Disciplina:Filosofia

Série/Ano:2ª série

Vol/Bim:III

CADERNO DO ALUNO

Situação de Aprendizagem (Número/título)

Sequência Didática

Recursos audiovisuais e/ou de TIs  sugeridos no caderno

Subsídios sugeridos pelo PCNP

Interfaces interdisciplinares / Temas trasnsversais

SA 1

Reflexão sobre humilhação e velhice

Objetivo: introduzir o debate sobre a humilhação como resultado da desigualdade social e discutir a existência e a condição dos idosos em nossa sociedade.

Sondagem: leitura e análise do texto GONÇAlVES FIlHO, José Moura. Humilhação social: um problema político em Psicologia. Psicologia

USP, São Paulo, v. 9, n. 2, 1998. Pesquisa: biografia de Simone de Beauvoir. Debate: ideias desta pensadora, usando, especialmente, o livro A velhice.

Atividade: acompanhar a rotina de um idoso e procurar as ocasiões em que essa pessoa sofre humilhações. Para isso, peça que visitem um idoso, seja um familiar seja alguém que vive em uma instituição de acolhida, procurando pensar nas demandas de atendimento a essa população. Depois da pesquisa, oriente os alunos por uma estratégia de sensibilização, sendo este um importante momento para trabalhar o texto filosófico como uma reflexão da realidade cotidiana, como habilidade ética. Peça aos alunos que discutam o resultado da pesquisa, procurando aprofundar algumas das ideias de Simone de Beauvoir, sintetizadas anteriormente, analisando a imagem do idoso como uma espécie de objeto incômodo e quase inútil na sociedade.

Livro:

A velhice (Tradução Maria Helena Franco Monteiro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 5. ed. 2003).

CACHIONI, Meire; NERI, Anita Liberalesso; e VON SIMSON, Olga R.M. As múltiplas faces da velhice no Brasil. Campinas, SP: Alinea. Editora, 2008.

www.scielo.br/scielo.php

www.ibge.gov.br/

www2.sescsp.org.br

 

História / Sociologia e Geografia

SA 2

 Reflexão sobre racismo

Objetivo: discussão ética e política sobre o racismo.

Sondagem: debater - existe racismo no Brasil?

Leitura e análise do texto: SIlVA, Jair Batista da. O que é racismo no Brasil. Revista Aulas (texto no prelo).

Pesquisa e análise de programas de televisão. Dialogar – O que é o racismo? Com o resultado da pesquisa sobre o conteúdo do programa de TV em mãos, peça aos alunos que procurem discutir, com base no texto filosófico, o papel secundário que, na maioria das vezes, os negros desempenham na TV. Como sua figura é valorizada ou discriminada por esses papéis? Quais as diferenças ressaltadas? Quais os privilégios que são reforçados com isso?

APPIAH, Kwame Anthony. Na casa de meu pai. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

Cadernos de Cinema do Professor. Publicação nda FDE, 2008.

MEMMI, Albert. O racismo. Tradução Natércia Pacheco e Manuela Terraseca. lisboa: Editorial Caminho, 2003.

SARTRE, Jean-Paul. Reflexões sobre o racismo. Tradução Jacob Guinsburg. São Paulo: Difusão Europeia do livro, 1968.

Sites:

http://www.ibge.gov.br

 http://www.pnud.org.br

http://wwwportacurtas.com.br

http://www.scielo.org

História e Sociologia

SA 3

Diferenças e semelhanças entre homens e mulheres

Objetivo: introduzir o debate sobre a contribuição da filosofia para se compreender o feminismo e a teoria de gênero.

Sondagem: Ler declaração dos direitos da mulher e da Cidadã - Olympe de Gouges.

Sondagem: debater “O que faz um homem ser homem e uma mulher ser mulher – o corpo, o pensamento ou a sociedade? Quem decide as funções sociais da mulher e do homem – o corpo, o pensamento ou a sociedade?”.

Dialogar: Filosofia e gênero PRINS, Baukje; MEIJER, Irene Costera. Como os corpos se tornam matéria: Entrevista com Judith Butler. Revista Estudos Feministas, v.10, n. 1, 2002.

Livros

ANDRE, Serge. O que quer uma mulher? Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1987.

BEAUVOIR, Simone de. O segundo sexo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008.

BUTlER, Judith P. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Tradução Renato Aguiar. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

SCOTT, Joan W. A cidadã paradoxal: as feministas francesas e os direitos do homem. Tradução Élvio Antonio Funck. Florianópolis, SC: Mulheres, 2002.

//www.dhnet.org.br

 <http://www.scielo.br/scielo.

<http://sistema.clam.org.br

<http://www.sielo.br/scielo.

<www.unb.br/ih/his/gefem/

História e Sociologia

SA 4

Filosofia e educação

Objetivo: introduzir o debate sobre a filosofia da educação a partir do conceito adorniano.

Sondagem: Por que você vem para a escola?

  • Caso você seja obrigado por alguém a vir à escola, por que isso ocorre?
  • Qual é o principal compromisso dos professores?
  • Que tipo de aluno você é? Quais são as suas curiosidades?
  • Fora da escola, o que você tem aprendido?
  • Como você quer que seus filhos sejam educados?
  • O que você sonha para seu futuro e o de seus (futuros) filhos?
  • E com a vivência na escola, o que você tem aprendido que considera muito importante na sua vida?

Dialogar – tipos de escola: Apresente os tipos de escola para os alunos, como o resumo do livro de Maria lúcia de Arruda Aranha, Filosofia da Educação. 3. ed. Moderna, 2006.

Leitura e comentário do texto: ADORNO, Theodor. Educação e emancipação. Tradução Wolfgang leo Maar. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995. p 141-142.

Livros

ADORNO, Theodor. Educação e emancipação. Tradução Wolfgang leo Maar. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

MORAES, Alexandre Iara. Indivíduo e resistência: sobre a anulação da individualidade e a possibilidade de resistência do indivíduo em Adorno e Horkheimer. Tese defendida na

Unicamp

PELANCA, Nelson. Modernidade, educação e alteridade: Adorno, cogitações sobre um outro discurso pedagógico. Tese defendida na

Unicamp.

<http://libdigi.unicamp.br

História e Sociologia

CEDIDO PELO AUTOR PARA USO EXCLUSIVAMENTE DIDÁTICO SOB-RESPONSABILIDADE DOS GESTORES ESCOLARES NAS ESCOLAS ESTADUAIS JURISDICIONADAS À DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SÃO VICENTE - PROIBIDA A REPRODUÇÃO FORA DA JURISDIÇÃO OU PARA FINS COMERCIAIS E/OU ACADÊMICOS.

EM DESENVOLVIMENTO POR DEUSDETH ESTANISLAU DE OLIVEIRA