando expostos como mentirosos, eles admitem isso, mas dizem que está tudo bem porque Lúcifer não é o diabo, e que ele é na realidade benigno.

A Tocha

Eu disse que a tocha que a Estátua da Liberdade está segurando representa a tocha de Prometeu, que significa Lúcifer no ocultismo. A história mitológica grega de Prometeu é a mesma alegoria de roubar o fogo (ou seja, o conhecimento) de Deus ou dos deuses, e dando aos seres humanos, assim causando a ira de Deus.

Helena Blavatsky explica em seu principal trabalho no ocultismo, "A Doutrina Sagrada" volume 2 (página 244),  a alegoria de Prometeu, que rouba o fogo divino a fim de permitir aos homens prosseguir conscientemente no caminho da evolução espiritual, transformando assim no mais perfeito dos animais na terra e um deus em potencial, e os libertando para tomar o reino dos céus através da violência. Por isto também, a maldição pronunciada por Zeus contra Prometeu, e por Jehovah contra o seu "filho rebelde", Satanás".

Então não sou apenas eu fazendo a conexão entre Prometeu e Lúcifer. São os próprios ocultistas.

Aqui está Manly P. Hall, um dos maiores filósofos da Maçonaria, dizendo a mesma coisa em seu livro "Aulas em Filosofia Antigas" (página 163):

"O homem vagava sem esperança na escuridão da mortalidade, vivendo e morrendo sem luz ou entendimento em sua servitude ao Demiurgo e seu exército de espíritos. No fim, o espírito da rebelião entrou na criação sob a forma de Lúcifer, que sob o disfarce de uma serpente tentou o homem a revoltar-se contra os mandamentos de Jeová (o Demiurgo). Na Grécia, este personagem era conhecido como Prometeu, que trouxe o fogo impregnado dos deuses que iria liberar a vida latente nesta multidão de potencialidades de germes".

Os "chifres" na cabeça da Estátua da Liberdade

Os sete raios saindo da cabeça da Estátua da Liberdade representam os raios do sol, irradiando para fora de sua mente, e, simbolicamente, representa o espírito que irradia a partir da mente como conhecimento. Há sete deles, porque os chifres representam as sete artes e ciências liberais, assim uma base de conhecimento essencial.

A Illuminati adora o conhecimento, ou Gnosis, e eles gostam de deixar as outras pessoas no escuro, ou seja, mantidos na ignorância. A estátua também está segurando um livro, obviamente, símbolo do conhecimento e da informação, mais uma vez se encaixando com o tema do conhecimento e da informação, porque o conhecimento é poder, e é isso que os Illuminati têm.

Pequeno Círculo dos Mentirosos da Maçonaria

Manly P. Hall

Freqüentemente se duvida que os Illuminati ainda estão operando por trás da fachada da Maçonaria. Muitas vezes se disacredita a existência de qualquer tipo de "círculo" dentro da Maçonaria, mas Manly P. Hall, um dos maiores filósofos da Maçonaria e reconhecido como tal pela revista oficial do Rito Escocês da Maçonaria, escreveu em seu livro "Lectures on Ancient Philosophy" (Aulas sobre Filosofia Antiga) na página 433, que: "A Maçonaria é uma fraternidade dentro de uma fraternidade, uma organização exterior que esconde uma irmandade interior dos eleitos... A sociedade visível é uma esplêndida camaradagem de homens "livres e aceitos", intimados para se dedicarem às atividades éticas, educacionais, fraternais patrióticas e humanitárias. A sociedade invisível é uma fraternidade secreta solene, cujos membros se dedicam ao serviço de uma misterioso arcano Arcanorum (segredo dos segredos.)".

A Bíblia da maçonaria, um livro intitulado Morais e Dogma, escrito por Albert Pike, explica a filosofia maçônica, e é geralmente lida apenas por maçons dedicados.

Parte desta filosofia, Pike explica, é que "a Maçonaria, como todas as religiões, todos os mistérios, o Hermetismo e a Alquimia, esconde seus segredos de todos, exceto dos adeptos e sábios, ou eleitos, e usa falsas explicações e interpretações sobre seus símbolos para enganar aqueles que merecem somente serem enganados, para esconder a Verdade, que ele [o Maçon] chama de Luz, deles, e para leválos para longe dela [a luz/verdade]"(Pike, Albert - Moral e Dogma p. . 104-105)

Os Illuminati ainda existem

Sobre a questão da existência da illuminati ainda nos dias de hoje, eu mostrei aos "investigadores" no programa a carta de George Washington mantida na Biblioteca do Congresso, onde ele afirmou que acredita que os Illuminati continuaram a existir e estavam em funcionamento na América, mesmo depois que foi oficialmente dito que estes haviam sido descobertos e erradicados. Eu acho que George Washington era um teórico da conspiração.

Eu também disse aos investigadores sobre a crença de Winston Churchill acreditava que a Illuminati ainda existia na sua época. Ele deve ter sido um louco teórico da conspiração também.

Illuminati e Skull and Bones

Vamos olhar mais de perto a ligação dos Illuminati com a sociedade secreta Skull and Bones. No programa Decoded por Brad Meltzer, parece que eu mencionei isso em uma frase apenas, mas a conversa foi muito mais profunda do que eles mostraram na televisão.

Primeiro de tudo, vamos ser claros, "Skull and Bones" (Caveira e Ossos) não é uma fraternidade, mas sim uma organização de pós-graduação que recruta seus membros em famílias ricas e bem relacionadas. Se você acha que isso é apenas uma fraternidade de meninos ricos, então você é um completo imbecil e você deve voltar a assistir "Sports Center".

Qual é a conexão dos Illuminati com a "Skull and Bones"? Um grupo de estudantes que se autodenominam de Arquivo e Garra (File and Claw) invadiu a sede da Caveira e Ossos, em 1876, um edifício de propriedade dos  Skull and Bones chamada Tomb (Tumba). Eles publicaram e espalharam um boletim de várias páginas ao redor da Universidade de Yale, pouco depois da sua invasão, explicando o que eles encontraram dentro.

Os intrusos do "Arquivo e Garra" encontraram um cartão escrito "Do Capítulo Alemão. Presentiado pelo Patriarca D.C. Gilman de D. 50". O cartão teria sido colocado em uma moldura e pendurado na parede dentro do edifício.

Um dos fundadores da Caveira e Ossos, William Huntington Russell, foi estudar no exterior na Alemanha, e ao retornar aos Estados Unidos fundou a sociedade secreta, em 1832.

Então, vamos lá. Um dos dois fundadores do "Skull and Bones" foi estudar na Alemanha, onde os Illuminati existiam apenas alguns anos antes, e então assim que ele voltou para os Estados Unidos, criou a sua própria sociedade secreta. Em seguida, após a invasão de alguns alunos de Yale (do grupo Arquivo e Garra) revelou-se uma placa na parede interna da sede do "Skull and Bones" dizendo que foi um presente do "Capítulo alemão."

A Skull and Bones é reconhecidamente uma das mais poderosas sociedades secretas e redes sociais no mundo, mas os tolos não vêem nenhuma conexão com os Illuminati em seus objetivos, os métodos de operações, rituais, crenças, símbolos ou qualquer outra coisa. Não. Não há ligação entre os Illuminati da Baviera e da sociedade Skull and Bones. Ei, não está passando o jogo de futebol?

Eu acho que nós devemos apenas acreditar que os membros e simpatizantes dos Illuminati simplesmente desistiram de seus objetivos após seus colegas serem descobertos.

Eu acho que o fato de que o FBI negou que a máfia existisse durante anos, até que finalmente mudou de idéia não faz as pessoas questionarem coisas de maneira diferente. Imagine, o FBI negar a existência da máfia! Bem, eles o fizeram, e agora essa alegação é uma tolice. O programa do History Channel negar o fato de que os Illuminati existem não é diferente.

E é claro, o fundador dos Illuminati, Adam Weishaupt, realmente não quis dizer quando ele escreveu: "Com esse plano que devemos controlar toda a humanidade. Desta forma, e pelos meios mais simples, vamos colocar tudo em movimento e em chamas. As ocupações devem ser distribuídas e forjadas, para que possamos, em segredo, influenciar todas as transações políticas. Eu considerei todas as coisas, e assim preparei, para que se a Ordem neste dia for destruída, em um ano irei restabelecê-la ainda mais brilhante do que nunca."

Sim, leia novamente. O fundador da Illuminati, escreveu em suas próprias palavras, que se ele e sua organização forem descobertos, ele seria capaz de ressuscitá-la novamente, e ele tinha planejado isso. Vá em frente gado. Acredite no que a TV lhe fala sobre o mundo.

Tire alguns segundos mais para ler algumas citações mais interessantes de Adam Weishaupt, o fundador dos Illuminati. Você pode verificar estas citações, elas são historicamente verificáveis e não uma lenda urbana ou hoax. Esse homem realmente escreveu estas coisas:

"Nem sequer uma única finalidade deve aparecer que seja ambígua, e que possa trair os nossos objetivos contra a religião e o Estado. Deve-se falar, por vezes, de uma maneira e de outra, mas que nunca contradiga a nós mesmos, e para que, com relação ao nosso verdadeiro modo de pensar, que nós sejamos impenetráveis".

"Isso não pode ser feito de outra maneira se não por associações secretas, que por graus, e em silêncio, apoderar-se do governo dos Estados, e fazem uso daqueles meios para este fim."

"A Ordem, pelo seu próprio bem, e, portanto certamente, colocará todo homem na posição onde ele poderá ser mais eficaz. Os alunos estão convencidos de que a Ordem irá dominar o mundo. Cada membro, por conseguinte, torna-se um príncipe ".

Então eu estava certo

Ao mesmo tempo que os investigadores do programa "Decoded Brad Meltzer" descartaram a idéia de que os Illuminati continuam a existir, ou que os criadores da Estátua da Liberdade eram filiados com os Illuminati, lembre-se, o programa concluiu que eu estava correto com a minha afirmação de que a estátua representa Lúcifer .

McKinley, a pesquisadora mais céptica do programa teve que ser censurada quando um teólogo concordou comigo em parte, dizendo que a Estátua da Liberdade, de fato, representa Lúcifer. McKinley teve de ser censurada porque ela falou um palavrão dizendo: "Oh (bip)" e colocou as mãos sobre o rosto, ela ficou chocada. Você pode ver o terror nos olhos dela quando ela continuou: "Como é que a Estátua da Liberdade representa Lúcifer?".

O teólogo passou a dizer-lhe, em parte, o que significa. O que foi deixado de fora é que os Illuminati vêem Lúcifer, novamente, se literal ou figurativamente, isso não importa, eles vêem-no como bom. Eles também são egoístas, bastardos gananciosos, que não querem que você possua esse conhecimento "bom". É como a Força em "Guerra nas Estrelas". Os Illuminati vêem o mundo em termos deles contra todos os outros. Conhecimento é poder. Eles têm, outros não. Eles governam como deuses por causa disso. Vivemos como escravos sem ele. Isto é o Luciferianismo. Eles mentiram para você sobre Lúcifer para começar, se fazendo de tolos como se não quisesse dizer nada para eles, então o que eles estão mentindo?

Chega de analogias com o "Guerra nas Estrelas". Eu estava certo sobre a Estátua da Liberdade, e que ela representa Lúcifer, e que foi projetada por um maçom interessados em símbolos ocultos, uma sociedade secreta, a maçonaria francesa, orquestrando a coisa toda, e os Estados Unidos não foi a primeira escolha para colocar a estátua.

Assim, só porque o significado oculto de Lúcifer não é o de um diabo mal com chifres, vivendo em um poço de fogo em chamas, mas sim ele é visto como o Cristo, o Logos, etc, a Gnose, isso não significa que eu estava errado no programa. Os maçons têm um círculo dedicado a um estranho misticismo e sistemas de crenças ocultistas. Uma vez que Lúcifer é bom para eles, eles construíram a estátua para secretamente representar isto para outros maçons Illuminati que tem o mesmo conhecimento. A maioria das pessoas não sabe disso, obviamente, porque até então isto foi um segredo.

Os livros de grandes filósofos da Maçonaria admitem isso, mas os maçons negam. Eles negam, mas ainda dizem a você que eles fizeram um juramento de segredo e, em sua mente pervertida, eles pensam que estão sendo honestos com você, porque eles estão dizendo que eles vão mentir e esconder coisas de você. A maioria dos maçons não são assim. Mas o círculo interno dos maçons Iluminado corruptos são.

Meu único arrependimento durante o programa foi o clipe curto dizendo que a estátua deveria ser demolida. Não é isso que eu quis dizer. Eu não acho que isso é "mau" ou que deveria ser demolida. Símbolos significam coisas diferentes para pessoas diferentes, então por favor não interprete mal o que você viu no show.

As pessoas podem negar que os Illuminati existem pelo tempo que quiserem. Isso é toda uma outra questão. Foi risível que  Steven Bullock entrou no final e sem provas, simplesmente rejeita a idéia por completo, e então todo mundo o acompanha. Aliás, Steven Bullock apareceu em uma programa anterior do do History Channel intitulado "Mistérios da Maçonaria", há alguns anos, onde falou sobre quão grande é a Maçonaria.

Fontes:

- Infowars: What Brad Meltzer’s Decoded Missed About The REAL Meaning of the Statue of Liberty’s Symbols

- History Channel: Episódios do programa Brad Meltzers Decoded

Participe da discussão no Fórum Anti-Nova Ordem Mundial

http://www.anovaordemmundial.com/2010/12/o-real-significado-da-estatua-da.html#ixzz4hpN3Vz2z

  Vídeo de 10 minutos: SAIA DA MATRIX, a verdade por trás do planeta: https://youtu.be/jMeQg_TGTLI 

A Farsa por trás dos movimentos de esquerda e da "nova direita" financiados por Soros

DOSSIÊ COMPLETO: A FARSA POR TRÁS DOS MOVIMENTOS DE ESQUERDA E DA “NOVA DIREITA” FINANCIADOS POR GEORGE SOROS

[Imagem: pseudooposicionista.jpg]

Desde 2013 são desmascarados os movimentos políticos auto-intitulados representantes do clamor popular, na verdade marionetes de uma engenharia social em prol da NOM,m Nova Ordem Mundial, financiados por mega-milionários globalistas... Assim como na época de Hitler, quando tanto os nazistas como os americanos eram financiados pelos globalistas, hoje, na política brasileira, há a mesma encenação, tanto no espectro da esquerda, como da direita auto-denominada "nova direita".

Rádio Vox acertou em publicar um dossiê expondo toda manipulação política que o país se encontra...

----

A Open Society Foundations patrocina o maior esquema de mídia esquerdista do planeta Terra, talvez só perdendo para o KGB-FSB.

Mais uma vez a Rádio Vox vai falar sobre os parceiros estratégicos do conglomerado publicitário da turma do sr. George Soros no Brasil.

Você acredita em uma oposição como essa?

[Imagem: Ioni.png]

O conselheiro dos narcoditadores Lula e Dilma Rousseff, o empresário dinheirista gaúcho Jorge Gerdau, junto com a cubana Yoani Sanchez, o ex-presidente chileno Sebastián Piñera e a top model liberalóide Gloria Alvarez. Dá pra confiar num quarteto desses?

A foto acima ilustra a situação da chamada “oposição” latino-americana.

Jorge Gerdau, o bate-pau do Foro de São Paulo[

[Imagem: pseudooposicionista.jpg]

Jorge Gerdau, conselheiro da Petrobras durante o maior esquema de corrupção da história moderna da humanidade, apresentou-se depois como “mentor e patrono” da oposição antipetista tupiniquim

O primeiro da foto do lado esquerdo é o empresário, conselheiro e palpiteiro oficial do regime narcoditatorial do Foro de São Paulo, Jorge Gerdau. Ele foi um dos mais importantes membros do conselho de administração e finanças da Petrobras durante o período de maior roubalheira e patifarias jamais vistas em NENHUMA EMPRESA no OCIDENTE nos últimos séculos. O escândalo financeiro da Petrobras conseguiu entrar para o Guinness Book (livro dos recordes) da safadeza universal.

Do lado de Gerdau está a pseudo-oposicionista de araque, a blogueira funcionária da ditadura cubana, Yoani Sanchez. Ela é a prova do que a Rádio Vox sempre está denunciando. Uma falsa oposição controlada a serviço do poder estabelecido pela nomenklaturas da América Latina.

Sebastián Piñera, o amiguinho dos narco-ditadores do Foro de São Paulo

[Imagem: sebastian-pinera1.jpg]

Sebastián Piñera, ex-presidente do Chile e o grande nome da “oposição” liberal latino-americana

O ex-presidente do Chile Sebastian Piñera que fez um péssimo governo para a população conservadora chilena, recebeu o ditador assassino comunista Raúl Castro como um grande chefe de Estado.

“…decorrente do descrédito dos chilenos com o presidente Sebastián Piñera, de centro-direita, que fez um péssimo governo para a ala conservadora, inclusive por ter recebido o ditador Raúl Castro que foi nomeado presidente da CELAC, com honras de chefe de Estado e muitos rapapés.”

Despencando ladeira abaixo – Graça Salgueiro | 19 Dezembro 2013

Yoani Sanchez, a funcionária da ditadura comunista cubana e de George Soros, padrinho da Abraji e Agência Pública

George Soros doou entre seu filho e família, $ 7.000,00 à campanha de Joe García, vários anos depois de minha advertência em artigos. Yoani é a chave para seus projetos. Todos os prêmios que outorgaram a Yoani servem a seus propósitos.

Quem está por trás de Yoani Sánchez Escrito por Juan Cuellar | 21 Julho 2011

A pseudo opositora cubana Yoani Sanchez já é figurinha carimbada em eventos internacionais que tenham a pretensão de melar e controlar oposições legítimas contra regimes totalitários pelo mundo.

Quem conhece o modus operandi do regime SABE, perfeitamente bem, que a vida e as regalias que essa moça goza só são possíveis e permitidas a um MEMBRO do regime, a alguém que serve fielmente ao sistema e que inclui passar-se por opositor, infiltrado no meio das agremiações para depois delatar, como ocorreu com a economista Martha Beatriz Roque que foi presa na “Primavera Negra de Cuba” em março de 2003, vítima de sua secretária que a entregou ao tribunal e lá confirmou ser uma agente infiltrada há nada menos que 13 anos. Há ainda o caso de Ana Belém, que era funcionária do Pentágono e incontáveis outros casos que os cubanos com boa memória sabem melhor do que eu. Quem, da verdadeira dissidência possui um notebook (vejam na foto), telefone e internet em casa por 24 horas? Qual a fonte de renda dessa moça? Ela alega que dá aulas de alemão para turistas mas como, se os cidadãos fora da Nomenklatura são proibidos (com perseguição da polícia) de se aproximarem dos turistas? E o marido, trabalha em quê e para quem? E o apartamento onde ela mora (este da foto), a liberdade de ter celular e telefonar passeando pela rua, qual dos legítimos opositores tem essas regalias? E como se tudo isso não fosse suspeito o bastante, mesmo depois de descoberto o blog e sua identidade, por que eles nunca foram chamados ou perseguidos pelos ferozes e insanos CDR? E por que, vivendo na Suiça voltou para Cuba, entrou sem qualquer atropelo e vive até hoje sem ser minimamente molestada? Os que saem não têm direito de voltar, pois são considerados traidores e se tentam, ou são deportados ainda no aeroporto ou vão direto para a prisão. Só se sai de Cuba com permissão da Nomenklatura e, ainda assim, essa liberdade de ir e vir dentro e fora do país só a possuem os membros do regime. Reflitam!

EDITORIAL

Em nossa redação de Noticuba Internacional chegaram várias preocupações através dos leitores sobre se Yoanis Sánchez, a blogueira de “Generación Y”, é a representante da Imprensa Independente em Cuba. Esta inquietação surgiu por causa de sua constante participação em eventos internacionais, entrevistas para a televisão em Miami e publicações em quase todos os meios de difusão massiva no exílio e Europa, onde foi agraciada com prêmios de valor e propagandeada como a melhor e mais valente das opositoras que enfrentam Castro.

A redação de Noticuba Internacional deu-se ao trabalho de se comunicar com um bom número de jornalistas independentes na ilha para saber disto e poder dar uma resposta fiel à realidade, sem parcialidades com nada nem ninguém, e com o único objetivo de honrar seus princípios noticiosos que não são outros que ser um meio onde se difunde a verdade e nada mais que a verdade.

Alguns afirmaram que a conheciam de ouvir falar, outros que nem a conheciam porque ela não é membro de nenhum grupo opositor, que somente souberam pela imprensa estrangeira que havia feito um ato de presença no caso do roqueiro Gorki, e sobre as demais participações no estrangeiro. Comentaram-nos, além disso, que vive em Nuevo Vedado em uma confortável residência com telefone e serviço de internet, e que jamais foi objeto de perseguição ou maltrato e muito menos detida, pelo que desconhecem o porquê de sua presença como opositora.

Saber estas coisas nos alarmou e, como opositores e imprensa continuamos indagando a notícia para poder ser fiéis ao que ocorre com esta blogueira, e analisando cada comentário que chega à nossa redação do jornalista Mario de Llano, onde de forma livre expõe seus critérios sobre este caso.

Depois de muita sondagem soubemos que em Cuba ninguém sabe o porquê da fama de Yoanis Sánchez (um mito fabricado como Ingrid Betancourt, acrescento eu), nem o porquê do Prêmio Ortega y Gasset de Jornalismo Digital 2008, nem a viagem à Espanha suspensa pelo governo de Cuba. Muito menos a participação em vídeo na SIP (Sociedade Interamericana de Imprensa) no dia de ontem.

Achamos ser honesto destacar que o tema da violência contra jornalistas e meios de comunicação durante as crises sociais e os recentes processos eleitorais na América Latina devem ser debatidos por jornalistas independentes cubanos que sejam vítimas desta repressão, inclusive que tenham cumprido condenações, perseguição, repressão e expulsões de seus centros de trabalho, e para os quais informar é o maior dos delitos na ilha e que, ainda assim, continuam na linha de combate sem se deixar vencer.

Isto porém não corresponde com Yoanis Sánchez, pois ela não responde pela imprensa independente cubana, não foi detida, nem perseguida politicamente, nem sequer, como afirma a oposição, pertence a nenhum grupo organizado. Apenas criou um blog em 2007, chamado “Generación Y” com o objetivo, segundo ela, de poder dizer o que sente e para que o mundo conheça [seus pensamentos].

Isso está muito bem, porém não lhe concede o direito de representar uma oposição aguerrida, perseguida, fustigada e reprimida que leva muitos anos lutando sem internet, sem liberdade de expressão e neste momento minimizada. Não é notícia para ninguém que a imprensa independente cubana, fundada em meio a uma sociedade totalitária e repressiva, foi fortemente reprimida pelo governo cubano, inclusive os jornalistas fundadores, e os que atualmente continuam na linha de combate têm que redigir suas notícias em pedaços de papel reciclável, suplicar horas de tempo da máquina de alguma das sedes diplomáticas existentes em Havana, ou na SINA, onde para poder ir têm que burlar a custódia policial da Segurança do Estado.

Em primeiro lugar pela repressão e em segundo, porque o serviço de internet não é permitido, somente se consegue Intranet e não a dissidentes, pelo qual nenhum tem conhecimentos e muito menos possibilidades de poder adaptar-se às novas tecnologias, muito menos conhecer o blog Generación Y. Como é possível que se possa falar de redes sociais e blog, ou novas tecnologias profissionais em Cuba, se a imprensa independente e a oposição não têm permissão a esses acessos, pelo que consideramos um ato de mágica que Yoanis possa conseguir esse serviço desde sua casa de forma ininterrupta?

Quem tem mais direito a ser entrevistado: Yoanis Sánchez, que há somente um ano empreendeu – sabe-se lá como – a idéia de criar um espaço para comentar criticamente a realidade cubana e se permitir dizer o que lhe está vedado em seus direitos cívicos, com as comodidades de um serviço de internet 24 por 24 sem interrupções onde somente o exílio lê, ou o grupo de prisioneiros políticos e de consciência que estão morrendo diariamente submetidos às mais cruéis torturas físicas e psicológicas? Ou a imprensa independente e os opositores que buscam a notícia a pé, rua a rua, cidade a cidade, e depois arriscam a vida e a liberdade tratando de transmiti-la para o exílio sem meios sofisticados?

Em que pese que a internet funcione em Cuba de uma maneira “rudimentar”, Sánchez assegurou que “chega às pessoas” e supõe ser um estímulo na luta “contra a apatia, a inação e as insatisfações”. Depois de ler e reler as palavras da blogueira Yoanis Sánchez, não nos resta outra alternativa a não ser expor que a única blogueira com essas liberdades em Cuba é ela, que nenhum outro opositor, jornalista independente ou povo em geral tem acesso à internet, e que se alguém a tem é uma minoria e quase todos comprometidos com o regime.

http://notalatina.blogspot.com.br/2008/1..._6599.html

Que direita, Cara Pálida?

A ong esquerdista Agência Pública postou uma matéria investigativa que diz ter descoberto o grande segredo da chamada direita brasileira. O artigo assinado por Marina Amaral, fundadora da agência, coloca o website Mídia Sem Máscara – o pioneiro em media watch no Brasil – misturado com movimentos antipetistas e de oposição, alguns deles financiados ou ligados com organizações internacionais. O MSM é um site tocado sem dinheiro de NENHUMA ORGANIZAÇÃO BRASILEIRA OU INTERNACIONAL, assim como a Rádio Vox. As pequenas doações que recebem servem para manter os serviços de hospedagem e internet, além do tradicional complemento dos bolsos dos próprios organizadores e participantes dos websites.

A triste realidade é que não existe de fato nenhuma direita organizada no Brasil, e que as manifestações realizadas com milhões de brasileiros nos últimos meses, é fruto direto do trabalho de mais de duas décadas de preparação cultural do filósofo e jornalista Olavo de Carvalho e das denúncias do Mídia Sem Máscara e de seus colaboradores.

Abaixo publicamos a peça publicitária esquerdista de Marina Amaral, com comentários desmistificando as baboseiras.

A nova roupa da direita

Rede de think tanks conservadores (???) dos EUA financia jovens latino-americanos para combater governos de esquerda da Venezuela ao Brasil e defender velhas bandeiras com um nova linguagem. Por falar naquele país: http://www.anovaordemmundial.com/2017/08/cidadaos-venezuelanos-armazenam-alimentos-e-agua-desesperadamente-conforme-guerra-civil-se-aproxima.html 

“O corpo é a primeira propriedade privada que temos; cabe a cada um de nós decidir o que quer fazer com ele”, brada em espanhol a loirinha de voz firme, enquanto se movimenta com graça no palco do Fórum da Liberdade, ornado com os logotipos dos patrocinadores oficiais – Souza Cruz, Gerdau, Ipiranga e RBS (afiliada da Rede Globo). O auditório de 2 mil lugares da PUC-RS, em Porto Alegre, completamente lotado, explode em risos e aplausos para a guatemalteca Gloria Álvarez, 30 anos, filha de pai cubano e mãe descendente de húngaros.

[Imagem: soros-fhc-gerdau.jpg]

Os marajás da nomenklatura socialista num encontro chique no RJ. Soros ensinando Beatriz Gerdau – filha de Jorge Gerdau – e seus amigos como fazer fortunas e destruir os países com a sua famosa técnica de pilantropia. A Agência Pública é uma dessas beneficiárias

Justo a Gerdau que é a empresa que mais foi beneficiada no período dos 4 mandatos do PT-Foro de São Paulo e a filhoca de Jorge Gerdau estave algumas semanas atrás no apartamento de luxo com FHC na famosa Vieira Souto, tendo aulas de pilantropia com um dos principais financiadores e guru da Agência Pública e Abraji, o metacapitalista George Soros.

Na foto aparece a Ilona Szabó, chefe do secretariado da Global Commision on Drug Policy, uma organização que defende a liberação da comercialização e uso das drogas, da Open Society de Soros. FHC é um dos comissários da organização. Um nome típico da nomenklatura soviética.

O Rubem César Fernandes, o canalha que defende o desarmamento da população e a promoção e defesa da criminalidade, do satânica seita-ong Viva Rio, é outro dos defensores da liberação das drogas, claro, financiado pela Open Society

[Imagem: drogas-opensociety.jpg]

Ilona Szabó da Global Commission on Drug Policy e Rubem César Fernandes do Viva Rio, os principais nomes da Open Society Foundations para a liberação do tráfico e consumo de drogas no mundo. A mesma patota da Agência Pública

Gloria ou @crazyglorita (55 mil seguidores no Twitter e 120 mil em sua fanpage do Facebook) ascendeu ao estrelato entre a juventude de direita latino-americana no final do ano passado, quando um vídeo em que ataca o “populismo” na América Latina durante o Parlamento Iberoamericano da Juventude em Zaragoza (Espanha) viralizou na internet. No principal fórum da direita brasileira, Gloria e o ex-governador republicano da Carolina do Sul David Bensley são os únicos entre os 22 palestrantes, brasileiros e estrangeiros, escalados para os keynote – palestras-chave que norteiam os debates nos três dias do evento, batizado de “Caminhos da Liberdade”.

Radialista há dez anos, hoje com um programa na TV, Gloria é uma show-woman cativante. Conduz com desenvoltura a plateia formada majoritariamente por estudantes da PUC gaúcha, uma das melhores e mais caras universidades do Sul do país. “Quem aqui se declara liberal ou libertarista que levante a mão?”, pede ao público, que responde com mãos erguidas. “Ah, ok”, relaxa. Sua missão é ensinar a seus pares ideológicos como “seduzir e enamorar os públicos de esquerda” e vencer “os barbudos de boina de Che”, explica a jovem líder do Movimiento Cívico Nacional (MCN), uma pequena organização que surgiu em 2009 na Guatemala na esteira dos movimentos que pediam – sem êxito – o impeachment do presidente social-democrata Álvaro Colom.

CARACAS!! Qual conservador vai apoiar propostas liberalóides dinheiristas?

A primeira lição é utilizar nas redes sociais o hashtag criado por ela, “república x populismo”, para superar “a divisão obsoleta entre direita e esquerda”. “Um esquerdista intelectualmente honesto tem de reconhecer que a única saída é o emprego, e um direitista do século 21, que já se modernizou, tem de reconhecer que a sexualidade, a moral, as drogas são um problema de cada um; ele não é a autoridade moral do universo”, continua, sob uma chuva de aplausos. Nada de culpa, nem moral nem social, ensina. A mensagem é liberdade individual, “empoderamento” da juventude, impostos baixos, Estado mínimo – a plataforma da direita liberal (em termos econômicos) no mundo todo: “A riqueza não se transfere, senhores, a riqueza se cria a partir da cabecinha de cada um de vocês”, diz. Da mesma maneira, Gloria rebate programas sociais de assistência aos mais pobres, política de cotas para mulheres, negros, deficientes e até mesmo a existência de minorias: “Não há minorias, a menor minoria é o indivíduo, e a ele o que melhor serve é a meritocracia”.

Essa menina Gloria tem as mesmas propostas da esquerda e ainda chamam a coitada de direitista!! Mas desde quando a direita, ou melhor dizendo os cristão apóiam a liberação das drogas, a liberdade sexual, o dinheirismo?? Gloria Álvarez deve se candidatar imediatamente para ser mais uma do secretariado da Global Commission on Drug Policy ou do Viva Rio!!!

Dizer que a esquerda é obsoleta se ela é a força política mais poderosa em todo o globo terrestre!!!! Vide a própria Agência Pública e TODOS OS ÓRGÃOS DE MÍDIA DO BRASIL E DO MUNDO!!!! Tenha a santa paciência, Marina.

Mas, explica, os “defensores da liberdade” também tem sua parcela de responsabilidade. Eles não sabem comunicar suas ideias, usar a tecnologia para “empoderar os cidadãos” e “libertar” a América Latina. “Se ficarmos discutindo macroeconomia, PIB etc., vamos perder a batalha. Temos que aprender com os populistas a falar o que as pessoas entendem, fazer com que se identifiquem”, ela diz. “E aqui vou lhes dar outro conselho porque dizem que nós, os liberais, somos malditos exploradores”, ironiza. “Encontrei um maneira muito bonita de definir o conceito de propriedade privada. E com esse conceito de propriedade privada os esquerdistas fazem assim: Ôooooo! [inclina o corpo para trás].” A propriedade privada, diz, é o que acumulamos em toda uma vida, a partir de nossas primeiras propriedades: corpo e mente. O passado, afirma, não é igual para ninguém, esse acúmulo é pessoal. “Isso nos humaniza, dá um coraçãozinho a nós, liberais, tão desgraçados.” Risos. Aplausos.

A menina vem com a mesma cantilena materialista da esquerda, usada principalmente pelos defensores do aborto e das drogas. “Meu corpo é minha propriedade privada e posso jogar ele na privada se quiser”. Onde a dona Gloria diz conservadores?? Cristãos??

Direito à vida, liberdade e propriedade privada, então cada um que vá atrás da educação que queira, da saúde que queira, da casa onde quer morar, sem precisar de super-Chávez, super-Morales, super-Correa”. Ovação. Assobios. Antes de encerrar os 40 minutos de exposição, Gloria convida os presentes a contrapor a visão de mundo que “vitimiza os latino-americanos”, “joga a culpa nos ianques”, mina a “autoestima” e a coragem de assumir riscos que exige o espírito empreendedor. A plateia aplaude de pé.

A China comunista que vomita dinheiro enfiado durante décadas por liberais iguais a dona Gloria Álvarez tem mais liberdade econômica e de livre iniciativa do que a maioria dos países do Ocidente. Tá cheio de empresários liberais rachando os bolsos de ganhar dinheiro com a mão de obra escrava da China, não é sr. George Soros?

Neoliberais e libertaristas

Gloria Álvarez não representa nada exatamente novo. A grande diferença é a linguagem. O MCN (movimento a que ela pertence) recebe “fundos de algumas das maiores empresas da elite empresarial tradicional, conta o jornalista investigativo Martín Rodríguez Pellecer, diretor do site guatemalteco Nómada, parceiro da Pública. “Por fontes próximas, soube que uma das indústrias que os apoiam para campanhas de massa e lobby no Congresso é a Azúcar de Guatemala, um cartel poderosíssimo de treze empresas (a Guatemala é o quarto maior exportador mundial de açúcar) e as usinas guatemaltecas têm, inclusive, investimentos em usinas no Brasil.”

CARACOLES!!! E a porcaria da tal Agência Pública??? Recebe dinheiro das duas maiores potências metacapitalistas e socialistas fabianas de todos os tempos!!! Como vocês são mentirosos!! Vejam isso, o Soros investiu quase 1 bilhão de dólares em cartéis da produção de álcool no Brasil do PT-FORO DE SÃO PAULO, para ganhar bastante dinheirinho e depois enfiar nos bolsos da Agência Pública, Abraji, Viva Rio, Project Sydicate ….

“Especulador do álcool”, George Soros vai investir US$ 900 mi no Brasil

Da Redação – Em São Paulo

O megainvestidor americano George Soros, que se considera um “especulador do etanol”, diz que pretende investir cerca de US$ 900 milhões na produção de álcool no Brasil em cinco anos, mas enxerga uma possível superoferta no mercado local e obstáculos para a expansão do comércio internacional do biocombustível.

“A menos que o mercado no resto do mundo se abra, talvez exista uma produção excedente”, afirmou Soros, que participa nesta terça-feira do Ethanol Summit, evento promovido pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) em São Paulo.

Soros afirmou que se considera um “especulador” ao investir em etanol no Brasil, devido principalmente aos entraves ainda existentes nesse mercado.

“Percebi que a palavra especulador tem uma conotação muito ruim no Brasil, mas tenho que confessar que sou um especulador ao investir em etanol porque tem muitos problemas que vocês precisam resolver para fazer o investimento na área realmente viável”, afirmou.

A Adecoagro, empresa da qual Soros é um dos principais acionistas, está investindo em usinas de cana em Estados como Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, além de manter atividades em outras culturas agrícolas.

O mesmo pode-se dizer em relação a suas ideias. Apesar do título sedutor, os libertarians – libertaristas em português – “são um segmento minoritário entre as correntes que ganharam influência no pós-guerra em oposição às políticas intervencionistas de inspiração keynesiana”, explica o economista Luiz Carlos Prado, da Universidade Federal no Rio de Janeiro.

A partir da crise do petróleo dos anos 1970, economistas pró-mercado como o austríaco Friedrich Hayek (Prêmio Nobel de 1974), monetaristas da Escola de Chicago de Milton Friedman (Prêmio Nobel de 1976) e os novo-clássicos associados a Robert Lucas (Prêmio Nobel de 1995) passaram a dominar o pensamento econômico global e se tornaram conhecidos do grande público sob um único rótulo: “neoliberal”. Seus conceitos foram trazidos para a América Latina pelo setor mais conservador americano, representado principalmente pelos think tanks ligados a Ronald Reagan, que depois de ter perdido as primárias republicanas em 1968 e 1976, se elegeu presidente em 1980, tendo Friedman como principal conselheiro. Também predominaram no governo de Margaret Thatcher (1979-1991) na Inglaterra. “Os defensores do liberalismo clássico eram também defensores da liberdade política, mas a corrente chamada de ‘neoliberal’ defendia essencialmente a não intervenção do Estado na economia sem uma preocupação particular com a questão da liberdade política, chegando, em alguns casos, a apoiar sem constrangimentos governos ditatoriais como o de Pinochet no Chile”, observa Luiz Carlos Prado.

 Mais um monte de estrume verbal da dona Marina. Vamos ver o que é o neoliberalismo que a senhora desconhece completamente. Onde a senhora está, dona Marina Amaral? Quem dá o dinheiro que banca essa moleza??

 A Guatemala de Gloria Álvarez é um bom exemplo de como as ideias libertarians se traduziram na América Latina. Em 1971,“uma parte muito representativa da elite econômica guatemalteca assumiu como projeto político o libertarismo de direita, quando fundou a Universidade Francisco Marroquín (UFM)”, conta o jornalista Martín Rodríguez Pellecer. “O fundador da universidade, Manuel Ayau, conhecido como El Muso, em alusão a Mussolini, se uniu ao projeto fascista anticomunista da MLN. Desde então, a UFM vem formando quadros políticos e acadêmicos para desacreditar o Estado e a justiça social e converter a Guatemala no país que arrecada menos impostos na América Latina (11% em relação ao PIB) e o que menos redistribui”, explica. Foi nessa universidade que Gloria estudou e “se converteu em uma libertarista um tanto menos conservadora que seus professores, uma mistura de neoliberais e Opus Dei. Álvarez se declara ateia e a favor do aborto e, embora tenha se tornado uma estrela da direita latino-americana, na Guatemala é uma referência menor para a direita, não tem base política nem vai ser candidata. Eu a vejo mais como uma enfant terrible libertarista”, diz Martín.

 Que maravilha! Mais uma vez o texto desmente o título do artigo.

 Gloria Álvarez é contra o “””populismo””” – ela tem medinho ou nojinho de falar comunismo, ou talvez não saiba nem o que realmente está rolando – , defende o aborto e é ateia. Ela só precisa ir para a China comunista, que lá tem livre mercado e ela pode praticar quantos abortos quiser, pois é política de Estado.

[Imagem: martinpellecer.jpg]

Martín Rodríguez Pellecer, mais um funcionário da Open Society Foundations, na foto com o bandido e terrorista virtual Julian Assange, outro empregado de Soros. A autorreferência é o modus operandi mais praticado pelos esquerdistas para sustentar suas redes de mentiras e farsas

Os libertarians ressurgiram com força nos Estados Unidos depois da crise de 2008 – e ao clamor subsequente pela regulamentação do mercado – e em decorrência da ascensão do democrata Barack Obama ao poder. Pregam a predominância do indivíduo sobre o Estado, a liberdade absoluta do mercado, a defesa irrestrita da propriedade privada. Afirmam que a crise econômica que jogou 50 milhões de pessoas na pobreza não se deveu à falta de regulação do mercado financeiro, mas pela proteção do governo a alguns setores da economia. E rejeitam enfaticamente os programas sociais do governo Obama. No entanto, uma parte significativa dos libertaristas tem se distanciado do tradicionalismo da direita no campo do comportamento, defendendo posições associadas à esquerda, como a defesa da liberação das drogas e a tolerância aos homossexuais, em nome da liberdade do individual. O senador republicano Rand Paul, pré-candidato à presidência, é um de seus representantes mais conhecidos.

Rand Paul é filho do Ron Paul, o maior traidor depois de Barack Hussein Obama. O pai é mentor do filho. Essa é a referência conservadora e de oposição da Marina Almeida? Vai estudar minha filha! A Ford Foundation e a Open Society gasta muito dinheiro com vocês para apresentar isso!!

Ron Paul trabalha para a turma do Rockefeller, aqueles que sonham juntos com a Fuord Foundation na fusão da Rússia e EUA. A mesma Ford Foundation que banca a brincadeira da Marina Amaral e sua Agência Pública

[Imagem: camarada_ronpaul_msm.jpg]

Olha como o Ron Paul é de direita, gente!

“Os libertarians que estão com os conservadores no Tea Party (a corrente radical de direita no Partido Republicano americano) estão em think tanks como o Cato Institute e compõem a direita pós-moderna, representada, por exemplo, por Cameron, na Inglaterra, que modernizou a agenda da redução do estado do bem-estar social”, resume o professor. Ele acha graça quando falo em libertarians brasileiros, seguidores da escola austríaca de economia de Ludwig von Mises e Friedrich Hayek. “A escola austríaca é uma corrente muito minoritária mesmo na academia”, diz. “Quem são esses libertarians? O que temos no Brasil são economistas sofisticados que seguem correntes como a dos novo-clássicos do prêmio Nobel Robert Lucas e outras similares, políticos de direita pouco elaborados como o Ronaldo Caiado (senador do DEM-GO) e essa classe média conservadora que lê Rodrigo Constantino na Veja”, resume.

LIBERTARIANS NO TEA PARTY?? ELES MESMOS NÃO SE CONSIDERAM DO TEA PARTY, E A TURMA DO TEA PARTY ODEIA AS PROPOSTAS LIBERAIS/LIBERTÁRIAS DE ABORTO, LIBERAÇÃO DAS DROGAS E OUTRAS PORCARIAS!

Survey: Libertarians Have Little in Common With Tea Party Followers

Most U.S. libertarians do not identify with Tea Party: survey CHICAGO | By Mary Wisniewski

Most American libertarians do not consider themselves part of the conservative Tea Party movement despite a public perception that the two political groups are linked, according to a national survey released on Tuesday.

Libertarians, who generally support maximizing individual rights and minimizing the role of government, differ sharply with the Tea Party and religious conservatives on issues such as abortion and decriminalization of marijuana, according to the survey by the non-partisan Public Religion Research Institute.

Libertarians Are Not the Tea Party

Existe sim a forçação de barra das agências e mídias esquerdistas em rotular o movimento Tea Party de possuir uma gigantesca e potente facção de Libertarians, mas na realidade os próprios libertários e liberais dos EUA não aceitam essa rotulagem proposital. Mais uma pilantragem da máquina multibilionária de George Soros em confundir e mentir com um óbvio objetivo de cumprir uma agenda revolucionária e fabricar falsas oposições, como essas do Fórum da Liberdade.

Caiado e Constantino são participantes veteranos do Fórum da Liberdade em Porto Alegre. A novidade é que os libertarians do Tea Party mostraram-se enfim capazes de se apresentar como a face convidativa da direita para a juventude brasileira.

O senador Sepulcro Caiado é outra mercadoria de primeira. Um oportunista aliado ao FHC, da laia da Open Society como a turma da Agência Pública. Constantino é um velho desafeto da direita e um difamador de Olavo de Carvalho e seus alunos. Agora deram uma higienizada no rapaz que virou alguém na vida. Colunista da porcaria da Veja – do Project Syndicate da Open Society – e presidente de um institutozinho liberalóide. Grande representantes do interesse da turma deles, Marina!!

Vem pra rua, ciudadano

Na véspera do Fórum, no dia 12 de abril, Gloria Álvarez discursou contra o “populismo maldito” vestida com uma camiseta de lantejoulas formando a bandeira do Brasil para cerca de 100 mil pessoas na avenida Paulista, em São Paulo, na segunda rodada de manifestações “Fora Dilma”. Do alto do caminhão do Vem pra Rua, o líder do movimento, Rogério Chequer, a apresentou à multidão como “uma das maiores representantes da batalha contra o populismo do Foro de São Paulo” e se manteve o tempo todo ao seu lado (veja o vídeo com o discurso de Gloria na Paulista aqui). Gloria, que havia anunciado antecipadamente sua presença nos protestos em uma entrevista no programa de Danilo Gentili no SBT, tinha dado uma palestra no Instituto Fernando Henrique Cardoso, assistida pelo próprio ex-presidente, três dias antes.

[Imagem: fhc-chequer.jpg]

O grande timoneiro da “oposição” brasileira Rogério Chequer, e seus momentos brilhantes ao lado do maior canalha da história moderna brasileira, o gramscista FHC; no cartel radiofônico “oposicionista” Jovem Pan; com o ditador comunista José Serra e na principal publicação “oposicionista” Veja, membro desde janeiro de 2014 do Project Syndicate da Open Society. É a oposição controlada do VEM PRA RUA.

Rogério Chequer do PSDB e SBT de direita?? Caracas, ai chutou todos os baldes. A TV Cassino do homem do golpe do baú começou a choradeira reclamando do governo alguns meses antes do vencimento da concessão pública da TV SBT de São Paulo, SP. Só foi liberarem nova concessão para 2016, a choradeira do pseudo-jornalismo comandado por Marcelo Parada, coordenador de mídia da campanha eleitoral de Dilma Rousseff na primeira eleição da soberana búlgara!!!

[Imagem: concessao-sbt-dilma-2014.jpg]

O comunicador Ratinho é amigo íntimo de Lula e José Dirceu, e foi pioneiro em fazer o seu programa no Palácio do Planalto para levantar a moral imunda da narcoterrorista Dilma Rousseff.

[Imagem: ssantos.jpg]

O homem do golpe do baú e seu CASSINO TELEVISIVO multibilionário, ajudando a esconder a realidade do Brasil do PT-Foro de São Paulo. Manipulou sua jornalista para “atacar” o governo em pontos genéricos, faz a jogatina ilegal diariamente, possuí um quadro de funcionários envolvidos com a narcoditadura brasileira, chegando ao ponto do chefe de jornalismo da emissora ter sido o responsável pela campanha eleitoral de Dilma Rousseff!!!

Vale lembrar a novela propagandística do SBT Amor e Revolução, que serviu de base eleitoral para a Dilma Rousseff:

O ditador narcoterrorista comunista José Dirceu

O primeiro beijo lésbico da teledramaturgia brasileira para promover a eleição de Dilma Rousseff

O ex-marido de Dilma Rousseff, o terrorista comunista Carlos Araújo, contando os atentados terroristas nos anos 60-70

O terrorista Carlos Eugênio Paz contando os assassinatos que cometeu durante o regime militar a serviço de Carlos Marighella

O senador tucano Aloysio Nunes, mais um pseudo-oposicionista revolucionário contando lorotas de suas glórias nunca realizadas

Como Silvio Santos é conservador: Entenda o que foi o golpe do baú de mais de R$ 4 bilhões de Silvio Santos no dinheiro do trabalhador brasileiro através do PT-Foro de São Paulo, para salvar o seu banco de agiotagem Panamericano

Toda a programação do SBT toca a música que a direção quer, então sabemos que não existe NENHUMA OPOSIÇÃO nessa emissora e cassino televisivo.

Entre os que lideraram os protestos de março e abril contra o governo, o movimento de Chequer foi um dos últimos a assumir a bandeira do impeachment, o que lhe valeu um pito público do vetusto Olavo de Carvalho, que o acusou de “paumolice tucana”. O Movimento Brasil Livre, conhecido principalmente através da figura de Kim Kataguiri, assumiu desde o início a bandeira do impeachment e rompeu publicamente com Chequer, divulgando fotos dele ao lado do senador José Serra (PSDB-SP) na campanha de Aécio Neves – tachado de “traidor” pela hesitação em pedir o impeachment da presidente eleita. Voltaram às boas depois que a comissão de senadores liderada por Aécio e Ronaldo Caiado (DEM-GO) fez sua controversa expedição a Caracas.

Caiado, aliás, estava no debate de abertura da edição do Fórum deste ano. Sem a graça irreverente de Glorita, o senador ruralista conservador arrancou aplausos da plateia com frases de efeito contra a corrupção do governo (veja aqui o vídeo com sua apresentação), menções ao “Foro de São Paulo”, pedido de “renúncia” à presidente Dilma e ataques ao BNDES. Curiosamente, as acusações de Caiado foram feitas sob os logotipos da Gerdau e Ipiranga – do grupo Ultra –, que estão entre os maiores tomadores de empréstimos do BNDES segundo os dados levantados pela Folha de S.Paulo. Ambos obtiveram individualmente mais de R$ 1 bilhão de recursos do banco apenas entre 2008 e 2010.

O empresário gaúcho Jorge Gerdau é um dos idealizadores do Fórum da Liberdade, que surgiu em 1988 com a intenção de promover o debate entre diversas correntes de pensamento. Em suas primeiras edições, o Fórum incluiu o ex-presidente Lula, o ex-ministro José Dirceu e o falecido ex-governador Leonel Brizola entre os debatedores, sem prejudicar sua identidade como principal fórum conservador do país.

A amizade de longa data do senador Ronaldo Caiado e FHC não deixa dúvidas sobre o tipo de oposição ele representa. Sobre o envolvimento da Gerdau e Ipiranga na mamata de desviar dinheiro do trabalhador brasileiro para a manutenção de seus cartéis industriais, é prova inequívoca da natureza fascista da econômia brasileira, a mesma que fez o BNDES dar fortunas para a quadrilha de George Soros na compra das estatais nos anos 90. Com certeza esse dinheiro ajudou e ajuda muito a Open Society colaborar com essas iniciativas de mídia esquerdista, certo dona Marina Amaral da apublica.org?

A IPIRANGA É DA ODEBRECHT ATRAVÉS DA BRASKEM, A MAIOR BENEFICIÁRIA NO ESQUEMA REVOLUCIONÁRIO DO PT-FORO DE SÃO PAULO!!!!

[Imagem: ODEBRECHT-BRASKEM-IPIRANGA.jpg]

Na primeira imagem, Lula e a família Odebrecht na fundação da Braskem, uma fusão da Petrobras com a Odebrecht, talvez a empresa de maior economia fascista de todos os tempos no Brasil. A segunda, a fusão da Braskem e Ultra com o grupo Ipiranga, ajudado pelo então presidente da Petrobras, Sérgio Gabrieli. Na última imagem, Dilma Rousseff e Graça Foster juntas com Marcelo Odebrecht em uma unidade da Braskem.

[Imagem: image.jpg]

Armínio Fraga é funcionário e homem de confiança de George Soros, assim como a turma da Agência Publica.

Foi ali que, em 2006, foi lançado oficialmente o principal think tank da direita no Brasil, o Instituto Millenium (????). Armínio Fraga (escolhido para ser ministro da Fazenda de Aécio Neves se ele vencesse as eleições) é sua figura mais conhecida no campo econômico. Seus mantenedores são a Gerdau, a editora Abril e a Pottencial Seguradora, uma das empresas de Salim Mattar, dono da locadora de veículos Localiza. A Suzano, o Bank of America Merrill Lynch e o grupo Évora (dos irmãos Ling) também são parceiros. William Ling participou da fundação do Instituto de Estudos Empresariais (IEE) em 1984, que, formado por jovens líderes empresariais, organiza o Fórum desde a primeira edição; seu irmão, Wiston Ling, é fundador do Instituto Liberdade do Rio Grande do Sul; o filho, Anthony Ling, é ligado ao grupo Estudantes pela Liberdade, que criou o MBL. O empresário do grupo Ultra, Hélio Beltrão, também está entre os fundadores do Millenium, embora tenha o próprio instituto, o Mises Brasil.

A rede de think tanks liberais e libertaristas no Brasil se completa com mais duas entidades: o Instituto Ordem Livre – que realiza seminários para a juventude – e o Centro Interdisciplinar de Ética e Economia Personalista, do Rio de Janeiro, ligado ao Opus Dei. O jurista Ives Gandra, autor do controverso parecer sobre a existência de base jurídica para o impeachment da presidente Dilma, faz parte de seu conselho.

Mas que maluquice, Marina Amaral. Você chama o Instituto Millenium de think tank conservador? Mas desde quando? Não existe UM ÚNICO INTELECTUAL DE DIREITA NO INSTITUTO MILLENIUM!!!

O doutor Ives Gandra é amigo pessoal do socialista José Gregori, o ex-secretário do Ministério da Justiça que deixou nas mãos do Viva Rio do comunista Rubem César Fernandes o controle do planejamento estratégico da segurança pública do Brasil! Tudo isso com a OPEN SOCIETY FOUNDATIONS POR TRÁS!!

A exemplo do Millenium, a grande maioria desses institutos foi criada recentemente. A semente original foi o Instituto Liberal, criado em 1983 pelo engenheiro civil carioca Donald Stewart Jr., falecido em 1999. De acordo com a tese de doutorado do historiador Pedro Henrique Pedreira Campos, da Universidade Federal Fluminense (UFF), “A ditadura dos empreiteiros (1964-1985)”, a Ecisa (Engenharia Comércio e Indústria S.A.), empresa de Stewart Jr., foi uma das maiores empreiteiras durante a ditadura militar e Stewart Jr. se associou à construtora norte-americana Leo A. Daly para construir escolas no Nordeste para a Sudene. A participação de companhias dos EUA nas obras era exigência dos financiamentos da Usaid – a agência de desenvolvimento americana que funcionava como braço da CIA durante as ditaduras latino-americanas.

Onde está o conservador do título, Marina Amaral? Comparar qualquer empreiteiro durante o período da ditadura militar com as mega empreiteiras de economia fascista do PT – Foro de São Paulo – PSDB é piada de mal gosto.

Donald Stewart Jr. também era um velho amigo de um personagem crucial nessa história, o argentino radicado nos Estados Unidos Alejandro Chafuen, 61 anos, ambos membros da seleta Mont Pelèrin Society, fundada pelo próprio Hayek em 1947 na Suíça e sediada nos Estados Unidos, que reúne os mais fiéis libertarians. El Muso, o fundador da universidade onde estudou Gloria Álvarez, foi o primeiro latino-americano a presidir a Mont Pelèrin, e seu atual reitor, Gabriel Calzada, participa da diretoria com a brasileira Margaret Tsé, CEO do Instituto da Liberdade, o suporte ideológico do IEE. O atual presidente da Mont Pelèrin Society é o espanhol Pedro Schwartz Girón, semeador de think tanks vinculados à FAES, a fundação do Partido Popular (PP) presidida por José María Aznar, que promoveu o Parlamento Iberoamericano da Juventude, de onde Gloria Álvarez foi catapultada para a fama. Pedro Schwartz, Alejandro Chafuen e o colombiano Plinio Apuleyo Mendoza, coautor do livro Manual do perfeito idiota latino-americano, um hit da juventude de direita, participaram do painel “América Latina”, no Fórum da Liberdade. Chafuen também participou discretamente dos protestos de 12 de abril em Porto Alegre. Não resistiu, porém, a postar em seu Facebook uma foto em que aparece vestido com a camisa da CBF abraçado ao jovem cientista político Fábio Ostermann, da coordenação do Movimento Brasil Livre – nome que assumiu nas ruas o grupo Estudantes pela Liberdade (EPL).

Então essa gente bacana toda são os consevadores?? Por essas bandas nenhum deles tem moral em porcaria nenhuma.

 O gaúcho Ostermann, que o Professor Olavo de Carvalho carinhosamente apelidou de Bostermann, o mineiro Juliano Torres e o gaúcho Anthony Ling são fundadores do EPL, a versão local do Students for Liberty, uma organização-chave na articulação entre os think tanks conservadores americanos – especialmente os que se definem como libertários – e a juventude “antipopulista” da América Latina. Mr. Chafuen, presidente da Atlas Network desde 1991, é o seu mentor.

 A tal EPL, do Bostermann, Juliano Torres e do sr. Ling, não defende o casamento gay e a liberação das drogas, igualzinha a Agência Pública da Open Society?

 A Atlas Network (nome fantasia da Atlas Economic Research Foundation desde 2013) é uma espécie de metathink tank, especializada em fomentar a criação de outras organizações libertaristas no mundo, com recursos obtidos com fundações parceiras nos Estados Unidos e/ou canalizados dos think tanks empresariais locais para a formação de jovens líderes, principalmente na América Latina e Europa oriental. De acordo com o formulário 990, que todas as organizações filantrópicas tem de entregar ao IRS (Receita nos EUA), a receita da Atlas em 2013 foi de US$ 11,459 milhões. Os recursos destinados para atividades fora dos Estados Unidos foram de US$ 6,1 milhões: dos quais US$ 2,8 milhões para a América Central e US$ 595 mil para a América do Sul.

 Com exceção do Instituto Fernando Henrique Cardoso, todas as organizações citadas até agora compõem a rede da Atlas Network no Brasil, incluindo o MCN de Gloria Álvarez, a Universidade Francisco Marroquín e o Estudantes pela Liberdade, uma organização que nasceu dentro da Atlas em 2012. Como veremos, além dos recursos citados há projetos bem mais vultosos financiados por outras fundações e executados pela Atlas.

 Essa rede de organizações libertárias seguem a risca o programa revolucionário globalista da Ford Foundation e Open Society, que suportam a Agência Publica.

O discreto charme de Mr. Chafuen

 Sentado na sala VIP do Fórum da Liberdade, Mr. Chafuen se levantou de um salto para cumprimentar Kim Kataguiri, que apareceu “de surpresa” no Fórum da Liberdade. A alegria indisfarçável desse senhor recatado, um libertarian ligado ao Opus Dei, foi a deixa para pedir a entrevista. Os trechos principais estão transcritos aqui.

 Meu Deus do Céu! A Igreja Católica está lascada mesma com esses católicos tipo Chafuen, Geraldo Alckmin, monsenhor Vicente Ancona Lopez – vigário do Opus Dei no Brasil-, todos defensores fervorosos da Reforma Política patrocinada pelo PT-Foro de São Paulo-PSDB.

Como o senhor se aproximou do Brasil?

Comecei a trabalhar com os amigos da Liberdade brasileiros em 1998, com Donald Stewart, e eu sempre me lembro da solidão que ele sentia na batalha pela liberdade. Chegar em Porto Alegre no mesmo dia da manifestação e ver todo esse povo, nem todos libertarians, mas pessoas de diversas camadas da sociedade brasileira, reivindicando coisas que são muito consistentes com a essência da sociedade livre, me fez lembrar esses pioneiros. Porque, sim, era tanta gente na rua, tantas almas, que fiquei agradavelmente surpreso me perguntando o que virá depois, como nós podemos usar esse entusiasmo de tantos jovens para produzir uma mudança mais duradoura no Brasil.

E que mudança seria essa?

Vindo de fora é difícil dizer, não é fácil dizer o que fazer, isso é específico de cada país. Veja a Espanha hoje, em que os partidos perderam terreno para os novos movimentos como Podemos, de esquerda, ou seu oposto na Catalunha, o Ciudadanos. Nos Estados Unidos, por exemplo, temos o Tea Party, um movimento espontâneo que, em vez de fundar um partido, preferiu se tornar uma tendência dentro de um partido, e agora todos, com exceção de um dos principais candidatos presidenciais republicanos, se identificam com o Tea Party e buscam apoio no movimento. Rand Paul, Marco Rubio, Ted Cruz, todos vêm do Tea Party e são quase oposição aos republicanos tradicionais. Então, essa não é uma resposta que um estrangeiro possa dar, ainda mais no Brasil, que é um mundo em si mesmo, com tantas culturas diferentes. Nós damos algumas ideias, mas cabe a eles, os que vi na rua, os jovens e os não tão jovens, captar mais gente da sociedade civil para criar essa institucionalização.

Mas que curioso? O sr. Chafuen, o chefão dos libertarians fala sobre terem perdido terreno para a esquerda. Onde fica o dicurso de sua pupila Gloria Álvarez:

“A primeira lição é utilizar nas redes sociais o hashtag criado por ela, “república x populismo”, para superar “a divisão obsoleta entre direita e esquerda”. “Um esquerdista intelectualmente honesto tem de reconhecer que a única saída é o emprego, e um direitista do século 21, que já se modernizou, tem de reconhecer que a sexualidade, a moral, as drogas são um problema de cada um; ele não é a autoridade moral do universo”, …”

Que maldita esquerda, sr. Chafuen e dona Marina Amaral? E a solução libertarian que o sr. Chafuen dá é criar mais instituições, para precisar de mais dinheiro para promover mais Fóruns da Liberdade, onde os mesmos de sempre vão se perpetuando e fabricando novos quadros dessa dissidência controlada da nomenklatura a serviço do globalismo metacapitalismo revolucionário, aos moldes da Open Society?? Fica a frase do famoso jurista “Precisamos fortalecer nossas instituições”, como se isso não fosse o principal problema!!

Comento com ele que nos eventos do Fórum se fala muito em falta de liberdade – sem base na realidade – e se compara o país com a Venezuela.

Sim, aqui a situação é bem diferente da Venezuela, mas vocês têm que se prevenir. Não é assim, de um dia para outro, que a perda da liberdade acontece. A Venezuela era um dos países mais prósperos e veja o que aconteceu. O populismo na América Latina enfraquece as instituições. Eles deixam os empresários se sentirem livres para investir por algum tempo, deixam a liberdade de expressão, até que mais cedo ou mais tarde viram o jogo. As primeiras nacionalizações e expropriações que o Chávez fez foram vários anos depois de ele tomar o poder. Sim, aqui vocês têm uma liberdade considerável. Mas tem uma coisa que perverte a liberdade, que é o não cumprimento da lei, o privilégio, a corrupção, o capitalismo só para os amigos. É uma falsa liberdade. É como pôr a raposa no galinheiro e dizer às galinhas: vocês estão livres agora. Daí começam os problemas [denúncias de propina], os empresários são obrigados a entrar no jogo, e eles que pagam o pato. É preciso dois para dançar um tango, como se diz na Argentina.

Mas que idéia mais titica essa! Quer dizer então que o que indica liberdade para os libertarians da estirpe do sr. Chafuen é justamente a possibilidade de fazer negócios? Siga o meu conselho para a Gloria e a dona Marina, vá para a China que lá você vai ter todas as possibilidades para explorar o capitalismo selvagem, e que por mais de 30 anos é o paraíso dos libertarians do universo.

E os mais de 60 mil homicídios anuais que ocorrem no Brasil, e o colocam como o campeão mundial de assassinatos de toda a Via Láctea? Vencendo as guerra civis na Síria, Iraque, Ucrânia, Líbia…

Para qualquer conservador de meia pataca e principalmente os cristãos, o que defini a liberdade é exatamente a segurança das pessoas poderem viver sem o medo do Estado terrorista revolucionário, implementado pela esquerda latino-americana a serviço da ditadura comunista castrista de Cuba. Tudo financiado pelo narcotráfico que o guru da Agência Publica, Viva Rio, Project Syndicate, Abraji et caterva querem legalizar.

E os meninos do Movimento Brasil Livre têm forças para promover uma mudança social?

Eu desenvolvi um modelo para explicar como as coisas acontecem, e ele tem quatro elementos: primeiro, ideias, já que os seres humanos pensamos antes de agir ou pelo menos deveríamos; segundo, motivação: economia é motivação; o terceiro é ação, porque ideias sem ação são apenas ideias; e o quarto é a Providência ou, dependendo do que você acredita, sorte. Então, você começa a trabalhar com ideias, alguns líderes emergem, as leis mudam e isso afeta a motivação da sociedade… A mudança típica não vem de um dia para outro. Essa pressão vai se acumulando e de repente alguma coisa acontece. E aqui vem um escândalo, outro escândalo, uma revista com coragem, uns jovens de São Paulo [Kim Kataguiri e Renan Haas, do MBL, anunciaram recentemente a decisão de sair da universidade para se dedicar ao movimento] que decidem: “Vou deixar a universidade e lutar contra isso”. E esse movimento está aí nas ruas. É uma combinação de fatores que temos visto em outras épocas na história. O senhor William Waack [jornalista da Rede Globo], que recebeu um prêmio aqui, disse para nós, em um almoço antes da abertura do Fórum, que o único momento que ele viveu que se comparava a isso foi quando cobriu a queda do Muro de Berlim. Exagerou um pouco, mas não se sabe ainda o que vai ser desse movimento.

Quer dizer que para o sr. Chafuen as pessoas só reagem pela motivação financeira. Claro, isso sem dúvida alguma é a posição tanto dele, quanto da Marina Amaral e a turma da Agência Publica, assim como de boa parte dos libertários-liberais brazucas e latino-americanos. Mein Fiofó Über Alles, já dizia a canção. O aspecto civilizacional vai pra privada, e tudo acontece se os bilionários encherem as burras da Atlas Foundation e seus amigos. Não tem religião, legado histórico, cultura, nada disso.

Todo o esforço educacional e cultural do jornalista e filósofo Olavo de Carvalho não foi nada. Quem fez foi a turma do sr. Chafuen, que até alguns meses atrás eram ilustres desconhecidos para a grande maioria do público. Que picaretagem, hein?

Depois da primeira manifestação, em março deste ano, a Atlas publicou uma matéria em seu site comemorando o papel decisivo dos Estudantes pela Liberdade, parceiro da Atlas, nos protestos brasileiros contra a presidente Dilma Rousseff e o PT. O senhor se sente responsável por esse movimento?Nosso papel [em relação aos Estudantes pela Liberdade] é o do poder da nutrição. Esses seres humanos, nós o chamamos de empreendedores intelectuais, pessoas com novas ideias, que enxergam soluções e decidem investir seu capital nisso. É como nos negócios. Então, damos a eles programas de treinamento, tentamos apoiá-los financeiramente, encorajá-los a ser muito sérios, não muito festeiros. Mas a Atlas não apoia partidos. Nós retiramos nosso apoio se houver intenção partidária. Não aceitamos nenhum recurso do governo, mas podemos oferecer algumas diretrizes, novas ideias sobre a sociedade livre, do liberalismo clássico ao libertarismo, de religiosos a ateus, mas cabe a cada pessoa escolher. Muitos na nossa organização achamos muito negativo ter uma aproximação de cima para baixo. Nós tentamos encorajá-los, facilitar os encontros entre eles. Agora, por exemplo, em todos os lugares do mundo, eles devem estar se perguntando: “Podemos copiar os brasileiros?”. Então comemoramos, mas temos que ser muito cuidadosos para não ficar com os créditos do resultado, do que acontece localmente.

Mais autopromoção já visando mais doações para a grande obra caridosa de juntar milhões para a sua sacrossanta fundação liberalóide. O Soros fez escola mesmo!

Na Venezuela, o Cedice Libertad, que é uma organização parceira da Atlas, e o Cato Institute, que financia programas da Atlas para estudantes, foram acusados pelo governo Chávez de fomentar a oposição entre os estudantes, associadas a empresários locais.Eu sou vice-presidente do Cedice, e a verdade é que não. Em algumas vezes, alguns membros do Cedice podem ter tido alguma participação política. Mas uma coisa é a vida política, a pólis, outra coisa é trabalhar somente com um partido político. Hoje em dia, nós temos trabalhado e recebido no Cedice Leopoldo López [que está preso] com seu partido da Internacional Socialista, [ex-deputada] María Corina Machado, Antonio Ledezma [prefeito de Caracas detido em março por tentativa de golpe de Estado, segundo o governo]. A resposta é: não podemos abandonar a luta pela liberdade, e algumas pessoas vão para a política. Mas a Atlas não se mete em política interna. “The battle is not between left and right but between right and wrong.” E agora a senhora me dê licença porque tenho que me preparar para a minha palestra [e se levanta].

Uma última pergunta, por favor, só para não fomentar boatos. A ligação das fundações Koch com o Students for Liberty através de financiamento direto e através de outras fundações associadas aos irmãos Koch tem despertado suspeita, já que os Koch são donos de indústrias petroleiras que poderiam ter interesses aqui.A Atlas recebe 0,5% de financiamento dos Koch, a Students for Liberty, não sei. Até logo.

Mas cadê a porcaria do dinheiro desses tais irmãos Koch na inexistente direita brasileira?? O povão que é conservador segundo as próprias pesquisas do DataFolha nunca recebeu um centavo desses cidadãos. O que sabemos é que uma das maiores organizações metacapitalista, a Ford Foundation, contribui religiosamente para manter a agência de propaganda esquerdista Publica da dona Marina Amaral.

[Imagem: image.jpg]

Os financiadores do “jornalismo investigativo” da agência de publicidade esquerdista e globalista Publica

https://archive.is/lV0eq

Students For Liberty e o Movimento Brasil Livre

Juliano Torres, o diretor executivo do Estudantes pela Liberdade (EPL), foi mais claro sobre a ligação entre o EPL e o Movimento Brasil Livre (MBL), uma marca criada pelo EPL para participar das manifestações de rua sem comprometer as organizações americanas que são impedidas de doar recursos para ativistas políticos pela legislação da receita americana (IRS). “Quando teve os protestos em 2013 pelo Passe Livre, vários membros do Estudantes pela Liberdade queriam participar, só que, como a gente recebe recursos de organizações como a Atlas e a Students for Liberty, por uma questão de imposto de renda lá, eles não podem desenvolver atividades políticas. Então a gente falou: ‘Os membros do EPL podem participar como pessoas físicas, mas não como organização para evitar problemas. Aí a gente resolveu criar uma marca, não era uma organização, era só uma marca para a gente se vender nas manifestações como Movimento Brasil Livre. Então juntou eu, Fábio [Ostermann], juntou o Felipe França, que é de Recife e São Paulo, mais umas quatro, cinco pessoas, criamos o logo, a campanha de Facebook. E aí acabaram as manifestações, acabou o projeto. E a gente estava procurando alguém para assumir, já tinha mais de 10 mil likes na página, panfletos. E aí a gente encontrou o Kim [Kataguiri] e o Renan [Haas], que afinal deram uma guinada incrível no movimento com as passeatas contra a Dilma e coisas do tipo. Inclusive, o Kim é membro da EPL, então ele foi treinado pela EPL também. E boa parte dos organizadores locais são membros do EPL. Eles atuam como integrantes do Movimento Brasil Livre, mas foram treinados pela gente, em cursos de liderança. O Kim, inclusive, vai participar agora de um torneio de pôquer filantrópico que o Students For Liberty organiza em Nova York para arrecadar recursos. Ele vai ser um palestrante. E também na conferência internacional em fevereiro, ele vai ser palestrante”, disse em entrevista por telefone na sexta-feira passada.

Mas que raios de representação de direita conservadora é qualquer um desses caras citados logo a cima? São todos ilustres desconhecidos para 95% do público do Mídia Sem Máscara e da Rádio Vox. Que diabos de representantes da inexistente direita esses sujeitos são?? Só no mundo da Imagination da dona Marina Amaral existe uma conexão inegável, e a mulher ainda tem a cara de pau de chamar essa ***** de jornalismo investigativo!! Está mais para alucinação e apelo de união grupal contra um gigantesco espantalhado regado com muita maconha, LSD e cocaína da Open Society.

Remunerado por seu cargo na EPL, Juliano conta que tem duas reuniões online por semana com a sede americana e que ele e outros brasileiros participam anualmente de uma conferência internacional, com as despesas pagas, e de um encontro de lideranças em Washington. O budget do Estudantes pela Liberdade no Brasil deve alcançar R$ 300 mil este ano. “No primeiro ano, a gente teve mais ou menos R$ 8 mil, o segundo foi para R$ 20 e poucos mil, de 2014 para 2015 cresceu bastante. A gente recebe de outras organizações externas também, como a Atlas. A Atlas, junto com a Students for Liberty, são nossos principais doadores. No Brasil, as principais organizações doadoras são a Friederich Naumann, que é uma organização alemã, que não são autorizados a doar dinheiro, mas pagam despesas para a gente. Então houve um encontro no Sul e no Sudeste, em Porto Alegre e Belo Horizonte. Eles alugaram o hotel, a hospedagem, pagaram a sala do evento, o almoço e o jantar. E tem alguns doadores individuais que fazem doação para a gente.”

E a ***** da Agência Publica? E a Abraji? E o ICIJ? E o Project Syndicate? Quanto de grana rola ai dentro? Como o maior estelionatário picareta das galáxias como o senhor George Soros faz as auditorias de todas essas patifarias pilantrópicas?

A fundação da EPL no Brasil veio depois de Juliano ter participado de um seminário de verão para trinta estudantes patrocinado pela Atlas em Petrópolis, em 2012. “Ali mesmo a gente fez um rascunho, um planejamento e daí, depois, a gente entrou em contato com a Students for Liberty para oficialmente fazer parte da rede”, diz.

Depois disso, ele passou por quase todo tipo de treinamento na Atlas. “Tem um que eles chamam de MBA, tem um treinamento em Nova York também, treinamentos online. A gente recomenda para todas as pessoas que trabalham em posições de mais responsabilidade que passem pelos treinamentos da Atlas também.”

Os resultados obtidos pelos brasileiros têm impressionado a sede nos Estados Unidos. “Em 2004, 2005 tinha uma dez pessoas no Brasil que se identificavam com o movimento libertário. Hoje, dentro da rede global do Students for Liberty, os resultados que a gente tem são muito bons. Uma das maneiras de medir o desempenho das regiões é o número de coordenadores locais. Em todas as regiões, contando a América do Norte, a África, a Europa, a gente tem mais coordenadores que qualquer região separadamente. Nos Estados Unidos, a organização existe há oito anos; na Europa, há quatro; aqui, há três anos. Então, a gente está tendo mais resultado em muito pouco tempo que acaba traduzindo em maior influência na organização.”

Há dois brasileiros no International Board do Students for Liberty (entre dez membros), e o relatório deste ano dedica uma página especialmente às manifestações do MBL no Brasil. A brasileira Elisa Martins, formada em Economia na Universidade de Santa Maria (RS), é a responsável pelos programas internacionais de bolsas de estudo e treinamento de lideranças jovens na Atlas Network.

Os programas são realizados em parceria com outras fundações, principalmente o Cato Institute, a Charles G. Koch Charitable Foundation e o Institute of Human Studies – fundações ligadas à família Koch, uma das mais ricas do mundo. Juntas, as 11 fundações dos Koch despejaram 800 milhões de dólares nas duas últimas décadas na rede americana de fundações conservadoras. Outra parceira importante é a John Templeton Foundation, de outro bilionário americano. Essas fundações têm orçamentos bem maiores do que a Atlas e desenvolvem programas de fellowships em que entram com recursos e a Atlas, com a execução. Um exemplo desses projetos é o financiamento da expansão da Rede Students for Liberty com recursos da John Templeton, fechado em 2014 com mais de US$ 1 milhão de orçamento.

Marina Amaral, tudo isso rola 100 vezes mais do lado da turma da Open Society e Ford Foundation.


Encontrar todas as respostas deste usuário Citar esta mensagem em uma resposta 

[-] O(s) seguinte(s) 18 usuários diz(em) obrigado a Álvaro pelo seu post:

admin (14-12-2015), AlexSleipnir (15-12-2015), Alkin (23-08-2015), apeofgod (20-08-2015), dougglasrb (21-08-2015), Fire Fox (20-08-2015), GU4RD1ÃO (12-09-2015), leandroecomp (25-12-2015), lizardman (23-08-2015), MARCELO DF (17-01-2016), Minerim (20-08-2015), moonwatcher (21-08-2015), naste.de.lumina (20-08-2015), nunes3373 (15-05-2016), spyroots (20-08-2015), Webdriver Torso (21-08-2015), YLM (20-08-2015), yoda (20-08-2015)

20-08-2015, 02:07 PM (Resposta editada pela última vez em: 16-12-2015 08:19 AM por tarcardoso.)

Resposta: #2

tarcardoso Offline 

Posting Freak

*****

Respostas: 975

Agradecimentos feitos: 3443

Agradecimentos recebidos: 1958 em 753 posts

Registrado em: Jul 2011

Reputação: 15

RE: A Farsa por trás dos movimentos de esquerda e da "nova direita" financia...

Nossa...que emaranhado de informação.

Não consigo perceber qual o rumo que este post esta apontando.

A não ser é claro, Olavo de Carvalho que chama os megas donos de capitais de socialistas. Uma aberração tamanha equivalente a chegar no paraíso e ver o diabo tomando conta.

"Por mais que um rabanete queira ser morango ele nunca vai deixar de ser rabanete". Hitler

Parafraseando:

Por mais que Olavo chame os anglos-americanos-sionistas de socialistas, eles nunca vão ser socialistas.

Por que Olavo não cria a hombridade de cunhar um termo especifico para designar o que ele chama de socialismo e pare de desvirtuar ideologia formulada por outras pessoas.

É por isso que muitos consideram Olavo de Carvalho um canalha.

Encontrar todas as respostas deste usuárioCitar esta mensagem em uma resposta

[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a tarcardoso pelo seu post:

Gapre (20-08-2015), Gittarakuru (20-08-2015), John Dickinson (21-08-2015), probra (15-12-2015)

20-08-2015, 02:19 PM

Resposta: #3

Álvaro Offline 

Senior Member

****

Respostas: 746

Agradecimentos feitos: 478

Agradecimentos recebidos: 2013 em 599 posts

Registrado em: Oct 2014

Reputação: 10

RE: A Farsa por trás dos movimentos de esquerda e da "nova direita" financia...

@tarcardoso, é muita informação mesmo. desculpa eu não ter um conhecimento maior sobre a formatação de tópicos, senão ele ia ficar mais aprazível para se ler.

Eu também concordo com você de que Olavo seja um desinformador, mas peço que atente a todo o contexto da situação para tirar uma conclusão.

Eu esqueci de colocar a última parte do texto, e aqui vai ela.

CONTINUANDO!!!

Por isso, embora apareça em terceiro lugar entre as financiadoras do Students for Liberty, a Atlas levanta um volume bem maior de recursos para a organização através de suas parceiras. Todos os maiores doadores do Students for Liberty também são doadores da Atlas. Nem sempre é possível saber a origem do dinheiro, apesar da obrigação legal de publicar os formulários 990 – entregues ao IRS (Receita). As fundações conservadoras americanas escoam dinheiro por uma grande multiplicidade de canais, o que torna impossível, ao final, saber qual a origem inicial do dinheiro que chega a cada um dos receptores.

Além disso, preocupadas com a vigilância que exercem sobre elas projetos como o Transparency Conservative e órgãos de imprensa, que já revelaram uma série de escândalos envolvendo o uso desses recursos para lobbies no Congresso e nos governos estaduais, bem como para causas controversas como a negação do aquecimento global, em 1999 as fundações criaram dois fundos de investimento filantrópico – Donors Trust e Donors Capital Management – que dispensam os doadores de ter o nome exposto em formulários 990. O Donors Trust é o maior doador do Donors Capital Management (e vice-versa). Como se vê no quadro, o primeiro está entre os maiores doadores da Atlas, e o segundo é o maior doador do Students for Liberty. As fundações Koch são as maiores suspeitas de despejar dinheiro nesses fundos.

O relatório 2014-2015 da Students for Liberty mostra uma arrecadação de fundos impressionante: US$ 3,1 milhões comparados a apenas US$ 35,768 mil dólares obtidos em 2008, quando a organização foi fundada. Desses, US$ 1,7 milhão veio de fundações, segundo o relatório que não detalha o volume doado por cada instituição. O Charles Koch Institute consta no relatório da Students for Liberty, mas, segundo o formulário, doa bolsas apenas para estudantes americanos, enquanto a Charles Koch Foundation, que doa bolsas para estudantes em uma série de fundações, não é citada no relatório. O Institute of Human Studies (IHS) – outra fundação da família Koch – é um dos principais responsáveis pelos programas de Fellowship para estudantes. Só em 2012 foram distribuídos 900 mil dólares em doações de acordo com o formulário entregue ao IRS.

A Atlas é uma das principais parceiras do IHS. O currículo de Fábio Ostermann, por exemplo, coordenador do MBL, diz que ele foi Koch Summer Fellow na Atlas Economic Research Foundation. Ostermann é assessor do deputado Marcel van Hattem (PP-RS), apontado por Kim Kataguiri como o único político a abraçar totalmente as convicções do MBL. O jovem deputado, que foi eleito com doações da Gerdau e do grupo Évora – do pai de Anthony Ling, fundador do EPL –, também participou de cursos na Acton Institute University, a mais religiosa das fundações libertaristas que compõem a rede de fellowship da Atlas e da Koch Foundation. Entre os seus princípios consta o “pecado”, por exemplo, relacionado de maneira singular com a necessidade de reduzir o Estado.

Pronto. Aturamos a leitura desse baboseira propagandista globalista esquerdista. NENHUM DESSES SUJEITOS indicados pela dona Marina Amaral representa os interesses de qualquer esboço de direita no Brasil, muito menos o movimento cultural existente a partir do trabalho do filósofo Olavo de Carvalho e do Mídia Sem Máscara, atacados indiretamente nessa porcaria.

Agora vamos falar sobre a PUBLICA.

[Imagem: casaculturadigital.jpg]

Segundo o website da Agência Publica essa é a humilde sede da ong globalista esquerdista na capital paulista

[Imagem: endereco-publica.jpg]

Endereço apresentado no website da Publica

Quem está por trás do domínio http://www.casadaculturadigital.com.br?

O responsável pelo domínio que aparece é o sr. André Deak. Vejam a apresentação de mais um associado a Open Society Foundation.

[Imagem: deak.jpg]

Segundo o website REGISTRO.BR, André Deak Alonso é o proprietário do domínio casadaculturadigital.com.br

Quem é o André Deak Alonso?

[Imagem: andredeak.jpg]

André Deak é diretor da Liquid Media Laab, jornalista, e trabalha há mais de 10 anos com jornalismo online. Realizou reportagens de quase todos os países da América do Sul e da Europa Ocidental. Co-organizador do livro “Vozes da Democracia” (Intervozes, 2007). Foi editor-executivo multimídia durante o processo de reformulação da Agência Brasil, até 2007. No ano seguinte, gerente de comunicação da CPFL Cultura. Freelancer para as revistas Rolling Stone, Carta Capital, Caros Amigos, Educação, Revista Fórum e outras. Prêmio Vladimir Herzog 2008, categoria internet. Mestrando da ECA-USP na área interfaces sociais da comunicação.

Outras informações mais atualizadas do sr. André Deak

André Deak é diretor do Liquid Media Laab, produtor multimídia, professor na ESPM e na FAAP. Trabalha há mais de 15 anos com projetos para jornalismo e comunicação digital. Entre os projetos mais recentes, mapeamentos culturais colaborativos como a iniciativa Arte Fora do Museu, Mapas Afetivos, Architech , SP Cultura, e outros.

Desenvolveu plataformas para transmissão online de eventos ao vivo quando coordenou a estratégia e a execução das soluções web da cpfl cultura (até 2012). Realizou mais de 250 eventos live stream. Criou a plataforma Vídeo Livre, conectada à Open Video Alliance.

Nos tempos de jornalista, foi repórter freelancer para as revistas Rolling Stone, Carta Capital, Caros Amigos e outras, quando produziu reportagens de quase todos os países da América do Sul e Europa ocidental. Co-organizador do livro Vozes da Democracia (2006), da ONG Intervozes.

Viveu uns anos em Brasília, onde foi editor multimídia durante o processo de deschapabranquização da Agência Brasil, até 2007. Prêmio Vladimir Herzog 2008, categoria internet. Indicado em 2012 ao Best Blog Awards, da Deustchewelle. Ministra cursos e palestras sobre jornalismo online e interfaces interativas (USP, UERJ, UFSC, PUC-SP, Unimep, Cásper Líbero Comunique-se, Diários Associados, Abraji, Editora Abril, entre outros). Mestre pela ECA-USP na área teoria da comunicação, com o estudo “Novos jornalistas do Brasil: processos emergentes do jornalismo na internet”. Pesquisador associado do Media Lab ESPM, e representante no Brasil do Media Lab argentino Estado Lateral.

Curador do Google Street Art Projet 2013, e curador do Festival Cultura Inglesa Cultura de Rua. Convidado pelo X Media Lab para keynote e consultoria na Suíça sobre projetos Transmídia. Vencedor do Web’s Got Talent 2013 com o projeto Arte Fora do Museu.

Em 2015 foi convidado para o Production Sprint em Bogotá, Colômbia.

Agora leiam os feitos do rapaz no website do CNPQdoB

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual...K4718847J1

Clientes do André Deak

[Imagem: image.jpg]

A lista de clientes da empresa de André Deak é importante. Nela é possível encontrar a Editora Abril, Banco do Brasil, Funarte, Ministério da Cultura, Petrobras, Governo Federal, Google, Catraca Livre, Unicamp, Prefeitura de São Paulo, Fundação Bill & Melinda Gates Foundation, ONU, Le Monde Diplomatique e Samsung.

[Imagem: photo.jpg]

A Ong Repórter Brasil é mais uma cliente da empresa de André Deak

[Imagem: image.jpg]

Repórter Brasil, do jornalista e professor da PUC-SP Leonardo Sakamoto, participante do conselho consultivo da Agência Publica da Marina Amaral.

A grande mídia envolvida no golpe contra a população brasileira

Via: http://radiovox.org/2015/06/24/quem-esta...rasileira/

Leia mais: http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-a-farsa-por-tr%C3%A1s-dos-movimentos-de-esquerda-e-da-nova-direita-financiados-por-soros#ixzz4OQEXCm00

A operação o gigante acordou explica também toda essa conspiração.

O movimento vemprarua, por exemplo.

http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-opera%C3%A7%C3%A3o-o-gigante-acordou-confirmado

http://forum.antinovaordemmundial.com/To...confirmado

Quem é George Soros? O que ele faz? Para quem trabalha?

Leia mais: http://forum.antinovaordemmundial.com/To...z3jNKR6yQU

Quem é George Soros? O que ele faz? Para quem trabalha?

[Imagem: GEORGE-SOROS--US1-bilhao-em-um-dia-Colun...V-2011.jpg]

George Soros é um dos marionetes usados pelos GLOBALISTAS para implantar a nova ordem mundial socialista fabiana. ESSE DOCUMENTÁRIO DO LINK ABAIXO ESTÁ EM INGLÊS, INFELIZMENTE, NÃO ACHEI LEGENDADO NEM MESMO EM ESPANHOL.

George Soros, Puppet Master

George Soros é o testa de ferro, um velho cercado por intelectuais de esquerda que lhes dizem o que fazer, e o calhorda faz, e cumpre a agenda globalista ocidental, que pretende FUNDIR "capitalismo" com "socialismo" conforme a doutrina da sociedade socialista fabiana, da qual ele pertence. (Informe-se com os tópicos abaixo)

Socialismo FABIANO e Nova Ordem Mundial, clique aqui

A Elite Globalista e seus interesses dinásticos, clique aqui

Essa elite globalistas tem várias organizações participantes.

São formados pelos tais famigerados "ILLUMINATI", pelo Clube Bilderberg, pelas Ordens Esotéricas Caveira e Ossos, Maçonaria, Thelemitas, alguns Rosacruzes, boa parte (senão a maioria) da ordem dos Jesuítas, a Comissão Trilateral, o Clube de Roma, o Council Foreign Relations (CFR), o Interamerican Dialogue, e todas as ONGs e Fundações patrocinadas por essa gente, que possui empresas e mais empresas, e muita especulação financeira no mundo.

SÃO VÁRIAS FRENTES ATUANDO SIMULTANEAMENTE DE MANEIRA COORDENADA, visando a cumprir a agenda socialista desses bilionários magnatas, que querem instituir uma linhagem dinástica, e pra isso, precisam ELIMINAR O CAPITALISMO, acabar com o livre mercado, destroçar a livre concorrência, fundindo empresas, comprando outras, e engolindo tudo, centralizando todas as coisas nas mãos dessa sociedade fechada, restrita, acabando com a sociedade aberta. Um projeto de longuíssimo prazo.

Seguem seus passos lentos, porém firmes.

Mas nessa última década eles tem ACELERADO esse projeto.

Eles querem o controle de tudo, e tudo centralizado nas mãos deles e de seus parceiros políticos e econômicos. É uma versão de socialismo monárquico ou socialismo aristocrata, digamos assim. Um socialismo metacapitalista.

Eles querem a eliminação das fronteiras e a unificação cultural, religiosa, a redução populacional, uma moeda única, a redução das barreiras linguísticas, diminuindo o número de idiomas. E pra isso, eles precisam de uma guerra mundial pra reduzir a população do planeta.

O lado russo chinês não quer se juntar a esse projeto. Eles querem uma Nova Ordem Mundial aos moldes deles. Os globalistas ocidentais metacapitalistas do socialismo fabiano querem incluir Rússia e China na Nova Ordem Mundial que planejaram desde muito tempo. E ficam nesse impasse, nessa tensão permanente.

A guerra fria NUNCA ACABOU, isso foi uma jogada midiática pra enganar o mundo, assista a este vídeo aqui.

George Soros tem feito a ponte entre esses dois esquemas globalistas, pra aproximar oriente e ocidente.Aprenda quem é George Soros, vendo esses vídeos abaixo. Não deixe de ver o link do artigo sobre o que disse Plínio de Arruda Sampaio sobre o George Soros, logo abaixo dessa sequência de vídeos.

http://www.youtube.com/watch?v=r2ZKos6CpT4 

Plínio de Arruda Sampaio disse uma coisa certa, clique aqui

OS BILDERBERG EXISTEM SIM! Clique aqui

Bilderberg Group, clique aqui

Socialismo FABIANO e Nova Ordem Mundial, clique aqui

Sistema Econômico Híbrido sob Ditadura Socialista, clique aqui

Prova da Parceria de Lula com os ''Illuminati'', clique aqui

Porque o Lula e o PT são TÃO badalados?Clique aqui

Daniel Estulin: El Club Bilderberg (1-2)

Daniel Estulin: El Club Bilderberg (2-2)

CLUB BILDERBERG, intervista a Daniel Estulin

Daniel Estulin, especialista en el club Bilderberg. 14-6-2013

Daniel Estulin entrevistado por Walter Martínez sobre el Club Bilderberg

El Club Bildeberg y el Comité de los 300. 2012

Julio Anguita, habla del CLUB BILDERBERG

Club Bilderberg: La Tiranía Global de la Economía y la Política (Empresa Financiera Global)

ATÉ O PRESUNTÃO DO CHÁVEZ, CERTA VEZ, QUANDO VIVO (ÓBVIO) FOI CONVIDADO A PARTICIPAR DO CLUBE BILDERBERG, MAS REJEITOU.

Chavez dijo NO al Club ""Bilderberg""de corrupción mundial

PENSA QUE ACABOU? VEJA MAIS:

El Club Bilderberg 2013

Club Bilderberg en español

Salfate: Reunión Club Bilderberg 2013( junio 6 2013)

Club Bilderberg 2013 "Las Caras"

Club Bilderberg y el Nuevo Orden Mundial 2012 Y 2013

Bilderberg 2013: Lista oficial completa de participantes

Club Bilderberg: 10 documentos originales expuestos

Experto: El Club Bilderberg tiene muchos intereses en la guerra en Siria

Fonte: AVQAMNM - Quem é George Soros? O que ele faz? Para quem trabalha?

Leia mais: http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-quem-%C3%A9-george-soros-o-que-ele-faz-para-quem-trabalha#ixzz4OQVfwbSX

Leia mais: http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-a-farsa-por-tr%C3%A1s-dos-movimentos-de-esquerda-e-da-nova-direita-financiados-por-soros#ixzz4OQV5jEYH

 Postagem editada a partir de http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-a-farsa-por-tr%C3%A1s-dos-movimentos-de-esquerda-e-da-nova-direita-financiados-por-soros

O Bilionário esquerdista George Soros e seu plano de caos mundial

Julio Severo    

Os grandes meios de comunicação dos EUA (as mídia-empresas cartelizadas sob controle dos Bilderbergs) estão, numa aparente “contraditória mobilização”, sintonizadamente ignorando o vazamento de milhares de emails da Fundação Sociedade Aberta (FSA) feito pelo grupo de ativistas hackers DCLeaks. A FSA, que foi fundada pelo bilionário esquerdista George Soros, que canalizou bilhões de dólares nas duas décadas passadas para organizações esquerdistas nos EUA e no mundo inteiro. (Isso não explicaria termos Fidel, FHC e Lula criando o Foro de São Paulo? Assim como a  sobrevivência dessa instituição, após o impeachment e a varrida dos partidos formados por sociopatas financiados por ele no país e na região? Como se explicaria a sobrevida dessa instituição subversiva, após a flagorosa rejeição do marxismo que pretendiam implantar no Brasil (e A.L. com a “Patria Grande”), se não recebesse o suporte ideológico e financeiro de um mega-sociopata como um George Soros, um Rockefeller, e outros tantos?)

De acordo com os documentos, Soros deu mais de 30 milhões de dólares para organizações que estão trabalhando para a eleição de Hillary Clinton em novembro, tornando-o o maior financiador dela. Então provavelmente o que está acontecendo é que o apoio da mídia a Hillary está desempenhando algum papel na tentativa dos grandes meios de comunicação encobrirem o escândalo.

É claro que outra razão para o acobertamento é que a mídia em grande parte pró-aborto e pró-sodomia gosta muito da candidata mais pró-aborto e pró-sodomia nesta eleição americana, como eles têm gostado muito de Barack Hussein Obama, o atual presidente igualmente pró-aborto e pró-sodomia.

DCLeaks expõe a natureza megalomaníaca do projeto “filantrópico-socialista” de Soros. As campanhas dele afetam todos os cantos do planeta — desde a Ucrânia até o Brasil. Todas as áreas políticas são tocadas — desde a agenda gay até políticas anti-Israel.

   No esforço dos globalistas de empulhar-nos a pauta gay, personagens transgêneros estão sendo colocados na TV para doutrinar o público. Saiba mais aqui: http://www.anovaordemmundial.com/2017/09/agenda-gay-estudo-personagens-transgeneros-estao-sendo-colocados-na-tv-para-doutrinar-o-publico.html#ixzz4rjQzGdzy

Na superfície, o vasto número de organizações e pessoas que ele apoia não parece ter relação. Afinal, o que a mudança climática tem a ver com a imigração islâmica a Europa e EUA? O que a Ucrânia tem a ver com os interesses nacionais dos EUA?

Os documentos do DCLeaks mostram como os projetos sustentados por Soros fomentam as ambições globalistas dele no nome da democracia, direitos humanos, justiça econômica, racial e sexual e outros termos pomposos. Em outras palavras, os projetos e organizações de Soros trabalham para subverter as nações, desde os EUA e Europa até Israel e Rússia. Seu exemplo mais resplandecente de subversão é a Ucrânia.

“Soros já forneceu mais de 100 milhões de dólares para sustentar grupos ucranianos,” de acordo com o WorldNetDaily, que também disse que “George Soros investiu pesadamente na crise da Ucrânia.” A revolução ucraniana foi mais que uma revolução do povo. Foi a revolução de Soros, e seu troféu especial. Foi sua coroa revolucionária.

Pelo fato de que a Rússia foi sua principal oposição na Ucrânia, Soros tem mirado principalmente em Putin. Em seu artigo intitulado “Putin é uma ameaça maior à existência da Europa do que o ISIS,” Soros disse: “Os líderes dos EUA e da União Europeia estão cometendo um erro grave ao pensarem que a Rússia do presidente Vladimir Putin é um aliado potencial na luta contra o Estado Islâmico. A evidência os contradiz. O objetivo de Putin é fomentar a desintegração da União Europeia.”

Mas, de acordo com o DCLeaks, quem está trabalhando para desintegrar a Europa, os EUA, Israel e até a Rússia não é a Rússia, que se tornou meramente o bode-expiatório favorito dele. É o próprio Soros. Soros, aprendeu o método de desestabilização social com os financiamentos das dissidências locais promovidas pelos países ocidentais que visavam a eclosão da “Primavera Árabe”. Está agora empenhado em financiar todo tipo de “Primavera” mundo afora, em seu programa de desestabilização ocidental, tal como Israel em conjunto com os EUA vem promovendo no Oriente Médio, visando a balcanização (fragmentização política) de toda a região! Essa estratégia visa impedir que qualquer nação local tenha condições de se opor à sua dominação (escravização!). Em outras palavras, Soros está empenhado em convulcionar as nações ocidentais sob todos os aspectos e oportunidades que possam ser exploradas, para conflagração de “Primaveras Européia”, “Primavera Americana”, “Primavera Tupiniquim” e “Primavera Africana”, tal como a fragmentação política regional visada por Israel para encampar sob seu domínio todo o Oriente Médio, só que, para implantação da Nova Ordem Mundial! Essa ambição só será atingida se conseguir fragmentar a unidade nacional de todos os principais países (economias) visadas, que são onde ele mais tem investido na desestabilização!

As ações de Soros têm sido fortes em favor da imigração muçulmana. Desde os EUA até a Europa e Israel, Soros está por trás de uma investida mundial para usar a imigração para minar a Europa, EUA e Israel. Os e-mails vazados mostram que suas organizações esquerdistas têm interferido nas eleições europeias para eleger políticos que apoiam políticas de fronteiras abertas para imigrantes muçulmanos do mundo árabe e apoiar financeiramente jornalistas que fazem reportagens favoráveis a esses imigrantes e sua religião islâmica.

As organizações de Soros estão ajudando imigrantes ilegais a entrar nos EUA e Europa. Elas têm buscado influenciar as decisões do Supremo Tribunal dos EUA nas questões de imigração ilegal vinda do México. Elas têm trabalhado com muçulmanos e outros grupos para demonizar os americanos e europeus que se opõem a fronteiras abertas.

Elas têm também trabalhado para demonizar Israel e a Rússia.

Paralelo a esses esforços está a investida das organizações sustentadas por Soros não só em favor do “casamento” gay, mas também em favor de banheiros públicos unissex.

Elas apoiam não só um alegado direito de as mulheres servirem em unidades de combate, mas também esforços para forçar os soldados a viver em barracas unissex. Em outras palavras, elas apoiam esforços para destruir a privacidade e identidade das pessoas. (A agenda de destruição da sociedade que adotou faz uso intensivo de sórdidas estratégias sociais fomentadoras de conflitos psicológicos no inter relacionamento cotidiano!)

No que se refere a Israel, as organizações apoiadas por Soros trabalham para deslegitimar todo aspecto da sociedade israelense como racista e ilegítima. Soros usa os palestinos para afirmar que Israel é um Estado racista e financia grupos esquerdistas moderados, grupos esquerdistas radicais, grupos árabes israelenses e grupos palestinos. Soros, sob todos os aspectos, vem atuando como a própria encarnação do Demônio, no financiamento da discórdia e do conflito, como método para implantação do caos, que irá proporcionar a conquista de todos os espólios visados em sua sanha psicopata-megalômana de poder absoluto!

Ainda que Soros seja um americano de ascendência judaica, seus planos e ações são claramente contra Israel. Ele é um judeu antissionista. (INTERESSANTE mas contraditória informação, pois em última análise Soros está contribuindo sobremedida com as aspirações seculares do projeto sionista de implantação de uma Nova Ordem Mundial sob seu comando. Soros está implementando fielmente as etapas finais estabelecidas pelo Grão Mestre da Ordem Maçônica Escoceza do Oriente, General Albert Pike, que na década de 1870 definiu um plano de três Guerras Mundiais para a implantação da Nova Ordem Mundial, idealizada e financiada pelo Sionismo da Dinastia Rothschilds nos idos da Revolução Francesa!)

De muitas maneiras, a campanha de Donald Trump é uma resposta direta não a Hillary Clinton, mas ao próprio Soros. Soros apoia a imigração islâmica? Trump se opõe a isso. Soros apoia a revolução ucraniana? Trump apoia a Rússia. Soros apoia a causa palestina contra Israel? Trump apoia Israel. Soros odeia Putin? Trump quer amizade com Putin. Soros vê a Rússia, não o ISIS, como a maior ameaça? Trump vê o ISIS, não a Rússia, como a maior ameaça.

O apoio de Trump a Rússia tem levado alguns indivíduos proeminentes, inclusive um ex-diretor da CIA, a dizer que Trump é um “agente russo.” Em contraste, ninguém nunca acusa Hillary de ser uma agente de Soros ou uma agente islâmica.

Ao apoiar uma proibição à imigração muçulmana, ao apoiar Israel e Rússia e ao apoiar a saída da Inglaterra da União Europeia, Trump age para frustrar diretamente as campanhas multibilionárias de Soros. É uma guerra entre o bilionário Trump e o bilionário Soros.

DCLeaks expôs a imensidão da campanha da Esquerda financiada por Soros na Europa, EUA e Israel, inclusive planos de Soros para “atacar a política externa russa e subverter os valores russos tradicionais.” Os movimentos de “democracia direta” que ele apoia nada mais são do que convocações para turbas desorganizadas. Como F. William Engdahl disse: “George Soros, o especulador de fundos de investimentos que virou um autoproclamado filantropo, e suas fundações que não pagam impostos são uma parte integral dessa máquina de guerra preventiva.”

Então não é de admirar que organizações apoiadas por Soros tenham sido expulsas da Rússia em 2015, pois as autoridades russas entenderam que essas organizações queriam desestabilizar a Rússia.

Para sua própria sobrevivência, os EUA, a Europa e Israel também deveriam expulsar essas organizações. Porque será que um bom contingente de abnegados não serra fileiras em defesa da humanidade planejando sua neutralização? Certamente por que na realidade é mais um braço forte que atua em prol da realização do projeto megalômano-messiânico de uma elite de Fariseus (atuais Sionistas), em sua ânsia psicopata de escravização mundial, da qual terão proveito direto. Caso contrário já teria sido eliminado do páreo.

Se Trump vencer a eleição presidencial americana, o ISIS, não a Rússia, será tratado como a maior ameaça à existência dos EUA e Europa. Nesse caso, a Rússia será parceira dos EUA contra o ISIS. E se Trump entender plenamente a obsessão de Soros e Hillary para promover o aborto e a sodomia, ele vai lutar para promover valores de vida e família.

Contudo, se Hillary ganhar, a Rússia, não o ISIS, será tratada como a maior ameaça à existência dos EUA e Europa. Nesse caso, o ISIS será parceiro dos EUA contra Rússia, Isso não é apenas imaginação. Tanto Putin quanto Trump denunciaram que o ISIS foi criado por Hillary e Obama, cujas sanções apoiadas por Soros contra a Rússia por causa da Ucrânia estão ajudando a arruinar a economia russa. E a especialidade de Soros é tirar lucro de economias que estão passando por problemas (crises).

(Nada é gasto ‘por acaso’, o valor do espólio visado é que justifica determina os investimentos e financiamentos que serão empregados! É oportuno lembrar aqui a política sionista declarada por um de seus proeminentes integrantes, que atualmente é o prefeito de Chicago e que já foi o chefe do staff de Obama: “Você nunca deseja que uma séria crise seja desperdiçada. O que eu quero dizer com isso é que as crises são uma oportunidade para se fazer coisas que você não pensava que poderia fazer” – Rahm Emmanuel. É dessa forma, tornando-se uma maquiavélica “usina de financiamento de crises”, que George Soros vem se tornando o “dono do mundo”!) 

As tramas de Soros também têm mirado os cristãos. O Centro de Direitos Constitucionais, uma organização marxista financiada por Soros,entrou com uma ação judicial contra o Rev. Scott Lively por “crime contra a humanidade.” O crime dele? Ele expressou a opinião cristã tradicional sobre as perversões homossexuais no Parlamento de Uganda. Ele tem também sido um defensor internacional da lei russa que proíbe propaganda homossexual para crianças e adolescentes. Essa lei é odiada por Soros, Hillary e Obama. Lively diz que Obama usou a questão da Ucrânia como uma desculpa para impor sanções contra a Rússia, quando sua motivação real foi a lei antissodomia russa.

Se Soros tiver tanto sucesso na eleição presidencial americana quanto ele teve em seu caos e revolução esquerdista na Ucrânia, Hillary Clinton será a próxima presidente dos Estados Unidos, e Soros e sua máquina marxista terão mais poder contra cristãos como Lively.

Entretanto, no que depender de DCLeaks, um grupo de hackers russos que está expondo Soros e seu caos revolucionário mundial, os eleitores americanos não deveriam dar a Hillary apoiada por Soros a oportunidade de transformar os EUA numa Ucrânia controlada por Soros.

Com informações do jornal israelense Jerusalem Post e outras agências internacionais.

Estratégias da NOM:

 A NOM usou, por duas vezes, a mesma estratégia nos governos do PMDB no RS, Estado do Rio Grande do Sul, com intervalo de duas décadas. Tanto Antonio Brito, nos anos noventa, quanto Ivo Sartori nos anos 2014-20, fizeram o mesmo. Preparam um cenário onde o Poder Público estadual não teria recursos inclusive deixando de pagar vencimentos ao servidores que mais precisam, como os policiais civis e militares, a fim de ambientar o caos, e promovem a privatização do setor público assegurando aos controladores globalistas assumirem o controle de mercados monopolistas.

   A NOM trabalha de forma muito planejada, articulando ações a médio e longo prazo a fim de prevalecer o seu interesse em dominar todos os mercados de bens e serviços.

  Observe como foi ardilosamente executado, ao longo de décadas, o plano de privatização da NOM, no relato do Professor Padilla, o qual muito sofreu e ainda sofre represálias por obstaculizar os planos dos controladores:

  “   Em 1995, mediante esforço e criatividade, impediu a privatização da assistência técnica rural do RS, Rio Grande do Sul, o Sistema Emater Ascar, sem imaginar, na época, ser o principal plano da NOM, a Nova Ordem Mundial, qual queria controlar a produção de alimentos no RS, então, o principal celeiro do país.

  Durante a campanha presidencial em 2016, durante a qual foi alvo de infâmia pela mídia controlada pela NON, Donald Trump alertou a respeito do "complô da Ordem Mundial" e da capacidade desses controladores de mentir, assassinar reputações, etc. Confira nesse vídeo: https://youtu.be/xdfYiFpaxao 

  Na época, não imaginava, como descobriria na década seguinte, estar indo de encontro ao principal plano do grupo para controlar a produção de alimentos no RS, Rio Grande do Sul, então, o principal celeiro do Brasil.

  Esse plano de controlar a produção de alimentos iniciou na década anterior, antes de Tancredo Neves morrer. Após duas décadas de regime militar duramente criticado pela imprensa - por todos assista https://youtu.be/CRbZwM7fjYM?t=58m39s - o primeiro presidente civil eleito representava as esperanças de uma vida melhor. O adiamento da revelação de sua morte substituído por uma sucessão de boletins de saúde alavancaram o “porta voz” Antonio Brito.

O mediano jornalista passou a ser idolatrado! Embalado no apoio dos controladores, conseguiu votação expressiva como Deputado e virou Ministro. No MPAS, Ministério da Previdência e Assistência Social, fez um dos maiores desserviços ao Estado do RS que o elegeu: “criou” uma dívida artificial da Ascar e Emater-RS junto ao INSS equivalente, na época, a US$ 160 milhões - cento e sessenta milhões de dólares. A dívida, de duas décadas atrás, atualmente representa mais de um bilhão de reais.

“Porque um gaúcho faria tal desserviço ao seu Estado? Era parte de um plano dantesco..." A seguir, eleito Governador do Estado do RS na continuidade da mesma idolatria, A. Brito usou a dívida que ele mesmo criou como pretexto para, alegando estar “falido” o Sistema Emater-Ascar, privatizá-lo. Leia-se, entregar aos controladores multinacionais a produção de alimentos no RS então, frise-se, o líder do setor no país!

  Na época, nada se sabia desses planos. A ligação de Antonio Brito com a mega-multinacional Monsanto, um dos principais braços da indústria da morte, escancarou-se somente mais recentemente: http://www.anovaordemmundial.com/2015/11/processo-decisivo-contra-a-monsanto-e-ignorado-pela-grande-midia.html 

  Contudo, lá atrás, nos anos noventa, a destruição provocada pelo governo Brito o impediu de se reeleger e o vencedor foi Olívio Dutra o qual posava de chefe de estado enquanto o governo estadual era exercido pelo grupo liderado por Miguel Rosseto.

  Cedo, na manhã do 1º dia do governo PeTista, o Secretário da Agricultura Jose Hermeto Hoffmann telefonou ao recorrente indagando da possibilidade de uma reunião para relatar o caso Ascar-Emater que ele voluntariamente cuidava sem nada receber. A defesa da Ascar e a Emater não faziam parte das atribuições do recorrente. Ele o fez porque tinha noção da importância da produção de alimentos como o setor primário sem o qual nada vai funcionar. Opôs-se à privatização porque, no entendimento do recorrente, contrariava os princípios constitucionais e ainda porque:

a) a produção de alimentos é um dos setores tutelados ou subsidiados em todo o planeta para evitar o desabastecimento em decorrência de problemas climáticos ou econômicos;

b) privatizar a assistência técnica rural deixaria ao desamparo centenas de milhares de produtores rurais no Estado.

Na parte da tarde, pessoalmente, ao findar a exposição de todas as atividades desenvolvidas até então, tudo fora de suas atribuições institucionais de procurador do Estado e com considerável prejuízo de seus estudos, pesquisas e atividades docentes, além da vida pessoal pois foram milhares as horas de envolvimento,  Hoffmann, Secretário da Agricultura qualificou aquela atuação como “o processo mais importante do Estado do RS” informando ao recorrente, na frente de todos, de que deveria receber alguma medalha ou condecoração, ainda iriam decidir, por impedir a privatização desejada pelos interesses multinacionais.

 Contudo, a gestão petista promoveu o desmanche institucional do serviço público para, evidentemente, provocar a evasão dos concursados possibilitando partidarizar o setor. O recorrente entrou em rota de colisão com essa estratégia e a promessa de condecoração por salvar a produção de alimentos dos controladores foi esquecida. Pior, o recorrente sofreu assédio moral e bullying ainda mais intensos do que durante o governo anterior desestruturando a sua vida pessoal e lhe impedindo de dar andamento à progressão acadêmica. O processo administrativo, no qual pedia afastamento para poder concluir o Doutorado na Espanha, foi "engavetado" durante anos e devolvido com um despacho afirmando que, devido ao tempo decorrido (na gaveta!), os fatos haviam mudado e o pedido estava “prejudicado”.

Na PGE-RS, o aparelhamento foi muito acentuado. Ocorreu a evasão de mais de 200 procuradores do Estado de um quadro, inicialmente, com menos de 180 membros em um período relativamente curto de alguns anos. Note, por exemplo, ter havido quem abandonasse a carreira de procurador do Estado para ser assessor do Ministério Público, como Daniel Cozza Bruno conforme demonstrado em http://www.padilla.adv.br/pgers/desmanche do qual anexa-se um print screen.

   Em 2003, o PT estava por concluir o plano, iniciado em 2000 para partidarizar a OAB-RS. Contudo, o recorrente percebeu e desencadeou uma onda de conscientização entre os seus colegas procuradores os quais, por sua vez, repassaram-na a grande parte dos demais advogados gaúchos. Por isso, três anos depois, queriam impedir de interferir no processo eleitoral, completaram o assassinato de reputação do recorrente: dezoito dias antes da eleição da OAB no RS em 2006, obviamente para o desestabilizar e o impedir de interferir no processo eleitoral, foi demitido da PGE-RS mediante um procedimento ilegal, decidido no Conselho Superior da PGE-RS por cinco votos contra quatro, 5x4.

O ato desestabilizou-o desencadeando a fase aguda da Síndrome de Burnout e o recorrente, deprimido, não tinha recursos para contratar advogado e demorou quase 120 dias para ajuizar a ação mandamental.

Dúvida houvesse a respeito da perseguição na demissão do recorrente por haver defendido seus interesses em processo judicial, meses depois a mesma administração da PGE-RS aposentou, com vencimentos integrais, Flavio Roberto Luiz Vaz Neto, procurador do estado preso por corrupção e denunciado na operação Rodin:

 A Ata do Conselho Superior da PGE sumiu e, anos depois, apareceu fraudada para esconder que o instaurador do processo votou decidiu decidindo a demissão.

  Em meados dos anos noventa, o professor Padilla também tentou começar a denunciar as mudanças na Magistratura e o risco que representavam à efetividade e à paz social. Entenda como a acultura da superficialidade compromete a paz social em http://bit.ly/mazelas 

  Para calar a sua voz, os interessados no desmanche institucional acentuaram o assédio moral e promoveram o assassinato de sua reputação. Em poucos anos, o cenário jurisdicional estava contaminado de preconceito e praticamente todas as suas teses e postulações eram rejeitadas sem serem examinadas. Assim, não é de estranhar quando o mandado de segurança contra a demissão ilegal foi arquivado com uma desculpa contrariando o conteúdo dos próprios autos e, apesar de oito embargos de declaração julgados apenas formalmente com variações dos modelões nada a declarar” sendo, no último recurso, agregada a ameaça de sanção sendo ajuizado Recurso Ordinário ao STJ, sub judice.

  Em 2006, a demissão agravou os problemas ao desencadear a Síndrome de Burnout. Contudo, quatro dias antes da eleição da OAB-RS, o professor deslocava-se de ônibus para Santa Maria/RS quando Claudio Lamachia  telefonou-lhe. As ligações duraram mais de 90 minutos, acabaram com as baterias dos dois celulares. O Colega noticiava o seu fundado receio com a estratégia de manipulação subliminar petista solicitando ajuda. Ao chegar na cidade universitária situada no centro do Estado, a motivação cívica sobrepujou a dor e, deixando de lado todos os afazeres, trabalhou até o final da madrugada redigindo e enviando aos advogados gaúchos uma provocação a respeito da farsa petista querendo partidarizar a OAB-RS. Novamente, a onda de conscientização colaborou para impedir a concretização do plano reptiliano de partidarização da OAB-RS. Portanto, a conduta do Professor PADilla durante as eleições do Conselho Seccional da OAB-RS de 2003 e 2006 foram decisivas para, em 2016, um advogado militante e desvinculado da influência petista tornar-se Presidente do Conselho Federal da OAB.
 Foi preciso muito tempo e sofrimento para perceber que PMDB e PT promovem o desmanche institucional por motivos diversos, contudo, igualmente danosos.

 A NOM, Nova Ordem Mundial, peemedebista destrói para “motivar” a entrega ao Controladores do monopólio de setores de atividade econômico.

  O Foro de São Paulo petista promove o desmanche para provocar a evasão permitindo aparelhar o quadro de servidores com sua entourage psicoPaTeta a qual é facilmente corrompida e manipulada pelos Controladores.

  Portanto, tanto uns quanto outros estão a serviço dos globalistas, os Controladores do mercado mundial!

   A (mu)treta do coquetel anti HIV: entenda como age a indústria da morte:

  Em 1995, uma das piores preocupações da população era a “epidemia” de AIDS, uma doença incurável sobre a qual jamais se ouvira falar. Nesse clima de pânico, os cofres públicos passaram a pagar o fornecimento do coquetel anti HIV aos 2 mil soropositivos do RS, Estado do Rio Grande do Sul.

 O Professor PADilla, como Procurador do Estado, elaborou uma manifestação contrária a esse fornecimento  porque:
 I. Os laboratórios estavam cobrando um preço extorsivo de 2 mil dólares americanos por pessoa era o custo mensal do tratamento. Pior, “não cura”, diziam os próprios laboratórios, apenas “prolonga a vida”. Ora, se o paciente vai durar mais, gerará ainda mais gastos porque vai continuar precisando do coquetel, uma sangria de verbas públicas;
Está comprovado o valor ser extorsivo desde, há quase uma década, quando os laboratórios cederam às pressões e
reduziram o preço dos coquetéis anti HIV em mais de 20 (vinte!) vezes continuando a ter lucro!

 Os Controladores não cederam por ficarem bonzinhos e sim porque desenvolveram outros nichos de superfaturamento com drogas viciante de uso permanente! Hoje, há centenas de milhões de consumidores viciados em drogas lícitas! Há as sexuais, como o viagra, até os pretensos "estabilizadores" de humor - leia-se: entorpecentes robotizantes esvaziando o conteúdo emocional humano reduzindo o ser a alguma coisa similar a um psicopata.

 II. O poder público não fornecia tratamento para doenças curáveis como tuberculose, pneumonia, etc., e nem mesmo aplicava vacinas para evitar enfermidades nos anos noventa. Portanto, era desproporcional canalizar vultosas verbas daquela forma.
 Era declarado pela medicina de então ser de dois anos a expectativa de vida dos soropositivos. Para fornecer o coquetel anti HIV a apenas um aidético na época, eram necessários US$ 24.000,00 - vinte e quatro mil dólares americanos. Essa quantia permitiria CURAR mais de 500 pessoas com tuberculose ou pneumonia, doenças que matavam milhares de pessoas. Portanto, havia uma inversão de valores ao usar a para prolongar apenas uma vida quando podia salvar meio milhar da morte!

 III. O poder público estadual alegava falta de recursos e não pagava os vencimentos dos servidores. A mesma estratégia empregada hoje, vinte anos depois, para provocar o desmanche institucional e criar clima para "privatizar" setores de atividade - leia-se: entregar monopólios de mercados aos Controladores!

 IV. Coquetel podia colaborar para  agravar a epidemia. Quando surgiu, em meados dos anos noventa, o coquetel anti HIV não era apresentado como uma cura e, sim, apenas como um meio de reduzir sintomas e prolongar a vida do infectado. Ajudado pelo coquetel, salvo estágio terminal, o infectado não apresentaria sinais ostensivos da doença e, sem sintomas, amplia a chance de transmitir porque os outros não percebem e o infectado pode esconder a enfermidade por uma série de fatores.
Hoje, acredita-se que, quando foi criado e espalhado esse vírus, os
Controladores das multinacionais de medicamentos sabiam poder conter a epidemia e, contudo, esconderam essa e outras informações  para evitar suspeitarmos tudo ter sido criado para faturarem trilhões aproveitando o desespero!
Apenas do relativamente pequeno Estado do RS, eram US$ 50 milhões por ano; durante uma década, o coquetel chegaria a meio bilhão de dólares! Quanto bem estar poderia gerar essa fortuna?

  Ainda houve um ganho secundário para os Controladores: o temor criado pela doença incurável auxiliou a instalar o torpor prê-pânico na população facilitando a manipulação coletiva pela HEM, "Hipnose em Massa".

O professor Padilla havia, perigosamente, começado a desatar a trama e is lobistas para desviar a atenção do sortilégio engendrado, os habilidosos lobistas separaram, do último argumento acima, o aspecto sobre a ampliação das chances de contágio pela sobrevida prometida pelo tratamento. Descontextualizar e distorcer os fatos, e criticar severamente o autor do estudo. Uma das mais ácidas, foi de Boechat, na Band, um jornalista que faz pose de bonzinho e, contudo, vive de prontidão a defender os interesses dos Controladores!
 A imprensa infamou intensamente e quando, imediatamente, foi procurado pelo Secretário da Saúde supostamente querendo ajudar, sugeriram-lhe não tocar mais no assunto para se “proteger” da Imprensa. Na época, o professor Padilla já vivenciava um cipoal de problemas decorrentes do assédio moral iniciado quando começou a impedir a privatização da
assistência técnica rural no RS e, portanto, que a NOM assumisse o total controle do agronegócio. Perturbado, não tinha condições de perceber o que realmente se passava e seguiu o “conselho” deixando o assunto de lado. Para saber mais:   http://bit.ly/Prof_PADilla

  A medicina, a indústria de “alimentos” (entre aspas porque a maior parte dos produtos consumidos são tóxicos!) e o agronegócios são cuidadosamente controlados. Não só pelos laboratórios pagando publicidade, tanto a ostensiva quanto a dissimulada. Controlam as notícias e reportagens. Financiam as pesquisas, os congressos e as publicações.

   Os Controladores decidem quem vai falar e o que será dito como “ciência médica” e induzem padrões de consumo e comportamento.  Implacavelmente, destroem quem ousar falar a verdade. Assassinar reputações, promover assédio e bullying fazem parte do cotidiano dessa gente desumana e, se não funcionar, promovem uma grande quantidade de assassinatos camuflando os latrocínios encomendados.
 Os
Controladores escondem as informações essenciais sobre como preservar a saúde e o funcionamento da sociedade manipulando, desinformando e promovendo a robotização http://bit.ly/6ondas - Não se importam com o sofrimento de bilhões de humanos e agem visando o poder. Enriquecem duplamente: mediante o agronegócio intoxicante causando doenças e vendendo a esperança de saúde em medicamentos e tratamentos que combatem as consequências das enfermidades e não as causas.

 Recentemente, a coisa escancara-se já havendo empresas controlando laboratórios farmacêuticos e agronegócio com a fusão da Dow e Dupont; a Bayer comprou a Monsanto; a Chemchina comprou a Syngenta, e por ai vai…  “

   Conheça as armadilhas da desinformação da NOM através do governo comprado e da mídia, promovendo enfermidades e a robotização!  https://docs.google.com/document/d/1zFbv4sF832iw6GzV26LX9n6rRfoqz9o-1f1bOp0MmeM/pub 

 Quanto maior o governo, menor o cidadão: protecionismo sufoca e enfraquece! https://vimeo.com/224931773 

  Os metacapitalistas financiam a esquerda e o falso humanismo para promover a idiotização e facilitar a manipulação!

 O gaúcho Ostermann, que o Professor Olavo de Carvalho apelidou de Bostermann, o mineiro Juliano Torres e o gaúcho Anthony Ling são fundadores do EPL, a versão local do Students for Liberty, uma organização-chave na articulação entre os think tanks conservadores americanos – especialmente os que se definem como libertários – e a juventude “antipopulista” da América Latina. Mr. Chafuen, presidente da Atlas Network desde 1991, é o seu mentor.

 A tal EPL, do Bostermann, Juliano Torres e do sr. Ling, não defende o casamento gay e a liberação das drogas, igualzinha a Agência Pública da Open Society?

 A Atlas Network (nome fantasia da Atlas Economic Research Foundation desde 2013) é uma espécie de metathink tank, especializada em fomentar a criação de outras organizações libertaristas no mundo, com recursos obtidos com fundações parceiras nos Estados Unidos e/ou canalizados dos think tanks empresariais locais para a formação de jovens líderes, principalmente na América Latina e Europa oriental. De acordo com o formulário 990, que todas as organizações filantrópicas tem de entregar ao IRS (Receita nos EUA), a receita da Atlas em 2013 foi de US$ 11,459 milhões. Os recursos destinados para atividades fora dos Estados Unidos foram de US$ 6,1 milhões: dos quais US$ 2,8 milhões para a América Central e US$ 595 mil para a América do Sul.


 Queremos direitos humanos para humanos direitos, valorizando a meritocracia.
 Por isso somos PROS (prós) enquanto outros são contra!  De que lado você quer ficar nessa história?
https://www.facebook.com/ProfessorPadilla/videos/1931734293761135/ 

 

 


“PODE SER VERDADE QUE ‘ NÃO SE CONSEGUE ENGANAR A TODOS O TEMPO TODO’, MAS É POSSÍVEL ENGANAR A QUANTIDADE SUFICIENTE PARA DOMINAR UMA GRANDE NAÇÃO” – WILL DURANT (1885-1981) 

 

“EU DESCONFIO DE TODO IDEALISTA QUE LUCRA COM SEU ‘IDEAL’” – Millôr Fernandes (1923 - 2012), referindo-se ao desmoralizado Chico Buarque de Holanda durante entrevista no Roda Viva.

 

“SABER O QUE É CERTO E NÃO FAZER NADA É A PIOR COVARDIA – Confúcio (551 AC - 479 AC)


“A CONFIANÇA DO INGÊNUO É A ARMA MAIS ÚTIL DO MENTIROSO” – Stephen King


“NA MENTIRA E NA TRAIÇÃO, O QUE MAIS OFENDE E ENFURECE É O MENTIROSO E TRAIDOR ACHAREM QUE SOMOS IDIOTAS PARA CONTINUAR ACREDITANDO NELES ! ! !”

Como os desumanos dominaram até agora?

A luta humana contra a desinformação psicopata:

Descubras o que não querem que saibas  http://bit.ly/6ondas

 Qual é a origem de todo o mal? ->   Toda a sociedade é controlada pelo sistema jurídico através das leis e de sua aplicação. Por esse motivo, as carreiras jurídicas e políticas são supervalorizadas na grade de contraprestação para se sentirem satisfeitas permitindo a continuidade do holograma psicopata.

   A tecnologia atual permite disponibilizar uma vida confortável e segura para toda a população. Então, por que isso não acontece?   Já pensou em quanto esforço coordenado é necessário para impedir o progresso e o conforto alcançar a todos?  Quem são os Controladores criando e mantendo a confusão e o atraso? Descubra aqui http://bit.ly/1mundomelhor

   Como construir 1 MMM, um Mundo Muito Melhor, apesar de haver tanto mal?

 Precisamos saúde física e mental para plena capacidade de entender como funciona a escravidão dissimulada na sociedade falso-humanista.

 A acultura da superficialidade egocêntrica impede percebermos que todos os problemas da sociedade HUMANA contemporânea e os sofrimentos decorrem  de estarmos sendo administrada pela minoria (2%) DESUMANA, os mutantes.

 Saiba o que não querem que descubras!

 Seres humanos debilitados física, mental e emocionalmente são facilmente manipulados, inclusive de forma coletiva.

  A maior parte da verdade é escondida do povo pela espiral do silêncio, nessa imbecilização promovida pelos controladores globalistas ao nível de HEM, uma hipnose em massa, permitindo esconder a escravização dissimulada. Somos aprisionados através de falsas crenças, inversão de valores, medo e paradoxos entorpecentes, assassinato da reputação de potenciais lideranças e idolatria de falso-humanistas.

  A desinformação e superficialidade  misturam parte dos fatos com fantasias alimentando o holograma-matrix aprisionante. Acreditamos em mentiras, ignorando a maior parte da realidade. envolvidos no consumismo, isolamo-nos no egocentrismo desprezando o realmente importante.

  O assassinato de reputação e bullying nos faz desconfiar dos humanos decentes e, manipulados pela rede de desinformantes, terminamos aceitando que a administração da sociedade fique nas mãos dos hipócritas desonestos!

 Esses comportamentos perpetuam  a escravização dissimulada sem correntes e nem grilhões...

 As estratégias idiotizadoras da 5GW, a Guerra de  5º Geração, são operacionalizadas através da rede de desinformação constituída pela mídia e falsos-líderes de dois tipos - conheça-os aqui: http://bit.ly/Infiltrad

  Só nesta década, a guerra dissimulada causou centenas de milhões de perdas humanas, embora a tecnologia permita assegurar vida confortável e segura a todos!

  Grande parte da matança é no Brasil onde, além dos cem mil assassinatos por ano, acontecem milhões de óbitos por doenças evitáveis pois o processo de idiotização baseia-se na saúde precária impedindo o funcionamento normal do cérebro.

  A população ignora a sabedoria alimentar e viver de forma não saudável. Acreditando serem alimentos, consome produtos tóxicos! E ainda paga caro para comer e beber devido aos elevados impostos. http://redebrasildeativismo.com.br/2017/01/16/controladores-globalistas-promovem-a-degradacao-da-saude-fisica-e-psiquica-para-facilitar-a-hem-idiotizante/ 

  A ignorância alimentar é a causa de mais de 99% das doenças. Envolvido na armadilha da indústria da morte, nos anos finais de existência, a pessoa sobrevive mediante tratamentos caros de doenças as quais não teria se tivesse informações: http://padilla-luiz.blogspot.com.br/2016/03/alimentacao-longevidade-cerebro.html  

 O quadro dantesco completa-se com os acidentes cuja maioria decorre da leniência conjugada à imobilidade urbana planejada para induzir a aquisição de carro e consumir recursos, desperdiçar tempo, irritar e entorpecer, criando o caótico ambiente de isolamento e de idiotização, a base do holograma psicopata http://bit.ly/imobilidade 

  Para entender a HEM, hipnose em massa, examine este artigo: https://t.co/1cg9ZLeFbT ou https://docs.google.com/document/d/13RnOYN1QAy2W2StSZHtL6LwBEWx7iKBLYHPr2LOzlws/pub      

     Querendo, agora, saber sobre a 5GW, Guerra de  5º Geração, clique aqui: https://t.co/lQcXXrTg8x e https://t.co/NydYnzAQd7  

Descubra o que não querem que saibas:

A verdade escondida atrás do "liberar" as drogas: https://vimeo.com/204057176

   Tudo o que os controladores globalistas não querem que descubras e se esforçam em esconder!

https://docs.google.com/document/d/1D9Irlmze80RwJiDN9ZpgaLKEwoYV4W_pjsqZjIpOXQs/pub

 Major General Albert N Stubblebine III, responsible for ALL the Army's Strategic Intelligence Operations Around the World, explains and tells that it was factually not an airplane that hit the Pentagon, and all the sensors around the Pentagon, except for one, had been turned OFF beforehand… Goes on to explain about controlled demolition for the World Trade Center, how all the air defense systems had been turned OFF, and the combustion temperature of the jets fuel CANNOT melt steel beams as one can see seeping from the WTC and the fact that Tower 7 fell the same exact way as the Twin Towers just as consequence of a fire? Many have heard, but many haven't seen this video and him speaking.  https://www.youtube.com/watch?v=CT9-jLESHA8

    Quando a nossa capacidade cognitiva não está plena, facilmente somos envolvidos em manipulação vivenciando uma escravidão dissimulada. A conscientização é condição para libertar a humanidade do holograma idiotizante da manipulação.

  Comece (re)descobrindo a sabedoria alimentar e os cuidados para evitar as toxinas e torpores planejados pelos Controladores.

 A qualidade de vida com saúde física e mental potencializa a capacidade cognitiva e intuitiva.

 Perceba o papel do esporte e outros estímulos da emoção no controle da sociedade. Descubra como as lutas e Artes Marciais desenvolvem personalidades ativas com capacidade de percepção, focadas na evolução, cuidadosas com a própria saúde e imunes ao estado de torpor pré-pânico da acultura do medo e da superficialidade através da qual os 2% mutantes da população vem impondo uma escravidão dissimulada em impostos extorsivos sobre um consumismo desenfreado numa ditadura de desinformação, falsas crenças e inversão de valores.

Baseado no Rol https://docs.google.com/document/d/1KR6m97SAF40vdjJlwejouKKkoB4fyAGV7ieRRK4D0A0 

   verdade x verdadeiro.jpg

  Saúde: cuide você mesmo!

 Como cuidar da saúde? Aprenda a evitar as armadilhas da indústria da morte! O governo, a mídia e os desinformantes pagos pelos controladores globalistas promovem enfermidades e a robotização! Descubra o que não querem que você saiba aqui: https://docs.google.com/document/d/1zFbv4sF832iw6GzV26LX9n6rRfoqz9o-1f1bOp0MmeM/pub ou http://bit.ly/saude-cuidados 

  Seres humanos debilitados são facilmente manipulados, inclusive de forma coletiva, através da hipnose em massa, HEM, uma espécie de escravização dissimulada onde, ao invés de correntes-grilhões, somos aprisionados por falsas crenças e inversão de valores induzindo comportamentos realimentadores do processo. Proteja-se da política desumana de idiotização reduzindo. Evite a alimentação tóxica e não nutritiva. Saiba o que não querem que você descubra: http://padilla-luiz.blogspot.com/2016/03/alimentacao-longevidade-cerebro.htm

 Por que a maioria da população ignora informações como estas?

 Por que a sabedoria alimentar desenvolvida durante um milhão de anos é, atualmente, totalmente ignorada?

 Por que as pessoas consomem produtos tóxicos e de baixo poder nutritivo?

 Os Controladores das megacorporações querem reduzir a capacidade cognitiva, a intuição e a mediunidade de população para facilitar a manipulação coletiva e a indução de padrões de consumo e de comportamento.

 Conheça a espiral do silêncio mantendo todos nós desinformados para manipular-nos mais facilmente.

  Os desumanos querem o povo fraco adoecendo frequentemente para canalizar toda riqueza produzida custeando remédios e tratamentos caros.

 Quem lucra com a acultura da superficialidade, a violência e o medo?

 Os humanos debilitados são facilmente manipulados, individual ou coletivamente no processo de HEM, a hipnose em massa, uma espécie de escravização dissimulada onde, ao invés de grilhões, somos aprisionados por falsas crenças, mediante a indução de comportamentos e pela inversão de valores que realimenta o processo de aculturamento sedimentando a acultura da superficialidade a qual é, basicamente, a causa de todos problemas da sociedade contemporânea. https://vimeo.com/179364244 

 

         

 

verdade x verdadeiro.jpg

  Os 3 pilares da sociedade:

   Entenda como fomos envolvidos nesse holograma através da acultura da superficialidade e do medo e de técnicas de propaganda desenvolvidas a partir de estudos de Freud http://bit.ly/espiral-silencio para promoverem a idiotização e facilitar a escravização humana!

   A egocentrização promovida pela acultura da superficialidade está na raiz de todos os problemas da sociedade, desde a violência até o desmanche da educação e dos serviços de saúde:  http://bit.ly/aculturadasuperficialidade

   Deperte da escravidão dissimulada em impostos caros, consumismo, superficialidade: http://bit.ly/escravizacao 

   Descubra como escaparemos dessa prisão sem correntes  http://bit.ly/1mundomelhor  vencendo a 5GW http://bit.ly/5-guerra 

  A sociedade contemporânea depende do equilíbrio na interseção de três Sistemas os quais sustentam a paz social, sem a qual, não há progresso. Contudo, tudo vem sendo escondido de nós.

 Compreenda a acultura da superficialidade e do medo, criada para escravizar a humanidade, a partir de uma coletânea de vídeos: https://vimeo.com/album/3144893/

  São pilares dos quais depende a manutenção da sociedade:

  1. O sistema de direito, o qual foi tornado ineficaz por falsas crençãs e alteração de valores http://bit.ly/mazelas

 Compreenda melhor o Sistema Jurídico na perspectiva antropológico e humanista transdisciplinar da TgpT aqui: http://bit.ly/tgp-t       https://t.co/3cxdCLbFR7 

  2. O sistema desportivo. Entenda o papel e a importância do esporte e do direito na sociedade aqui: http://bit.ly/4plano 

  3. O sistema de crenças e valores. As crenças falsas são disseminadas mediante HEM, a hipnose em massa, subvertendo os valores. Saiba mais aqui http://bit.ly/hipnose-massa https://t.co/1cg9ZLeFbT 

   Livros promovem a conscientização!   Os controladores globalistas não querem que você descubra a verdade como a registrada por São Tomás de Aquino: https://docs.google.com/document/d/1D9Irlmze80RwJiDN9ZpgaLKEwoYV4W_pjsqZjIpOXQs/pub

  Os segredos que não querem que você descubra estão aqui: 

https://drive.google.com/open?id=0B6QVNULEDAG8OXZnci1UaG9TLWc

 https://drive.google.com/drive/folders/0B6QVNULEDAG8OXZnci1UaG9TLWc?usp=sharing 

Teologia ortodoxa[editar ...

Da série "o que eles não querem que eu descubras!"

   Como vencer a manipulação coletiva disfarçada na estrutura da oração mais rezada, o Pai Nosso   saiba aqui: https://t.co/vPhxCKRJaf  

 Confira o NOSSO surpreendente FUTURO na mensagem dos Agroglifos, as gigantescas marcaçōes em plantações, impossíveis de terem sido confeccionados com a tecnologia humana, traduzidas na conferência do maior especialista no assunto, Gary King: https://www.facebook.com/padillaluiz/videos/10154712490713823/ 

   Um fraterno abraço
 
http://bit.ly/PADilla  

Entenda a HEM, hipnose em massa, aqui: https://docs.google.com/document/d/13RnOYN1QAy2W2StSZHtL6LwBEWx7iKBLYHPr2LOzlws/pub       

  Para saber sobre a 5GW, Guerra de  5º Geração, clique aqui: https://t.co/lQcXXrTg8x e https://t.co/NydYnzAQd7 : https://t.co/NydYnzAQd7  

Descubra o que não querem que saibas: na Rede de Conscientização: 

http://bit.ly/conscientizar

https://drive.google.com/folderview?id=0B2CNDxRTI8HAcVl3cFc0M09hZ3M&usp=sharing

http://bit.ly/PADilla