Disciplina: Sociologia

Série/Ano: 3 ª

Vol/Bim: IV

CADERNO DO ALUNO

Situação de Aprendizagem (Número/título)

Sequência Didática.

Recursos audiovisuais e/ou de TIs  sugeridos no caderno

Recursos audiovisuais e/ou de TIs sugeridos pelo PCOP

Interfaces interdisciplinares / Temas trasnsversais

SA – 1

O Processo de Desumanização e Coisificação do Outro

Objetivo: reflexão sobre o processo de desumanização e coisificação do outro, entendido sempre como um ser humano, que, entretanto, nunca é visto como tal.

Texto: SAKAMOTO, Leonardo (Coord.). Trabalho escravo no Brasil do século XXI. Organização Internacional do Trabalho, Brasil,

2007. p. 2-28.

Após a leitura, discuta com a turma as seguintes questões:

  1. Analise as informações contidas no parágrafo. O que há de errado na situação vivenciada por Pedro?
  2. O que a informação “foi libertado” significa?

Ler texto: A desumanização e a coisificação do outro (Elaborado especialmente para o São Paulo faz escola).

Avaliação: divida a turma em grupos de 3 a 4 alunos para a elaboração de um trabalho educativo. O objetivo é produzir um material de campanha que visa a esclarecer, orientar e alertar outras pessoas a respeito do trabalho escravo no Brasil ou o tráfico de seres humanos. Sugerimos que os alunos não se atenham somente às informações do Caderno do Aluno e aos conteúdos apreendidos em sala de aula, mas busquem também informações em outras fontes, como impressos, cartilhas, jornais, revista ou internet. O formato final do trabalho poderá ser um cartaz, folder ou folheto, apostila ou cartilha, conforme o grupo preferir.

www.oitbrasil.org.br

Filosofia, Geografia e História.

SA – 2

Reprodução da Violência e da Desigualdade social

Textos: PEDROSO, Regina C. Violência e cidadania no Brasil: 500 anos de exclusão. São Paulo: Ática, 2006. p. 70-71.

RAMOS, Paulo. R. A imagem, o som e a fúria: a representação da violência no documentário brasileiro. In: Estudos Avançados, v. 21, nº 61, 2007. p. 228. Disponível em: www.scielo.br

Após a leitura dos textos, divida a turma em grupos de três a quatro pessoas. Estabeleça um tempo de trabalho e proponha as seguintes questões para análise e reflexão:

  1. Há alguma relação entre os acontecimentos descritos nos dois textos? Qual?
  2. Enumere cada um dos episódios violentos mencionados nos textos e coloque-os em ordem cronológica. É possível identificar relações entre esses episódios?
  3. Que outros fatores poderiam explicar os fatos descritos nos Textos 1 e 2? Formule algumas hipóteses e discuta-as.

Texto: ABRAMOVAY, Miriam et al., Juventude, violência e vulnerabilidade social na América Latina: desafios para políticas públicas. Brasília: Unesco Bid, 2002.

Atividades: Quais as motivações para o assassinato dos menores na Igreja da Candelária e o desfecho do sequestro do ônibus 174?

Avaliação: Solicite aos alunos que desenvolvam um texto dissertativo com base no seguinte texto: DUBAR, Claude. A socialização: construção das identidades sociais e profissionais. São Paulo: Martins Fontes, 2005. p. 139.

www.scielo.br/

 

Filosofia, Geografia e História.

SA – 3

O Papel Transformador da Esperança e do Sonho

Objetivo: Estabelecer com os alunos, uma reflexão sobre o papel transformador da esperança, do sonho e da importância da utopia como forma de resgate da própria condição humana perdida no processo de coisificação. Para tanto, propõe-se uma sensibilização inicial que os desperte para a questão do sonho e da esperança, de tal forma que possam refletir sobre seus próprios sonhos, esperanças e possíveis utopias.

Para sensibilizar os alunos sugere-se que eles leiam a letra da música “Apesar de você”, de Chico Buarque.

A sensibilização desta Situação de Aprendizagem envolve a leitura e/ou audição da música, análise dela, pesquisa e uma redação.

Textos: O papel transformador da esperança e da utopia (Elaborado especialmente para o São Paulo faz escola). Ghandi, Mandela e Luther King.

Discurso “Eu tenho um sonho”. In: Um apelo à consciência: os melhores discursos de Martin Luther King. Selecionado e organizado por Clayborne Carson e Kris Shepard. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006. p. 73-76. Proferido na Marcha sobre Washington, D.C., por Trabalho e Liberdade, em 28 de agosto de 1963.

Avaliação: Texto reflexivo sobre um dos três líderes estudados de tal forma que reflita qual era a sua utopia e a importância da ação política na realização do sonho e da esperança.

Filmes:

Gandhi. Direção: Richard Attenborough. Inglaterra, Índia, 1982. 188min.

Mandela: a luta pela liberdade (Goodbye Bafana). Direção: Bille August. Alemanha, França, Bélgica, África do Sul, Itália, Inglaterra, Luxemburgo, 2007. 140min.

Mississippi em chamas (Mississippi Burning). Direção: Alan Parker. EUA, 1988. 122min.

Ônibus 174. Direção: José Padilha. Brasil, 2002. 120min.

www.nelsonmandela.org/index.

Filosofia, Geografia e História.

CEDIDO PELO AUTOR PARA USO EXCLUSIVAMENTE DIDÁTICO SOB-RESPONSABILIDADE DOS GESTORES ESCOLARES NAS ESCOLAS ESTADUAIS JURISDICIONADAS À DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SÃO VICENTE - PROIBIDA A REPRODUÇÃO FORA DA JURISDIÇÃO OU PARA FINS COMERCIAIS E/OU ACADÊMICOS.

EM DESENVOLVIMENTO POR DEUSDETH ESTANISLAU DE OLIVEIRA