Estatuto CTE

I - DA FINALIDADE

Art. 1º - Este Estatuto se destina ao regramento do clã CTE (Comando Tático-Especial), confraria composta por amigos, doravante chamados por membros, jogadores de MoH (Medal of Honor), CoD (Call of Duty), Battlefield e demais shooters em geral, especiamente on-line.

§ 1º - A confraria é formada por seus membros, os quais têm direito a ocupar uma cadeira, identificada por um número, iniciando-se pela 1ª (primeira), sendo que a cadeira preenchida por um membro será vitalícia, só podendo ser ocupada por outro caso o seu titular seja excluído, desocupe por vontade própria e tenha menos de 3 meses de ingresso na confraria.

§ 2º - As primeiras cadeiras são reservadas aos membros fundadores da confraria, e as subseqüentes compor-se-ão mediante ordem de efetivação no clã.

§ 3º - Este Estatuto, além de ter aplicação aos membros do CTE, também se aplica aos visitantes do Servidor, Site e Fórum do CTE, no que tange aos direitos, deveres e obrigações para com os membros do clã quando estiverem em contato on-line, seja jogando ou através de programas de conversação (Messenger, Skype, etc), sujeitando todos à falta sujeita às penalidades definidas no capítulo V.

Art. 2º - Ao estabelecer regras, o presente Estatuto tem por finalidade definir as diretrizes ético-morais do clã (amizade, lealdade, honestidade e respeito), prevenir desentendimentos e para resolução de problemas, criando normas de respeito e lealdade entre os membros e entre visitantes.

II - DAS DIRETRIZES ÉTICO-MORAIS (DIREITOS E DEVERES)

Art. 3º - Cada membro do clã CTE dispensará o tratamento de “confrade” ou “comadre” para com o seu par, bem como deverá defender o respeito, a lealdade e a honestidade entre os membros, valores próprios desta Confraria.

Art 4º - O clã CTE pugna pelos seguintes valorez: amizade, lealdade, honestidade e respeito, sob pena de o infrator incidir em falta sujeita às penalidades previstas no capítulo V.

Art 5º - Todos os membros são obrigados a usar a TAG do clã |=CTE=|, um clique de barra de espaço, seguida do nick pessoal, o qual somente poderá ser modificado em casos excepcionais e quando não houver a impugnação por parte de outro membro.

Art 6º - É absolutamente vedada a participação de membros CTE em outros clãs, salvo em games dos quais o clã não participe.

Art 7º - Todos os membros devem participar do grupo CTE no Facebook, de forma a facilitar a comunicação em tempo real e compartilhamento de informações.

Art 8º - Todos os mebros devem ter instalado e funcionando o programa anti-cheater determinado previamente pelos administradores do Servidor.

Art 9º - Todos os membros deverão se conectar ao TS (TeamSpeak) quando solicitados, salvo motivos de ordem eletro-eletrônica que os impeçam.

Art 10º - Quando o mebro confirmar presença em Treinos ou Clãfrontos - CF’s - só poderá declinar de tal compromisso com antecedência mínima de 12 (doze) horas, notificando/avisando por escrito o membro organizador, salvo motivo de força maior.

Art 11º - Não há patentes de ordem militar no clã CTE.

Art 12º - Nenhuma acusação será feita fora do espaço e tópico próprio, aqui definido como sendo o “Fórum”, sendo vedadas acusações veladas ou qualquer tipo de discriminação.

Paragrafo único - Em toda acusação será garantido o direito de defesa ao membro efetivo ou visitante no mesmo espaço (tópico) em que a denúncia foi veiculada.

Art 13º - As aprovações, enquetes, pesquisas e demais meios de obtenção de vontade dos membros serão feitos através de votação, na qual sairá vencedora a tese que obter a maioria dos votos dos votantes.

Paragrafo único - em nenhuma hipótese será aceito peso diferenciado de voto, sendo que o voto de todos os membros terá o mesmo valor.

Art 14º - Não serão admitidas discussões e desentendimentos entre os membros em espaço outro que não reservado para membros do Fórum do CTE.

Paragrafo único - A veiculação comercial no site do CTE ficará restrita aos interesses da Confraria, desde que haja votação conforme preceitua o artigo anterior.

Art 15º - Todos os membros do clã deverão estar atualizados com os assuntos da confraria através do Fórum, devendo respeitar a assiduidade mínima de 01 (uma) vez por semana, coerente e necessária para o bom andamento das decisões do clã.

§ 1º - Todo o membro que se ausentar do Fórum ou do clã, por qualquer período superior ao citado neste artigo, deverá postar em tópico próprio o motivo, o tempo provável da ausência e a data de retorno.

Art 16º - É expressamente proibido, sob qualquer hipótese e de qualquer forma, ceder ou revelar a senha utilizada para uso do server e/ou do “rcon” a não membros do clã CTE, sob pena de o infrator incidir em falta gravíssima, sujeita à pena de expulsão.

Art. 17º - A confraria é gerenciada pelos confrades com tempo de atividade no clã superior igual ou superior a 4 anos, integrantes do grupo do Fórum nomeado “GD - Gerenciamento Descentralizado”, responsáveis pela ordem nos Servidores, acompanhamento dos alistamentos, atualização da planilha financeira e manutenção da lista de banimentos do servidor.

§ 1º - O e-mail financeiro@clancte.com é de acesso comum entre os membros deste grupo para atualização da planilha.

§ 2º - O e-mail rh@clancte.com também será de acesso comum entre os membros deste grupo para atualização dos confrades em teste.

§ 3º - O e-mail rcon@clancte.com será usado para reclamações referentes aos Servidores, sendo também de acesso comum entre os membros deste grupo e de atualizações sobre mudanças de senha e comunicados a respeito do mesmo.

§ 4º - A ausência de atividade no grupo ou não manutenção de alguma das atividades do grupo acarretará na desconexão do confrade do mesmo. A responsabilidade pelo grupo é garantir a manutenção de todos os setores da confraria que precisem de um gerenciamento.

§ 5º - Todas as ações tomadas pelos membros do grupo deverão ser documentadas no Fórum, em uma seção especial para isso, sendo elas: Envio de E-Mails, Kicks (acima de 3 kicks para  mesma pessoa), Banimentos, Atualização da Planilha Financeira, etc.

Art 18º - A contribuição de R$10,00 mensais é obrigatória a todos os confrades salvo exceções em que for comunicado com antecedência a impossibilidade da contribuição.

Art 19º - A troca do nome do jogador e a não utilização da tag nos Servidores do CTE resultará no desligamento do confrade, salvo casos em que o Console utilizar desta prática para monitorar o servidor, devendo se identificar aos demais confrades quando estiver no TeamSpeak.

III - DO ALISTAMENTO

Art 20º - Qualquer pessoa, maior de 16 (dezesseis) anos de idade, poderá se alistar no clã CTE, passando a ser identificado como “teste” para os demais membros, devendo haver tópico próprio no Fórum destinado exclusivamente aos alistamentos a as aprovações de testes.

§ 1º - É obrigatório o cadastramento do alistado junto ao Fórum.

§ 2º - O alistado deverá freqüentar o Fórum a fim de se manter informado sobre os assuntos inerentes conforme disposto no artigo 15.

§ 3º - Para se alistar, o “teste” deverá comprovar que possui uma conta no Facebook, devendo ainda, no prazo máximo de 10 (dez) dias, fazer incluir em seu PC o TS (TeamSpeak) e o programa anti-cheater indicados pelo administrador do Servidor.

Art 21º - Durante o período de teste o alistado deverá, obrigatóriamente e sem exceções, utilizar a TAG |=CTE=| e o símbolo “#?” no final do seu nick.

Parágrafo único - Em nenhuma hipótese se admitira a não utilização do símbolo acima referido, sujeitando-se o “teste” a expulsão imediata, sem necessidade de qualquer justificativa ou votação para tanto.

Art 22º - O período de teste será de 90 dias corridos, contados a partir do envio e confirmação do e-mail de alistamento para o GD, os quais se dividirão em 30 dias para o envio das requisições para alistamento, 30 dias para votação e mais 30 dias para a realização da entrega da cadeira ou comunicado sobre o cancelamento do teste.

§ 1º - O alistado, a fim de demonstrar objetivamente os quesitos citados no caput, será constantemente monitorado pelos membros efetivos a fim de assegurar além do cumprimento dos requisitos, a sua personalidade - paciência, uso de taunts, floods, posicionamento perante situações indefinidas no servidor, etc. - e o conhecimento geral deste Estatuto.

§ 2º - A primeira contribuição para com o clã se dá obrigatória a partir do sexagésimo dia de alistamento, independente do resultado do mesmo, visando garantir a manutenção dos recursos do clã.

§ 3º - A reprovação do “teste”, justificada ou não, constitui prerrogativa do clã CTE, não gerando qualquer direito a indenização ou retratação pública.

Art 23º - Os confrades com mais de 1 ano de atividade no clã terão direito à participação das  atividades que revertem o saldo das contribuições para com o CTE em benefícios para seus confrades.

IV - DAS REGRAS BÁSICAS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIDOR

Art 24º - Todos os membros e visitantes deverão observar as seguintes regras de conduta tanto no Servidor do CTE quanto nos demais servidores de jogos:

a) dever de lealdade, honestidade e respeito aos companheiros e adversários, valores próprios do clã CTE, sendo vedados xingamentos, desrespeito a membros e utilização de cheats e/ou bugs intencionais;

b) respeitar o administrador do servidor;

c) evitar o uso inadequado do chat com flood, taunts e outros meios de provocação;

d) não responder a ataques pessoas gratuitos com outro ataque;

e) provar acusações tirando SS (ScreenShots);

f) se não souber, perguntar;

g) aceitar a determinação do console com humildade;

h) eleger previamente um líder para representar seu clã perante o console, pois somente ele poderá intervir junto ao mesmo;

i) em caso de treinos ou clãfrontos, organizar com antecedencia mínima de 4 horas o uso de anti-cheater e parâmetros do servidor para utilização do mesmo;

j) ouvir antes de falar e pensar duas vezes antes de agir.

V – DAS FALTAS E DAS PENALIDADES

Art 25º – Atos e atitudes que atentem contra a ética ou moral do clã CTE (amizade, lealdade, honestidade e respeito), tais como revelação de senhas, xingamentos, desrespeito a membros, falta de companheirismo, uso de cheats, bugs intencionais etc., serão consideradas como sendo faltas, tanto por parte de membros (mediante votação pelo clã) como por parte de visitantes (independente de votação), respeitado o direito de defesa, bem como poderão sofrer as seguintes penalidades:

 Para os membros:
a)
 advertência particular;
b) advertência pública (Fórum CTE, etc);
 c) suspensão por 30 dias;
 d) expulsão.

 Para os visitantes:
a)
advertência particular;
b) KICK (desconecção do Server);
 c) BAN (banimento).

Parágrafo único - A aplicação das penalidades acima não gerará direito a indenização ou retratação pública, constituindo mera prerrogativa discricionária do clã CTE.


Art. 26º - Ao Console do servidor CTE caberá apurar, de imediato e on line, sem necessidade de submeter à votação do clã, a prática de conduta infracional por visitantes do server, julgando a falta cometida e podendo aplicar on line, durante o jogo, as penalidades previstas no artigo anterior (advertência, Kick e/ou Banimento). A falta cometida por membro deverá sempre ser submetida à votação do clã.
Parágrafo único - A critério do Console ou de qualquer membro do clã, poderá ser submetida à votação determinada falta grave, sujeita a banimento ou expulsão, cometida por um visitante ou membro no Server CTE, julgamento este que se fará mediante a postagem de SS no Fórum, com as regras de votação previstas no artigo 13, parte final do presente Estatuto.


 VI – DISPOSIÇÕES FINAIS

Art. 27º - Os casos omissos e as dúvidas resultantes do presente Estatuto serão resolvidas mediante discussão e votação pelos membros através do Fórum.