Belo Jardim - Checklist DCM - 2016 - Índice de Consistência e Convergência Contábil
 Share
The version of the browser you are using is no longer supported. Please upgrade to a supported browser.Dismiss

 
View only
 
 
ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZAAAB
1
2
UNIDADE JURISDICIONADAPREFEITURA MUNICIPAL DE BELO JARDIM0Não Atende
3
EXERCÍCIO20161Atende Parcialmente
4
PONTUAÇÃO MÁXIMA2662Atende integralmente
5
PONTUAÇÃO ALCANÇADA186,5
6
PERCENTUAL70,11%012
7
8
CHECK-LIST PARA ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEISNotaPesoNota FinalObservação (quando for aposto nota inferior a 02, deverá ser motivado com o registro da divergência ou inconsistência encontradas)
9
Estrutura e Apresentação das Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público
10
Parte V do MCASP e NBC T 16.6 e 16.7- alterada para Resolução CFC nº 1437/13
11
Quesito 01 - Balanço Orçamentário (Peso 1,5)121,518
12
1Inclui, no quadro principal da receita orçamentária, detalhadas por categoria econômica e origem, especificando a previsão inicial, a previsão atualizada para o exercício, a receita realizada e o saldo a realizar, e separadas em: receitas correntes, receitas de capital, recursos arrecadados em exercícios anteriores, subtotal das receitas, operações de créditos/refinanciamento, subtotal com refinanciamento, déficit e saldos de exercícios anteriores (utilizados para créditos adicionais).21,53
13
2Inclui, no quadro principal da despesa orçamentária, por categoria econômica e grupo de natureza da despesa, discriminando a dotação inicial, a dotação atualizada para o exercício, as despesas empenhadas, as despesas liquidadas, as despesas pagas e o saldo da dotação, e separadas em: despesas correntes, despesas de capital, reserva de contingência, reservas de RPPS, subtotal das despesas, amortização da dívida/refinanciamento, subtotal com refinanciamento e superávit.21,53
14
3Composto por um quadro principal de receitas e despesas; um quadro da execução dos Restos a Pagar não Processados e um quadro da Execução dos Restos a Pagar Processados e não processados liquidados e inclui no quadro de execução dos Restos a Pagar não Processados: inscritos em exercícios anteriores, inscritos em 31 de dezembro do exercício anterior, liquidados, pagos, cancelados e saldo.21,53
15
4Inclui no quadro de execução dos Restos a Pagar Processados e Não Processados Liquidados: inscritos em exercícios anteriores, inscritos em 31 de dezembro do exercício anterior, pagos, cancelados e saldo.21,53
16
5Demonstra, em caso de desequilíbrio orçamentário, o déficit decorrente da utilização do superávit financeiro de exercícios anteriores para abertura de créditos adicionais ou pela reabertura de créditos adicionais, especificamente os créditos especiais e extraordinários que tiveram o ato de autorização promulgado nos últimos quatro meses do ano anterior.21,53
17
6Há consistência na conferência de saldos do Demonstrativo – Equação: ∑das contas filhas = ∑ das contas mães.21,53
18
Quesito 02 - Balanço Financeiro (Peso 1,5)51,57,5
19
7Demonstra a receita orçamentária realizada e a despesa orçamentária executada, por fonte/destinação de recurso discriminando as ordinárias e as vinculadas; os recebimentos e pagamentos extraorçamentários; as transferências financeiras recebidas e concedidas, decorrentes ou independentes da execução orçamentária; e o saldo em espécie do exercício anterior e para o exercício seguinte ("caixa e equivalente de caixa" e "depósitos restituíveis e valores vinculados").11,51,5Incluiu no Balanço Financeiro no grupo saldo em espécie do exercício anterior e para o exercício seguinte o subgrupo "Investimentos e aplicações temporárias" em desacordo com o o modelo proposto pela STN.
20
8Apresenta informações comparáveis com o exercício anterior.21,53
21
9Há consistência na conferência de saldos do Demonstrativo – Equação: ∑das contas filhas = ∑ das contas mães.21,53
22
Quesito 03 - Balanço Patrimonial (Peso 1,5)141,521
23
10Composto por quadro principal dos Ativos, incluindo na coluna do ativo: Ativo Circulante (caixa e equivalente de caixa, creditos de curto prazo, investimentos e aplicações temporárias a curto prazo, estoques, variações diminutivas pagas antecipadamente) e Ativo Não Circulante (Realizável a longo prazo: creditos a longo prazo, investimentos temporários a longo prazo, estoques, variações diminutivas pagas antecipadamente; Investimentos, Imobilizado, Intangível).21,53
24
11Composto por quadro principal dos Passivos, incluindo na coluna do Passivo: Passivo Circulante (obrigações trabalhistas, previdenciárias e assistenciais a pagar de curto prazo, empréstimos e financiamentos a curto prazo, fornecedores e contas a pagar a curto prazo, obrigações fiscais a curto prazo, provisões a curto prazo, demais obrigações a curto prazo) e Passivo não Circulante (obrigações trabalhistas, previdenciárias e assistenciais a pagar de longo prazo, empréstimos e financiamentos a longo prazo, fornecedores e contas a pagar a longo prazo, obrigações fiscais a longo prazo, provisões a longo prazo, demais obrigações a longo prazo e resultado diferido).21,53
25
12Apresenta no quadro principal, ao lado das contas contábeis, os atributos legais (indicador do superávit financeiro - atributos Financeiro [F] e Permanente [P]), de acordo com o Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público vigente.01,50 Não apresenta no quadro principal do Balanço Patrimonial, ao lado das contas contábeis, os atributos legais (indicador do superávit financeiro - atributos Financeiro [F] e Permanente [P]), de acordo com o Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público vigente.
26
13Inclui no quadro principal, na coluna do Patrimônio Líquido, no mínimo o Patrimônio Social, Capital Social e Resultados Acumulados.21,53
27
14Inclui no quadro dos ativos e passivos financeiros e permanentes: ativo financeiro, ativo permanente, passivo financeiro, passivo permanente e saldo patrimonial.21,53
28
15Inclui no quadro das contas de compensação: atos potenciais ativos e atos potenciais passivos.01,50 Apresentou o quadro das contas de compensação: atos potenciais ativos e atos potenciais passivos, com os saldos zerados, no Balanço Patrimonial.
29
16Inclui no quadro de Superávit/Déficit Financeiro: Código, descrição e saldos das fontes de recursos.21,53
30
17Apresenta informações comparáveis com o exercício anterior.21,53
31
18Há consistência na conferência de saldos do Demonstrativo – Equação: ∑das contas filhas = ∑ das contas mães.21,53
32
Quesito 04 - Demonstração das Variações Patrimoniais (Peso 1,5)101,515
33
19Compõe a VPA: (Impostos, Taxas e Contribuições de Melhoria; Contribuições; Exploração e Venda de Bens, Serviços e Direitos; Variações Patrimoniais Aumentativas Financeiras; Transferências e Delegações Recebidas; Valorização e Ganhos com Ativos e Desincorporação de Passivos; Outras Variações Patrimoniais Aumentativas).21,53
34
20Compõe a VPD: (Pessoal e Encargos; Benefícios Previdenciários e Assistenciais; Uso de Bens, Serviços e Consumo de Capital Fixo; Variações Patrimoniais Diminutivas Financeiras; Transferências e Delegações Concedidas; Desvalorização e Perdas de Ativos e Incorporação de Passivos; Tributárias; Outras Variações Patrimoniais Dimutivas).21,53
35
21Apresenta o resultado patrimonial do período.21,53
36
22Apresenta informações comparáveis com o exercício anterior.21,53
37
23Há consistência na conferência de saldos do Demonstrativo – Equação: ∑das contas filhas = ∑ das contas mães.21,53
38
Quesito 05 - Demonstração dos Fluxos de Caixa (Peso 1,5)61,59
39
24Composta por quadro principal; quadro de receitas derivadas e originárias; quadro de transferências recebidas e concedidas; quadro de desembolsos de pessoal e demais despesas por função; e quadro de juros e encargos da dívida. 21,53
40
25Inclui no quadro principal: Fluxo de Caixa das Atividades Operacionais (ingressos e desembolsos); Fluxo de Caixa das Atividades de Investimentos (ingressos e desembolsos); e Fluxos de Caixa das Atividades de Financiamento (ingressos e desembolsos) e a geração líquida de caixa e equivalente de caixa.. 21,53
41
26Há consistência na conferência de saldos do Demonstrativo – Equação: ∑das contas filhas = ∑ das contas mães.21,53
42
Quesito 06 – Notas Explicativas e Aspectos Gerais das Demonstrações Contábeis (Peso 1,5)101,515
43
27As notas explicativas apresentam informações gerais da entidade; Resumo das políticas contábeis significativas; Informações de suporte e detalhamento de itens apresentados nas demonstrações contábeis e outras informações relevantes.11,51,5Não foram apresentadas nas notas explicativas como um todo o resumo das políticas contábeis significativas; Informações de suporte e detalhamento de itens apresentados nas demonstrações contábeis e outras informações relevantes.
44
28As notas explicativas foram apresentadas de forma sistemática e cada quadro ou item nas demonstrações contábeis a que uma nota se aplique teve referência cruzada com a respectiva nota explicativa.11,51,5Não foram apresentadas nas notas explicativas como um todo nos quadros ou itens das demonstrações contábeis a que uma nota se aplique as referências cruzadas respectivas.
45
29O Balanço Orçamentário deverá ser acompanhado de notas explicativas que registrem: O detalhamento das receitas e despesas intraorçamentárias, quando relevante, é evidenciado em notas explicativas; Há evidenciação do detalhamento das despesas executadas por tipos de créditos (inicial, suplementar, especial e extraordinário); A utilização do superávit financeiro e da reabertura de créditos especiais e extraordinários, bem como suas influências no resultado orçamentário, é evidenciada em notas explicativas; As atualizações monetárias autorizadas por lei, efetuadas antes e após a data da publicação da LOA, que compõem a coluna Previsão Inicial da receita orçamentária, são evidenciadas em notas explicativas; O procedimento adotado em relação aos restos a pagar não processados liquidados, ou seja, se o ente transfere o saldo ao final do exercício para restos a pagar processados ou se mantém o controle dos restos a pagar não processados liquidados separadamente, é registrado em notas explicativas; Há evidenciação do detalhamento dos “recursos de exercícios anteriores” utilizados para financiar as despesas orçamentárias do exercício corrente, destacando-se os recursos vinculados ao RPPS e outros com destinação vinculada; Há evidenciação do montante da movimentação financeira (transferências financeiras recebidas e concedidas) relacionado à execução do orçamento do exercício (Déficit Orçamentário).11,51,5As notas explicativas do Balanço Orçamentário não detalharam as receitas e despesas intraorçamentárias em quadro próprio por categoria econômica, contemplando todos os estágios.
46
30O Balanço Financeiro deverá ser acompanhado de notas explicativas que registrem:as receitas orçamentárias líquidas de deduções. Observar se o detalhamento das deduções da receita orçamentária por fonte/destinação de recursos está apresentado em quadros anexos ou em notas explicativas.21,53
47
31O Balanço Patrimonial deverá ser acompanhado de notas explicativas que indiquem: Evidenciação do detalhamento das seguintes contas: Créditos a Curto Prazo e a Longo Prazo; Imoblizado; Intangível; Obrigações Trabalhistas, Previdenciárias e Assistenciais a Curto Prazo e a Longo Prazo; Provisões a Curto Prazo e a Longo Prazo; evidenciação das políticas contábeis relevantes que tenham reflexos no patrimônio, como as políticas de depreciação, amortização e exaustão; Há evidenciação em notas explicativas: dos ganhos e perdas decorrentes da baixa de imobilizado estão reconhecidos no resultado Patrimonial; dos critérios de apuração da depreciação, amortização e exaustão e de realização de revisão da vida útil e do valor residual do item do ativo; A depreciação, a amortização e a exaustão para cada período são reconhecidas no resultado contra uma conta retificadora do ativo.11,51,5As notas explicativas do Balanço Patrimonial não evidenciaram as políticas contábeis relevantes que tenham reflexos no patrimônio, como as políticas de depreciação, amortização e exaustão nem os critérios de apuração da depreciação, amortização e exaustão e de realização de revisão da vida útil e do valor residual dos itens do ativo.
48
32A Demonstração das Variações Patrimonias deverá ser acompanhada de notas explicativas que indiquem: evidenciação em notas explicativas da origem e do destino dos recursos provenientes de alienação de ativos, em atendimento ao disposto no art. 50, VI da Lei Complementar 101/2000 (LRF).21,53
49
33As Demonstrações Contábeis estão devidamente assinadas e contêm a identificação da entidade pública, da autoridade responsável e do contabilista, incluindo o CRC.21,53
50
Quesito 07 – Outros Demonstrativos Contábeis (Peso 1,5)21,53
51
34O Balancete de Verificação Anual de Final de Exercício deverá conter todas as contas de Classe 1 e 2 do PCASP que apresentem: saldos iniciais (saldos de abertura
do exercício - 01/01/XX) ou finais (saldos após encerramento do exercício - 31/12/XX) diferentes de zero ou aquelas que apresentem saldos iniciais e finais iguais a zero, mas que tenham tido movimentação (lançamentos) de débitos ou créditos durante o exercício, demonstrando o código e a descrição da conta contábil, os tipos de saldos (se devedor ou credor), o saldo inicial das contas (se devedor ou credor), a movimentação do exercício (o montante dos débitos e créditos) e o saldo final (se devedor ou credor).
21,53
52
Consistência das Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público
Prestação de Contas Eletrônica TCE/PE X SICONFI
PesoNota Final
53
Quesito 08 – Consistência entre as informações prestadas na PC eletrônica x SICONFI (Peso 2)16232
54
Balanço Orçamentário428Balanço Orçamentário
55
35Há consistência entre os valores das Receitas Orçamentárias Arrecadadas apresentados na Prestação de Contas Eletrônica (sistema e-TCE) e no demonstrativo Declaração de Contas Anuais (DCA), constante no sistema SICONFI (Anexo I-C).224Conforme Planilha Malha.
56
36Há consistência entre os valores das Despesas Empenhadas apresentados na Prestação de Contas Eletrônica (sistema e-TCE) e no demonstrativo Declaração de Contas Anuais (DCA), constante no sistema SICONFI (Anexo I-D).224Conforme Planilha Malha.
57
Balanço Patrimonial6212Balanço Patrimonial
58
37Há consistência entre o valor apresentado do Ativo constante na Prestação de Contas Eletrônica (sistema e-TCE) com o demonstrativo - Declaração de Contas Anuais (DCA) constante no sistema SICONFI (Anexo I-AB).224Conforme Planilha Malha.
59
38Há consistência entre o valor do Passivo apresentado na Prestação de Contas Eletrônica (sistema e-TCE) e no demonstrativo Declaração de Contas Anuais (DCA), constante no sistema SICONFI (Anexo I-AB).224Conforme Planilha Malha.
60
39Há consistência entre o valor do Patrimônio Líquido apresentado na Prestação de Contas Eletrônica (sistema e-TCE) e no demonstrativo Declaração de Contas Anuais (DCA), constante no sistema SICONFI (Anexo I-AB)224Conforme Planilha Malha.
61
Demonstração das Variações Patrimoniais6212Demonstração das Variações Patrimoniais
62
40Há consistência entre o valor total das Variações Patrimoniais Diminutivas apresentado na Prestação de Contas Eletrônica (sistema e-TCE) e no demonstrativo Declaração de Contas Anuais (DCA), constante no sistema SICONFI (Anexo I-HI)224Conforme Planilha Malha.
63
41Há consistência entre o valor total das Variações Patrimoniais Aumentativas apresentado na Prestação de Contas Eletrônica (sistema e-TCE) e no demonstrativo Declaração de Contas Anuais (DCA), constante no sistema SICONFI (Anexo I-HI)224Conforme Planilha Malha.
64
42Há consistência entre o valor do Resultado Patrimonial do Período apresentado na Prestação de Contas Eletrônica (sistema e-TCE) e no demonstrativo Declaração de Contas Anuais (DCA), constante no sistema SICONFI (Anexo I-HI)224Conforme Planilha Malha.
65
Consistência dos Saldos entre as Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público (Equações Contábeis)
PesoNota Final
66
Quesito 09 – Consistência dos Saldos do Balanço através de Equações Contábeis (Peso 3)2236666
67
43O valor da Receita Orçamentária, coluna "Previsão Inicial" (Subtotal com Refinanciamento), e o valor da Despesa Orçamentária, coluna "Dotação Inicial" (Subtotal com Refinanciamento), constantes no BO, conferem respectivamente com os valores aprovados na LOA.236Conforme Planilha Malha.
68
44O valor da Receita Orçamentária (Subtotal com Refinanciamento) acrescido do valor dos Saldos de Exercícios Anteriores (Utilizados Para Créditos Adicionais), coluna "Previsão Atualizada", confere com o valor da Despesa Orçamentária (Subtotal com Refinanciamento), coluna "Dotação Atualizada" do Balanço Orçamentário (BO).236Conforme Planilha Malha.
69
45O valor total da Despesa Orçamentária, coluna "Dotação Atualizada" (Subtotal com Refinanciamento), constante no BO, confere com o valor da Despesa Orçamentária, coluna "Autorizada Total", constante no Comparativo da Despesa Autorizada com a Realizada.236Conforme Planilha Malha.
70
46O valor da Receita Orçamentária, coluna "Receitas Realizadas" (Subtotal com Refinanciamento), constante no BO, confere com o valor da Receita Orçamentária, coluna "Exercício Atual", constante no BF e com o valor da Receita Orçamentária, coluna "Arrecadada", no Comparativo da Receita Orçada com a Arrecadada. 133Conforme Planilha Malha.
71
47O valor da Despesa Orçamentária, coluna "Despesas Empenhadas" (Subtotal com Refinanciamento), constante no BO, confere com o valor da Despesa Orçamentária, coluna "Exercício Atual", no BF e com o valor da coluna "Realizada" no Comparativo da Despesa Autorizada com a Realizada.236Conforme Planilha Malha.
72
48O somatório dos pagamentos e cancelamentos de restos a pagar processados e não processados constantes nos demonstrativos de execução dos "restos a pagar não processados" e "restos a pagar processados e não processados liquidados" (BO) confere com o somatório de restos a pagar, coluna "Baixa", no Demonstrativo da Dívida Flutuante (DDF) e na Relação de consolidada de restos a pagar processados e não processados inscritos em exercícios anteriores, cujo pagamento ou cancelamento tenha ocorrido no exercício (RCRPPNPPC).236Conforme Planilha Malha.
73
49O somatório dos pagamentos de restos a pagar processados e não processados constantes nos demonstrativos de execução dos "restos a pagar não processados" e "restos a pagar processados e não processados liquidados" (BO) confere com o somatório dos valores constantes em "Pagamento de Restos a Pagar Não Processados" e "Pagamento de Restos a Pagar Processados do Balanço Financeiro (BF) e da Relação de consolidada de restos a pagar processados e não processados inscritos em exercícios anteriores, cujo pagamento ou cancelamento tenha ocorrido no exercício (RCRPPNPPC).133Conforme Planilha Malha.
74
50O somatório das inscrições de restos a pagar processados e não processados constante no Balanço Financeiro (BF) confere com o somatório das inscrições de restos a pagar processados e não processados constante da coluna "Inscrição" de Restos a Pagar no Demonstrativo da Dívida Flutuante (DDF) e na Relação de consolidada de restos a pagar processados e não processados inscritos no exercício (RCRPPNPIE).030Conforme Planilha Malha.
75
51Há consistência no somatório das colunas "Inscritos" do Demonstrativo da Execução dos Restos a Pagar Não Processados e do Demonstrativo de Execução dos Restos a Pagar Processados e Não Processados Liquidados do Balanço Orçamentário (BO) em relação ao Saldo Anterior (Subtotal) dos restos a Pagar do Demonstrativo da Dívida Flutuante (DDF) – Equação: ((∑IRPNP + ∑IRPPNPL) (BO)) = ∑(Saldo Anterior RP (DDF)).236Conforme Planilha Malha.
76
52Há consistência no somatório dos saldos das contas com atributos legais [F] que compõem o Passivo do Balanço Patrimonial acréscido do Saldo Líquido do Demonstrativo dos Restos a Pagar Não Processados do Balanço Orçamentário (BO) e da Inscrição dos Restos a Pagar Não Processados do Balaço Financeiro (BF) em relação ao Saldo Para o Exercício Seguinte (Total Geral) do Demonstrativo da Dívida Flutuante (DDF) e ao Passivo Financeiro do Balanço Patrimonial (BP) – Equação: (∑Passivo [F] (BP) + ∑IRPNP - ∑(RNPL + RPNC) (BO) + ∑Saldo IRPNP (BF)) = ∑(SES (DDF)).030Conforme Planilha Malha.
77
53O valor do Superávit/Déficit Financeiro (Ativo Financeiro - Passivo Financeiro) apurado no Quadro dos Ativos e Passivos Financeiros e Permanentes confere com o saldo total por fonte de recursos apurado no Quadro do Superávit / Déficit Financeiro (todos do Balanço Patrimonial).236Conforme Planilha Malha.
78
54Há consistência na conferência do Resultado Financeiro do Balanço Financeiro – Equação: (Saldo em Espécie para o Exercício Seguinte - Saldo em Espécie do Exercício Anterior) = ((Receitas Orçamentárias + Transferências Financeiras Recebidas + Recebimentos Extraorçamentários) - (Despesa Orçamentária + Transferências Financeiras Concedidas + Pagamentos Extraorçamentários)).236Conforme Planilha Malha.
79
55Há consistência na conferência de saldos do Balanço Patrimonial – Equação: ∑Ativo = ∑(Passivo + PL).236Conforme Planilha Malha.
80
56Os Saldos dos Passivos Financeiros Anterior e Atual constantes no Quadro dos Ativos e Passivos Financeiros e Permanentes do Balanço Patrimonial (BP) conferem com os Saldos Anterior e Para o Exercício Seguinte (Total Geral) do Demonstrativo da Dívida Flutuante (DDF)030Conforme Planilha Malha.
81
57Os Saldos das Transferências Financeiras Recebidas e Concedidas no Balanço Financeiro Consolidado (BF) possuem valores iguais tanto no exercício anterior quanto no exercício atual - Equação: TFR = TFC030Conforme Planilha Malha.
82
58Os valores do Caixa e Equivalentes de Caixa do Exercício Anterior do Balanço Financeiro (BF) confere com os saldos de Caixa e Equivalentes de Caixa do Exercício Anterior do Balanço Patrimonial (BP) e com o Saldo Inicial do Caixa e Equivalentes de Caixa do Exercício Atual da Demonstração de Fluxo de Caixa (DFC)030Conforme Planilha Malha.
83
59Os valores do Caixa e Equivalentes de Caixa para o Exercício Seguinte do Balanço Financeiro (BF) confere com os saldos de Caixa e Equivalentes de Caixa do Exercício Atual do Balanço Patrimonial (BP) e com o Saldo Final do Caixa e Equivalentes de Caixa do Exercício Atual da Demonstração de Fluxo de Caixa (DFC)030Conforme Planilha Malha.
84
60Os Saldos do Ativo Circulante dos Exercícios Anterior e Atual do Balanço Patrimonial (BP) conferem com os Saldos do Ativo Circulante dos Exercícios Anterior e Atual do Balancete de Verificação (BV)030Conforme Planilha Malha.
85
61Os Saldos do Ativo Não Circulante dos Exercícios Anterior e Atual do Balanço Patrimonial (BP) conferem com os Saldos do Ativo Não Circulante dos Exercícios Anterior e Atual do Balancete de Verificação (BV)030Conforme Planilha Malha.
86
62Os Saldos do Passivo Circulante dos Exercícios Anterior e Atual do Balanço Patrimonial (BP) conferem com os Saldos do Passivo Circulante dos Exercícios Anterior e Atual do Balancete de Verificação (BV)030Conforme Planilha Malha.
87
63Os Saldos do Passivo Não Circulante dos Exercícios Anterior e Atual do Balanço Patrimonial (BP) conferem com os Saldos do Passivo Não Circulante dos Exercícios Anterior e Atual do Balancete de Verificação (BV)236Conforme Planilha Malha.
88
64Os Saldos do Patrimônio Líquido dos Exercícios Anterior e Atual do Balanço Patrimonial (BP) conferem com os Saldos do Patrimônio Líquido dos Exercícios Anterior e Atual do Balancete de Verificação (BV)030Conforme Planilha Malha.
89
90
Totalização das Notas de Convergência e Consistência
91
RESULTADO DA ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES ItensPesoNCT*NCA**NCA%**
92
Parte V MCASP – NBC T SP 16.664266186,570,11%
93
1Balanço Orçamentário61,51818100,00%
94
2Balanço Financeiro31,597,583,33%
95
3Balanço Patrimonial91,5272177,78%
96
4Demonstração das Variações Patrimoniais51,51515100,00%
97
5Demonstração do Fluxo de Caixa31,599100,00%
98
6Notas Explicativas e Aspectos Gerais71,5211571,43%
99
7Outros Demonstrativos Contábeis11,533100,00%
100
8Consistência entre as informações prestadas na PC eletrônica x SICONFI 823232100,00%
Loading...
Main menu